Crítica: Kubo e as Cordas Mágicas

Uma linda e – infelizmente – previsível jornada.

Kubo e as Cordas Mágicas - Crítica do filme por Vitamina Nerd

Baseada em lendas asiáticas e feita artesanalmente em Stop Motion (a massinha!!!), a animação Kubo e as Cordas Mágicas se destaca, logo de cara, pelo encantamento visual.

Os primeiros trinta minutos são de uma beleza e poesia emocionantes. Somos apresentados ao mundo do garoto Kubo e vamos descobrindo aos poucos seu cotidiano e incríveis poderes.

É nesse começo que ficamos sabendo que o pequeno e sua mãe fugiram de uma força maligna e se alojaram em uma gruta próxima a um pequeno vilarejo. Em sua difícil rotina, o garoto não pode se expor à luz da lua! Quando isso acontece, Kubo inicia uma aventura em busca da armadura sagrada que o protegerá de seu algoz.

É nesta virada de roteiro que o filme perde parte de seu charme! Acaba cedendo aos artifícios, estrutura e clichês de, praticamente, todas as animações feitas hoje em dia. Nessa fórmula “manjada”, um personagem precisa ir do ponto A para o ponto B e no meio do caminho irá encontrar personagens carismáticos que irão acompanhá-lo na jornada rumo a auto descoberta.

Pelo menos, nessa caminhada conhecida, temos a trilha sonora de Dario Marianelli e Regina Spektor, que sustenta a emoção do enredo de forma extremamente marcante. É difícil segurar as lágrimas quando surge a música “While My Guitar Gently Weeps”, dos Beatles, na linda voz da cantora russa.

Kubo e as Cordas Mágicas tinha tudo para ser único. Até porque sua mensagem é afetuosa e importante. É realmente uma pena que a trivialidade da estrutura e do roteiro acabem desviando parte de seu brilho. Principalmente pela ousadia de sua origem lírica.

Avaliação:
Título Original: Kubo And The Two Strings

País: EUA

Duração: 1h 42min

Lançamento: 13/10/2016

Direção: Travis Knight

Roteiro: Marc Haimes e Chris Butler

Baseado na Idéia de : Marc Haimes

Elenco - Vozes Originais: Art Parkinson, Matthew McConaughey, Charlize Theron, Rooney Mara, Ralph Fiennes, Cary-Hiroyuki Tagawa, George Takei e Brenda Vaccaro

Produzido por: Laika Entertainment

Distribuído no Brasil por: Universal Pictures

*Agradecimento Especial: Universal Pictures

Rogério Montanare
Apenas um grande fã de Cinema, Séries e Vídeo Games!!!