Cézanne e Eu, um retrato de amizade

Entre Paul Cézanne e Émile Zola

Cézanne e Eu acompanha a amizade entre Paul Cézanne (Guillaume Canet), um pintor de família rica e Émile Zola (Guillaume Gallienne), um escritor de família pobre. A relação dos dois estabelece parâmetros e inspirações para os seus respectivos trabalhos.

O pintor e o escritor

O filme começa com Cézanne e Zola ainda crianças, quando eles se conheceram, e se tornaram amigos. A sintonia entre os dois é imediata, já que os dois tem interesse pela arte. Conforme vão crescendo, o espectador começa a ver os dois desenvolverem seus talentos e seus trabalhos.

Cézanne e Zola
Cézanne e Zola

Cézanne e Eu também mostra a maneira como os dois artistas começaram. Cézanne, que não aprovava boa parte do que pintava e que por isso, vivia tendo ataques de raiva; e Zola, que embora fosse mais discreto e mais conformado, também tinha seus problemas na hora de escrever.

Como boa parte dos filmes que falam sobre artistas, este também fala das dificuldades. Cézanne, por exemplo, passou anos a espera do reconhecimento; e Zola, embora tenha feito sucesso com seus livros, se ressentia de ser considerado vulgar por outro escritores.

Um filme sobre amizade

No entanto, o tema principal de Cézanne e Eu é a amizade. O filme nos apresenta um grande grupo de amigos que dividem os bons e os maus momentos. Logo fica claro para o espectador que a amizade entre Cézanne e Zola é a mais forte do grupo.

Cézanne e Eu retrata o dia a dia dos dois artistas
O filme retrata o dia a dia dos dois artistas

A impressão que fica é que a dedicação de Zola a Cézanne é maior que a de Cézanne a Zola, já que Zola aguenta ataques de raiva e desaforos do amigo o tempo todo. Por outro lado, o filme apresenta os dois com personalidades bem diferentes. Cézanne é mais durão e mais debochado, enquanto Zola é mais sensível.

A amizade dos dois é capaz de superar o sucesso do escritor mesmo quando o pintor ainda não foi reconhecido. A crítica e a inveja que havia entre os dois, e até um namoro de Cézanne com Gabrielle (Alice Pol), uma moça que Zola gosta e posteriormente se torna a sua esposa, também são superados.

Aspectos técnicos de Cézanne e Eu

Cézanne e Eu é um filme de época que fala de personalidades reais, por isso, é extremamente importante que exista semelhança histórica, tanto em relação à aparência de seus personagens, como ao período em que o filme se passa. O filme é bem cuidadoso em relação a isso, existe bastante precisão histórica e os figurinos são muito bem feitos.

Zola e sua esposa
Zola e sua esposa

A semelhança dos atores com as personalidades reais já não é tanta. Todos estão extremamente bem caracterizados e por isso, a plateia compra a ideia de que eles são os personagens, mas nenhum deles é parecido a ponto de causar uma confusão entre as duas pessoas, como acontece em algumas cinebiografias. O filme tem alguns problemas em relação à idade dos atores, já que existe apenas uma troca de elenco e os mesmos atores interpretam Cézanne e Zola na adolescência e na fase adulta. Assim, considerando que os atores estão na faixa dos 40 anos, se torna meio difícil acreditar no que vemos em tela.

Mas tanto Canet quanto Gallienne entregam uma boa atuação, que basicamente segura o filme, afinal, embora existam outros personagens no filme, a atenção está sempre focada em Zola ou Cézanne.

Considerações finais

Cézanne e Eu é um filme importante porque retrata a juventude de dois grandes artistas, quando eles ainda não imaginavam que seriam grandes artistas. Dessa maneira, é um filme que conta fatos históricos, mesmo que não pareça, já que foca boa parte da sua ação no dia a dia dos dois homens.

A amizade é o mote principal do filme
A amizade é o mote principal do filme

Mas justamente por se preocupar em contar minúcias da vida de seus protagonistas, o filme acaba se tornando um pouco longo, mas não necessariamente cansativo. O longa não mergulha fundo na carreira de seus biografados, isso porque deseja retratar a amizade, mas por isso ele é interessante, já que retrata fatos que não são de conhecimento geral.

O filme entra em cartaz no dia 4 de julho.

Cézanne e Eu

Nome Original: Cézanne et moi
Direção: Danièle Thompson
Elenco: Guillaume Gallienne, Guillaume Canet, Alice Pol, Déborah François, Sabine Azéma
Gênero: Drama, Comédia, Biografia, Histórico
Produtora: G Films
Distribuidora: Media Bridge e Bretz Filmes
Ano de Lançamento: 2016
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar