Comic Con Experience 2016 – Quadrinhos

Alguns dos maiores quadrinistas do mundo estiveram por lá…

capa_quadrinhos

Por ser a nossa terceira CCXP, nós já sabemos que é absolutamente impossível vivenciar todas as experiências do evento!!

Além da feira em si, que para ser efetivamente explorada, leva mais de um dia inteiro, o evento conta com três auditórios que apresentam atrações totalmente diferentes ao mesmo tempo e apresentações especiais dentro dos estandes das produtoras!! Isso sem contar as coletivas e apresentações exclusivas para a imprensa!! ufa!!

Trabalhar na Comic Con deixa sempre a sensação de que algo muito importante a ser noticiado ou mostrado está sendo deixado de lado e a não ser que você tenha conseguido entrar com uma equipe gigante, você realmente deixará muita coisa para trás!

Então para facilitar a sua leitura, vamos dividir as matérias por assuntos e o primeiro será Quadrinhos!!

Lembrando que não pudemos vivenciar tudo que rolou por lá!! Este é apenas o nosso relato do que pudemos presenciar, ver e ouvir!! Certo?!

Neste ano, assim como nos anteriores, pudemos apreciar a “nata” dos quadrinhos em dezenas de estandes que os vendiam a preços convidativos (nem sempre!!). Raridades e exemplares exclusivos faziam os olhos dos colecionadores brilharem… Lançamentos incríveis como The Wicked + The Divine dos autores Kieron Gillen e Jamie McKelvie, fizeram muito sucesso e causaram grandes filas! Outros lançamentos da feira que pudemos dar aquela olhada foram: Mulher-Maravilha: Terra Um é escrita por Grant Morrison e desenhada por Yanick Paquette, e The Last of Us: Sonhos Americanos que foi escrita por Neil Druckmann e Faith Erin Hicks. Na primeira, temos uma uma Mulher Maravilha em um mundo onde as mulheres dominam e na segunda, a história da menina Riley, que acaba conhecendo a garota Elie – personagem do jogo The Last of Us – em um mundo apocalíptico.

O Artists’ Alley é a cada ano, uma das atrações mais incríveis da CCXP!! Ver de perto algumas das lendas dos quadrinhos, lado a lado, com novos expoentes da nona arte é algo sublime! Neste ano, nada mais, nada menos que nove grandes artistas internacionais estavam disponíveis para dar aquele autógrafo maroto nos quadrinhos da galera e de quebra, vender aquela arte original que todo colecionador que se preze, chora para ter em casa!

Monstros do desenho como Simon Bisley (Lobo), Yanick Paquette (Mulher Maravilha: Terra Um), Peter Kuper (Spy vs Spy), Bill Sienkiewicz (Elektra: Assassina), Alan Davis (X-men), Mahmud Asrar (Mulher Hulk), o casal coreano Jae Lee e Jane Chung (Before Watchmen: Ozymandias) e nada mais, nada menos que Paul Pope (Batman Ano 100) estavam dividindo espaço com artistas promissores e também nomes de brasileiros que já fazem parte da nata dos quadrinhos como Rafael Albuquerque, Bianca Pinheiro, Danilo Beyruth, Fábio Moon, Gabriel Bá e João Montanaro.

E claro, não podemos deixar de falar das lendas Frank Miller, Brian Azzarello e Mauricio de Souza!! Que não estavam na área dos estandes, mas que trouxeram todas a suas experiências e técnicas em apresentações inesquecíveis!

Frank Miller, totalmente ovacionado pelo público, contou que gostaria muito de retornar ao mundo de Sin City e 300, além de afirmar que o personagem Xerxes, interpretado pelo brasileiro Rodrigo Santoro no cinema, carece de mais histórias para seu desenvolvimento como um dos maiores conquistadores de todos os tempos.

Ele afirmou também que seu grande sonho de Miller é criar um projeto com grandes personagens da DC Comics durante a segunda guerra, com a Mulher Maravilha no oriental, Batman na França com Bruce Wayne fabricando armas e Superman como libertador de campos de concentração.

Azzarello, além de falar sobre o futuro de Batman em Cavaleiro das Trevas 3, ao lado de Frank Miller, também teve um painel próprio, no auditório Ultra, onde falou sobre suas inspirações para a criação de seus roteiros.

Maurício de Souza – também ovacionado e visivelmente emocionado – juntamente com sua filha Mônica, fizeram uma apresentação memorável, com anúncios totalmente inesperados como um filme com atores, baseado na graphic novel Laços, da Turma da Mônica. O longa será dirigido por Daniel Rezende e que têm estreia prevista para o segundo semestre de 2018. Ah… um detalhe: O cachorro que interpretará o Floquinho – na verdade uma cachorrinha da raça Lhasa Apso – no filme foi apresentado ao vivo e a cores para a multidão de fãs!!

Na vida real quando criei o Floquinho, não sabia que tinha uma raça parecida. Eu trabalhava num quarto dos fundos e queria criar um cachorrinho. Eu vi um esfregão cheio de pelos e me inspirei nele. Até que agora, encontramos os verdadeiros floquinhos” nos contou Maurício.

Outra surpresa foi o anúncio de que em alguns anos, nós teremos uma nova linha de HQ’s da turma Mônica, só que agora adultos!! Com direito a filho da Mônica com o Cebolinha!!!!

No próximo texto, vamos te contar quais foram nossas experiências nos estandes malucos da CCXP 2016! Até lá!!

Rogério Montanare
Apenas um grande fã de Cinema, Séries e Vídeo Games!!!

Tags dos Artigos