Comic Con Experience 2016 – A História

Como começou o maior evento nerd da América Latina?

comic-con-antiga

Nos dias 01, 02, 03 e 04 de Dezembro de 2016, na cidade de São Paulo, ocorreu mais uma edição da Comic Con Experience, ou como todos preferimos chamar, a CCXP 2016. Mais uma vez, o local escolhido para abrigar a feira foi o SP Expo, o antigo Centro de Exposições Imigrantes, no bairro do Jabaquara, Zona Sul da cidade.

Esta é a primeira vez que o evento ocorre depois do fim da reforma do pavilhão e todos os novos elementos do imóvel se adequaram perfeitamente ás necessidades da feira.

Mas vamos começar do começo… vai que você que está lendo não saiba o que é uma Comic Con?? Ah… e se você sabe ou está “cansado”de saber, não custa nada dar aquela revisada na história, não?!

Conforme nos informa o site Multiverso Geek:

“A Comic-con antes de ser este gigante midiático que todos nós conhecemos, era lá trás em 1970 uma daquelas típicas reuniões de grupos de geeks e nerds, que se encontravam em um determinado ponto, geralmente uma banca de jornal, um café, uma livraria ou uma galeria onde discutiam e trocavam idéias sobre quadrinhos, filmes de ficção científica e personagens de desenhos animados.

Este tipo de reunião era muito comum nos anos sessenta e misturavam além dos fãs de quadrinhos, artistas que queriam mostrar seu trabalho.

No caso da Comic-Con a idéia surgiu quando três profissionais da área de quadrinhos, perceberam que estas reuniões poderiam se tornar um evento que permitisse o contato direto entre os profissionais da indústria do entretenimento com os fãs de quadrinhos da época.

Foi ai que em 1970 o quadrinista Shel Dorf, um dono de uma loja de quadrinhos Richard Alf e o editor de histórias em quadrinhos e ficção cientifica Ken Krueger, decidiram criar um evento de três dias entre fã e profissionais da área, convidando artistas de peso como o escritor Ray Bradbury e o legendário Jack Kirby para palestrar e trocar idéias.

Inicialmente chamada de San Diego’s Golden State Comic-Con e mais tarde de WEST COAST COMIC-CON, o evento foi se tornando um sucesso atraindo a cada ano mais fãs e profissionais da área de quadrinhos, não tardou 4 anos depois surgiram novos gêneros além de quadrinhos como brinquedos e cosplayers dos personagens para habitar a feira.

Porém foi em 1977, num painel que mostrou as primeiras cenas de STAR WARS, que iniciou a introdução do cinema na COMIC-CON, aliás foi dessa forma que STAR WARS conquistou os fãs divulgando o filme em feiras de quadrinhos e a COMIC-CON foi decisiva para esse sucesso.

A San Diego Comic-Con começou a crescer cada vez mais, atraindo lançamentos de filmes, a maioria de ficção científica, mas foi em 1999 com o lançamento de X-MEN de Brian Singer, que inaugurou o BOOM dos filmes de super-heróis,  as atenções de Hollywood e da emissoras de TV se voltaram para o evento

A partir daí a cada ano era lançado um filme de super-herói e cada vez mais dominando o cenário nerd, com palestras de atores, diretores e produtores de cinema. Isso ajudou e muito em tornar a COMIC-CON no maior evento da indústria cinematográfica, com lançamento de blockbusters e seriados de sucesso.”

Atualmente, há aproximadamente 40 “comic cons” ao redor do mundo, especialmente na América do Norte mas também na Índia, Filipinas e até na Romênia, e nenhum deles é afiliado à San Diego Comic Con. Portanto, Comic Con é um nome que descreve e identifica um tipo específico de evento, que tem fortes raízes nos quadrinhos e que, nas últimas décadas, passou a abranger outras áreas da cultura pop como tv, cinema, games, RPG e colecionáveis, entre várias outras.

A CCXP, a versão brasileira da Comic Con, nasceu da vontade dos proprietários do site Omelete, Érico Borges e Marcelo Forlani, de trazer para o Brasil a experiência incrível que eles vivenciavam cada vez que iam para San Diego para “cobrir” as Comic Con’s de lá. Depois de muita insistência e dedicação, eles fecharam parcerias e sociedades importantes, que viabilizaram a realização da feira em 2014, com um público de mais de noventa e sete mil pessoas.

O sucesso do evento foi tão grande e a repercussão tão impressionante, que telejornais do horário nobre fizeram matérias enormes sobre o que eles acreditavam ser uma novidade: o público nerd!!

Desde então, o evento tem crescido absurdamente a cada ano e nesta terceira edição, era esperado um público de mais de cento e oitenta mil pessoas nos quatro dias da feira!!! Isso sem contar com as parcerias que vão desde a Rede Globo até estúdios de cinema como Warner Bros. e Disney.

Mas qual é efetivamente a experiência da Comic Con Experiente? Isso nós lhe contaremos no próximo capitulo!!

Rogério Montanare
Apenas um grande fã de Cinema, Séries e Vídeo Games!!!