O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio

Linda Hamilton (Sarah Connor) e Arnold Schwarzenegger (T-800) retornam em seus papéis icônicos em O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, dirigido por Tim Miller (Deadpool) e produzido pelo visionário cineasta James Cameron e David Ellison. O novo filme também conta com Mackenzie Davis, Natalia Reyes, Gabriel Luna e Diego Boneta.

Exterminador do Futuro: venha comigo se quiser viver

James Cameron já disse em entrevista que a ideia inicial de Exterminador do Futuro veio durante um pesadelo em que um robô tentava matá-lo. Nada mais poético a cinessérie renascer depois do pesadelo que foram os últimos três filmes da série.

Destino Sombrio faz aqui o mesmo que Star Wars: O Despertar da Força fez com a saga Skywalker, revitaliza a franquia para o público de hoje mantendo elementos clássicos para os fãs mais velhos; e se sai MUITO BEM no desafio. Cameron volta à franquia como produtor executivo e com a direção competente de Tim Miller continua a saga de Sara Connor logo depois dos acontecimentos de O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final de 1991.

Linda Hamilton é Sarah Connor em O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio
Linda Hamilton é Sarah Connor

A primeira cena do longa usa o recurso do rejuvenescimento facial para colocar Sara e seu filho John escondidos na Guatemala após destruírem a sede da Skynet. O resultado da fonte da juventude digital é ESPETACULAR e muito convincente. Certamente reforça a ideia de que em breve tudo será possível com a técnica.

Eu preciso de suas roupas e suas botas

Na trama, acompanhamos Grace (Mackenzie Davies) uma humana aprimorada que é enviada do ano 2048 para proteger a jovem mexicana Daniella Ramos (Natalia Reyes), a nova esperança da raça humana, do super ultra mega blaster avançado Rev 9 (Gabriel Luna) o caçador de Messias da vez.

Natalia Reyes é Dani Ramos
Natalia Reyes é Dani Ramos

As cenas de ação sempre foram o ponto alto da franquia e aqui elas não fazem feio. Tim Miller usa de recursos como câmera lenta e acelerada durante as lutas fazendo com que cada aspecto da ação possa ser apreciado. Isso sem contar a brutalidade das porradas desferidas pra todo lado, ou seja, é tiro porrada e BOMBA pra fã nenhum botar defeito.

Davies faz bonito como heroína de ação e dá pra acreditar que ela possa ser páreo contra uma máquina de matar tão avançada que pode inclusive se dividir em duas para maior eficiência. Gabriel Luna emula aqui o estilo calmo/psicopata do T1000 de Robert Patrick no longa de 91. O primeiro arranca rabo entre os dois começa em uma fábrica de automóveis, continua em uma auto estrada e só termina com a chegada de Sara Connor.

Mackenzie Davis é Grace em O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio
Mackenzie Davis é Grace

Velho, mas não obsoleto

Linda Hamilton está mais badass do que nunca como uma Exterminadora de Exterminadores. Sim, é isso que ela vem fazendo desde 1992. E são dela as melhores frases de efeito do filme. Sara e Grace decidem então cruzar a fronteira para encontrar um colaborador misterioso no Texas. Aqui cabe uma comparação deste filme com o recente Rambo: Até o Fim, pois aqui os mexicanos não são mostrados como marginais e até temos espaço para uma crítica ao tratamento dado aos imigrantes ilegais que são pegos tentando passar pelo muro do Trump.

Chegando ao destino, o trio encontra Carl (Arnold Schwarzenegger) um Exterminador T800 aposentado que, vejam só, constitui família e tem uma empresa de instalação de cortinas. Arnold é o alívio cômico do filme com falas ótimas com destaque para a explicação de como é o relacionamento de um robô matador de 180 quilos com uma humana de 50 quilos.

E não podia faltar ele, Arnold Schwarzenegger

Depois das devidas apresentações e troca de farpas, a equipe resolve armar um plano para acabar de vez com a ameaça do Rev 9. As explicações sobre como o futuro que foi mudado no longa de 91 e como a guerra entre humanos e máquinas voltou a acontecer no futuro são rasas e confusas, mas paradoxos temporais são paradoxos temporais e pensar muito neles pode acabar te fazendo entender Dark da Netflix logo antes de te causarem um derrame cerebral.

Hasta la vista, baby

A batalha final acontece depois de uma longa cena de ação envolvendo aviões militares e uma represa. Então,  o velho Swarza faz bonito interpretando um tanque de duas pernas. O confronto entre Exterminadores e humanos é brutal e sem chance para erros de ambos os lados.

O longa termina com aquele clima de continuação à vista, desde que a bilheteria justifique uma, mas também passa o bastão para a nova geração.

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio é um bom filme, e na recente batalha dos velhos brucutus, o T800 do Swarza levou boa vantagem ao Rambo do Sly. O filme entra em cartaz dia 31 de outubro.

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio

Nome Original: Terminator: Dark Fate
Direção: Tim Miller
Elenco: Mackenzie Davis, Linda Hamilton, Edward Furlong, Arnold Schwarzenegger
Gênero: Ação, Aventura, Sci-Fi
Produtora: Paramount Pictures, Twentieth Century Fox, Skydance Media
Distribuidora: 20th Century Fox
Ano de Lançamento: 2019
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar