É Tudo Verdade – 24° Festival Internacional de Documentários

De 04 a 14 de abril, em São Paulo e de 09 a 14 de abril no Rio de Janeiro, o 24º É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários exibirá nas telas o melhor do cinema não-ficcional brasileiro e internacional.

A entrada é gratuita em todas as sessões. Portanto, os ingressos são distribuídos nas bilheterias das salas com uma hora de antecedência.

Portanto, as salas que comportam o festival É Tudo Verdade em São Paulo são:

CENTRO CULTURAL SÃO PAULO – Rua Vergueiro, 1000
IMS PAULISTA – Av. Paulista, 2424
ITAÚ CULTURAL – Av. Paulista, 149
SESC 24 DE MAIO – Rua 24 de Maio,109

Entre os filmes que estarão em cartaz no Festival É Tudo Verdade, temos os destaques:

Meu Amigo Fela

O documentário dirigido pelo brasileiro Joel Zito Araújo procura fazer uma biografia do músico e revolucionário nigeriano Fela Anikulapo Kuti. Sua carreira se confunde com a história da luta por direitos civis na Nigéria. Assim, usando a perspectiva do biógrafo Carlos Moore como fio condutor, o filme dá maior peso à vida pessoal do músico do que à sua carreira musical. Busca portanto explorar seus relacionamentos com amigos, familiares e amantes. Destaca-se então pelo uso inteligente de passagens estilo lyric-video para ilustrar como as composições de Kuti relacionam-se com o momento político a que se referem.
por Luisa Nogueira

O músico Fela Kuti - É Tudo Verdade
O músico Fela Kuti

Milú

O documentário de Tarso Araujo e Raphael Erichsen conta a história de Milú Villela, herdeira do Banco Itaú, e suas iniciativas de sucesso à frente de projetos nas áreas da Educação, da Arte e da Cultura. Assim, através de depoimentos de grandes figuras nacionais, o filme mostra como Milú utiliza-se de sua posição de destaque na sociedade para tocar iniciativas de transformação social tais como a Associação Comunitária Despertar. O trabalho de Milú como gestora em instituições como o MAM e o Itaú Cultural também revelam a força de suas ideias.
por Brunno Simões

Milú Villela
Milú Villela

Fotografação

O filme de Lauro Escorel é uma viagem por parte da história da fotografia no Brasil. Partindo do termo fotografação (criado por Mario de Andrade) e em diálogo com Maureen Bisilliat, Escorel faz um trajeto que vai desde Dom Pedro II às selfies. Passa então por estrangeiros que aportaram em terras brasileiras e aqui registraram o dia a dia do povo e seus costumes. Nomes como Marc Ferrez, Pierre Verger, Hildegard Rosenthal, Marcel Gautherot e José Medeiros ganham destaque no documentário.
por Brunno Simões

Lauro Escorel, diretor de Fotografação
Lauro Escorel, diretor de Fotografação

Cine Marrocos

Um iluminador de teatro, uma cabo-verdiana traída, um fugitivo do Boko Haram… Histórias que a princípio poderiam parecer distantes entre si são costuradas por clássicos do cinema: sim, é isso mesmo! Cine Marrocos, documentário de Ricardo Calil, acompanha uma oficina oferecida aos sem-teto, ocupantes do extinto cinema da Rua Conselheiro Crispiniano, na qual passado e presente se misturam. Cenas de filmes do I Festival Internacional de Cinema do Brasil (1954) – que ocorrera no próprio Cine Marrocos – agora são reinterpretadas pelos atuais moradores do prédio onde antes funcionara “o melhor e o mais luxuoso [cinema] da América do Sul”.
por Brunno Simões

Cine Marrocos - É Tudo Verdade
Cine Marrocos

Mike Wallace Está Aqui

O filme conta a história de um dos repórteres mais ácidos e incisivos do jornalismo norte-americano. O documentário de Avi Belkin narra o percurso de Mike Wallace, criador do lendário “60 Minutes”: desde seu começo no show business, dramas familiares e as várias polêmicas que marcaram toda sua carreira.

Festival É tudo verdade

O É Tudo Verdade foi criado e é dirigido pelo crítico Amir Labaki. O projeto conta principalmente com apoio cultural do Itaú Cultural; com a parceria do Sesc-SP e copatrocínio da Spcine. Foi então contemplado no edital SAV/MINC/FSA nº 11, 2018. Conta também com o apoio do Governo do Estado de São Paulo – Secretaria de Cultura e Economia Criativa e do Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura.

Saiba mais aqui.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar