Dica de Filme: A Viagem de Chihiro

Um dos desenhos favoritos deste que vos escreve…

download (2)

Um dos animes mais legais de todos os tempos, que só se tornou melhor com o passar dos anos (é de praxe que a imensa maioria dos filmes não sobreviva à “regra dos quinze anos”, que diz que, se você assistiu a um filme ha mais de 15 anos atrás, é muito melhor deixá-lo no reino das memórias do que se arriscar a assistí-lo novamente e ver que aquele filme que você pensava que era tão maravilhoso é, na verdade, uma birosca sem timming nenhum e com péssimos efeitos especiais). A Viagem de Chihiro continua sendo uma animação maravilhosa em todos os sentidos.

A história se passa com a chegada de Chihiro e seus pais a uma nova cidade no Japão. Em um dos passeios com a família, Chihiro chega a um local aparentemente vazio, mas cheio de guloseimas e um banquete colocado. Chihiro acha que aquilo é uma cilada, mas seus pais, não tão espertamente, se colocam a comer. Ao cair da noite, Chihiro descobre que aquele lugar é, na verdade, uma Casa de Banhos governada pelos Espíritos (lembro que, na época do lançamento do desenho, muitas pessoas achavam que aquele lugar era um bordel por falta de cultura a respeito das tradições japonesas).

Os pais de Chihiro pisam na bola e, como é de se esperar, são aprisionados no local, transformando-se gradualmente em porcos, que serão utilizados em um banquete futuro. Uma referência sensacional às viagens de Ulisses na Odisséia e a transformação de sua tripulação em animais selvagens e porcos por Circe, a feiticeira.

Resta a garota tornar-se uma empregada na Casa de Banhos, ajudando com as tarefas diárias a fim de tentar conseguir sua liberdade e transformar seus pais de volta em humanos. Neste período, faz amizade com seres bastante peculiares, espíritos do rio, duendes e até mesmo um dragão!

Diz a lenda que uma das melhores sequencias deste filme, a limpeza do espírito extremamente sujo de um rio, foi inspirada em fatos reais de Miazaki e seus colegas de vila limpando um rio real de detritos e lixo quando ele era criança, no qual até mesmo uma bicicleta enferrujada foi retirada do fundo do riacho.

Com certeza, um mundo secreto composto de fábulas e criaturas únicas e originais, que vai cativar aqueles que gostam de uma boa história fantástica. Chihiro ganhou o Oscar e até hoje é uma das maiores arrecadações em animações de todos os tempos, e um dos desenhos favoritos deste que vos escreve.

Marcelo Del Debbio
Antediluviano da cultura nerd; colunista da antiga Dragão Brasil, Sedentário e Hiperativo, Sobrecarga e Teoria da Conspiração. Autor de mais de 60 titulos de RPG, Hermetismo e Alquimia. Illuminati nas horas vagas.