CríticasFilmes

Estreia da Semana: Gringo – Vivo ou Morto

Gringo – Vivo ou Morto conta a história de Harold Soyinka (David Oyelowo), que em uma viagem de negócios para o México, percebe que seu chefe, Richard (Joel Edgerton), a quem ele considerava um amigo, não só não se importa com ele, como também está envolvido em negócios ilegais que Harold vem ajudando sem saber. Em vista disso, Harold decide forjar um sequestro para receber o seguro da empresa.

Gringo – Vivo ou Morto é uma típica comedia de erros. O ponto de virada do filme já é uma mentira do protagonista, que pode, e nesse casso, é claro, vai desencadear outras mentiras maiores, que vão se tornar situações cada vez mais bizarras.

Justamente por isso, o filme não se aprofunda em nenhum assunto específico, ele fala muito por cima de assédio no trabalho, negócios ilegais, traição, racismo e tráfico de drogas, mas tudo de maneira bem superficial e claro, em forma de piada.

Charlize Theron é Elaine Markinson
Charlize Theron é Elaine Markinson

Além da história de Harold, o filme tem algumas tramas secundárias como a de Sunny (Amanda Seyfried), que acha que está passando férias com o namorado, Miles (Harry Treadway) no México, mas na verdade está lá porque ele esta traficando drogas, ou de Mitch (Sharlto Copley), o irmão de Richard, contratado para encontrar Harold, que aparecem de maneira muito rápida no filme e só ganham destaque quando cruzam com Harold.

Charlize Theron interpreta Elaine Markinson, uma das sócias da empresa aonde Harold trabalha, que é prepotente, antipática, gananciosa, racista e gordofóbica. O filme usa tudo isso como piada, mas fica claro a intenção dos roteiristas de criticar pessoas como a personagem de Charlize, e embora os personagens do filme de uma forma geral sejam unidimensionais, Elaine, que mesmo com todos os seus defeitos é uma mulher forte, demonstra fraqueza em alguns momentos do filme, tornando essa personagem um pouco menos irreal que os outros.

Quanto a atriz, ela está tão bem no papel que faz o espectador de fato sentir raiva dela, e é incrível quão diferente ela está nesse filme. O resto do elenco funciona bem e é engraçado em menor ou maior escala.

Amanda Seyfried e David Oyelowo em cena do filme.

O filme tem alguns furos no roteiro, muitas das situações não são explicadas e parecem absurdas, mas por se tratar de uma comédia de erros, é muito fácil se desligar disso e se entreter com o filme. Possivelmente nem era a intenção dos criadores que o filme fosse extremamente fiel à realidade.

Desde que se assista ao filme sabendo que é uma comédia, sem grandes pretensões, Gringo – Vivo ou Morto é um bom entretenimento, capaz de divertir e distrair a audiência.

Gringo – Vivo ou Morto entra em cartaz no dia 3 de maio.

Gringo - Vivo ou Morto

Nome original: Gringo

Elenco: Joel Edgerton, Charlize Theron, David Oyelowo, Amanda Seyfried, Harry Treadaway

Gênero: Ação, Comédia, Crime

Distribuidora: Diamond Films

Direção: Nash Edgerton

Tags
Mostrar Mais

Fernanda Cavalcanti

Formada em cinema, apaixonada por literatura, divide seu tempo livre entre ler, escrever e dançar. Gosta especialmente de terror, mas lê/assiste de tudo. Também escreve para o blog Além da Toca do Coelho.

Matérias Relacionadas

Close