E agora? A Mamãe Saiu de Férias!

O novo longa de Alessandro Genovesi (de Estranhos Normais) E agora? A Mamãe Saiu de Férias! é uma comédia leve, estilão Sessão da Tarde. Ele assina também o roteiro (ao lado de Giovanni Bognetti), e o resultado, como de se esperar, é acessível, entretanto, irregular.

Na trama, uma família classe média, composta pelo casal Carlo (Fabio de Luigi, de Tiramisù) e Giulia (Valentina Lodovini, de Benvenuti al sud) leva a vida com seus três filhos: a adolescente Camilla (Angelica Elli), o garoto “bad boy” Tito (Matteo Castellucci) e a pequenina Bianca (Bianca Usai), num formato tradicional machista. A mãe parou de trabalhar como advogada para cuidar da casa e da prole, enquanto o pai segue como gerente de RH de uma rede de supermercados.

E agora? A Mamãe Saiu de Férias!

O mote disparador dos problemas, aqui, se dá quando Giulia, cansada da rotina e se sentindo injustiçada pela falta de reconhecimento de sua entrega por parte do companheiro, resolve tirar 10 dias de férias em Cuba. E, então, tem-se o óbvio: presenciamos a hecatombe que se abate na via de Carlo, pouco afeito à lida com os afazeres da casa e, mais grave, com baixíssima sintonia entre ele e seus filhos.

E Agora? A Mamãe Saiu de Férias!

Em acréscimo (e, também como era de se esperar numa comédia familiar com crianças potencialmente infernais – ah, que saudades de A Noviça Rebelde!), Camilla, Tito e Bianca não facilitam as coisas na adaptação do pai à dinâmica relativa a eles.

Até aqui, nada de mais, afinal, quantos e quantos filmes já não lidaram com a temática do poder das crianças em causar problemas (O pestinha, Esqueceram de mim…); o que incomoda, nesse caso, é a passividade pouco crível do pai. Num filme em que as situações se sucedem sempre sem fugir do real (não há aqui um humor surreal ou grotesco ou que fuja do possível), pode se esperar, em diversos momentos, que Carlo tome atitudes mais incisivas, que poderiam ser usadas para nos apresentar as nuances da arte difícil de educar; uma postura mais firme sem perder a mão é sempre um desafio para os pais, mas necessário em vários momentos.

E Agora? A Mamãe Saiu de Férias!

Erros e acertos

O filme poderia se tornar bem mais interessante aí, mas, infelizmente, as oportunidades são perdidas. Assim, o que sobra é uma certa irritação com o adulto da relação e suas relutâncias (repare, por exemplo, na cena do taco de baseball). Um outro quê a incomodar é a certeza que temos, durante todo o tempo, de que tudo ao fim dará certo; essa sensação é que, no fim, apoia a hesitação do personagem do pai. Ele sabe que pouco precisa fazer de mais enfático, pois o roteiro tolerante resolverá as coisas per si.

Quanto à qualidade da comédia, o filme vai bem, acertando na maioria das vezes no ritmo das gags visuais e das falas. Porém, uma irregularidade imperdoável (e, talvez, o maior senão do filme todo) se dá na cena da Festa da Família. Os cortes e o ritmo são tão mal feitos que seriam dignos de um mau filme dos Trapalhões.

Uma comédia italiana

O diretor Genovesi conta que sua intenção era produzir um relato de situações de uma família com um olhar infantil: leve e fresco. Mas ele próprio admite que, durante o processo, sentiu a dificuldade de acessar esse olhar e, então, mudou de rota, passando a filmar as cenas de maneira mais solta. O que sobra, então, é algo inseguro e irregular.

Como um voto de crédito, fica a vontade de que Genovesi perceba que, ao se desprender dos clichês da comédia fácil e não querer forçar a risada da plateia a todo custo, ele possa investir, querendo se manter nesse nicho, nas falas leves e descompromissadas: nisso, o seu E agora? A Mamãe Saiu de Férias manda bem.

E agora? A Mamãe Saiu de Férias!

Nome Original: 10 giorni senza mamma
Direção: Alessandro Genovesi
Elenco: Fabio De Luigi, Valentina Lodovini, Angelica Elli
Gênero: Comédia
Produtora: Colorado Film Production
Distribuidora: A2 Filmes
Ano de Lançamento: 2019
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar