CríticasFilmes

Acrimônia, um thriller de infidelidade?

Uma esposa fiel (indicada ao Oscar, Taraji P. Henson), cansada de ficar ao lado de seu marido desonesto (Lyriq Bent) fica furiosa quando fica claro que ela foi traída.

A história de Acrimônia nos é contada quase toda através de flashbacks. Primeiro conhecemos Melinda e descobrimos que sua situação atual é de ex-esposa furiosa “condenada” a fazer terapia para controlar os nervos. A psicóloga fica só em voz-off, nunca a vemos, e ela faz perguntas bem genéricas à Melinda, que, com muito ódio e fumando um cigarro atrás do outro no consultório, nos conta o que aconteceu desde o começo.

Melinda conheceu Robert por acaso quando ambos estavam na faculdade e se trombaram (literalmente) na chuva, o que ocasionou na troca dos papéis de seus respectivos trabalhos de curso. Ficam atraídos um pelo outro e começam a flertar. A mãe de Melinda morre, Robert vai consolá-la seduzindo-a. Pensamos: cafajeste. Melinda se entrega, se apaixona, e conta tudo a Robert. Inclusive o valor da sua herança.

Ajiona Alexus é a jovem Melinda e Antonio Madison é o jovem Robert
Ajiona Alexus é a jovem Melinda e Antonio Madison é o jovem Robert

Entendemos que Robert é um oportunista, que sempre que pode pede algo à Melinda. Inocente e cheia de dinheiro, ela até compra um carro para ele. Como a frequência das ligações de Robert diminui, Melinda desconfia de algo errado e vai até o trailer onde ele mora. Claro que ela o flagra com outra, ficando enlouquecida e avançando com seu carro no trailer. Com a euforia, Melinda não percebe que se machucou feio e acaba no hospital. O drama só cresce, Melinda agora não pode mais ter filhos devido ao incidente.

Mesmo com a traição e a falta de perspectiva de futuro, Melinda se casa com Robert numa cerimônia quase sem familiares e triste. Ela sabia que não estava fazendo a coisa certa, Mas fez.

A família de Melinda, que não ajuda muito

Avançando nas memórias, Melinda conta que fez de tudo pelo marido, inclusive ficando com a conta bancária no vermelho, pois Robert não arrumava nenhum emprego, dedicando seu tempo integralmente à uma invenção maluca que nunca produzia frutos. Melinda sempre ficava de lado, sem atenção do esposo e sofrendo calada. Sua família tentava lhe apoiar, mas era quase que sempre dizendo “Eu te avisei”. Então Melinda esconde das irmãs e cunhados que a casa da mãe (onde ela mora com Robert) será hipotecada e que ela está falida.

Me diga, não parece uma novela mexicana? A trilha sonora do filme é boa, quase toda de Nina Simone, mas, Acrimônia parece um filme para TV, com chroma keys estranhos, cenas patéticas de briga que te fazem pensar em programas ruins de televisão, como Casos de Família, é longo demais e quando você acha que acabou, lá vem a esposa enlouquecida e muda tudo.

Taraji P. Henson e Lyriq Bent são Melinda e Robert adultos
Taraji P. Henson e Lyriq Bent são Melinda e Robert adultos

Pra quem gosta de um melodrama, o filme é uma boa pedida: família barraqueira, reviravoltas matrimoniais e psicológicas, mas com flashbacks um tanto superficiais, sequências absurdas e tudo o mais. Acrimônia estreia dia 02 de agosto.

acrimônia
substantivo feminino
  1. estado ou qualidade do que é acre, azedo; acridão, acridez, acritude.
  2. figurado (sentido)figuradamente
    comportamento indelicado; acridez, aspereza.
  3. figurado (sentido)figuradamente
    severidade, mesmo injusta, de crítica; mordacidade.
    “não poupou a. ao analisar o filme”
  4. HISTÓRIA DA MEDICINA
    alteração dos humores.
Acrimônia

Nome original: Acrimony

Elenco: Taraji P. Henson, Lyriq Bent, Ajiona Alexus, Antonio Madison, Ptosha Storey

Gênero: Thriller, Drama

Distribuição: Paris Filmes

Direção: Tyler Perry

Tags
Mostrar Mais

Veri Luna

Veri Luna é fotógrafa, videomaker, formada em pedagogia e audiovisual, ama cinema, livros, comida e gatos.

Matérias Relacionadas

Close