Fogo Contra Fogo, a história de Solomon Mahlangu

Fogo Contra Fogo é inspirado em uma história real. Solomon Mahlangu (Thabo Rametsi) é um jovem que vive na África do Sul, na época do Apartheid, mas ele não deseja participar de nenhum movimento de libertação, embora seus amigos e sua namorada, Brenda (Pearl Thusi) façam parte.

Um dia, ele é brutalmente espancado e humilhado por um soldado branco, o que faz com que ele resolva, finalmente, se envolver nos movimentos revolucionários. Solomon acaba exilado e começa a treinar para se tornar um dos membros.

Solomon Mahlangu e Fogo Contra Fogo
Solomon Mahlangu

Fogo Contra Fogo e o Racismo

A trama se passa na África do Sul dos anos 70, ou seja, bem no meio do Apartheid. Dessa forma, naturalmente o filme fala sobre racismo. Solomon, o protagonista, no começo não deseja se envolver com política, embora ele reconheça o preconceito que o cerca. Como ele nunca sentiu isso na pele, prefere levar sua vida adiante sem se preocupar com os movimentos de libertação. Até o dia em que ele sofre uma violência de um guarda branco e percebe que ele também precisa agir.

O filme não mostra muitas cenas de racismo explícitas, mas esse é o assunto que o permeia. É como se o filme quisesse dizer que não precisa mostrar algo que já está claro para todo mundo. Por outro lado, o longa se faz muito claro em relação à sua posição, tratando o racismo como inadmissível, como não poderia deixar de ser.

O filme que fala de uma época que deve ser lembrada, justamente para que não seja repetida.

Solomon durante seu treinamento
Solomon durante seu treinamento

Solomon

Acompanhamos o filme do ponto de vista de Solomon e assim também acompanhamos suas mudanças e crescimento. Ele começa como um rapaz que não tem muitas preocupações na vida, embora esteja no meio de uma guerra contra os negros, e com o tempo vai se tornando alguém que está disposto a lutar por liberdade e até a receber treinamento para fazer parte do movimento de libertação dos negros.

Solomon, com o tempo, se torna um herói e um ícone da causa, embora isso lhe custe muito. Fogo Contra Fogo não se preocupa tanto em falar da vida pessoal de Solomon, embora nos apresente sua namorada e sua família, mas se foca bastante em sua militância e em como ele inspirou diversas pessoas.

Fogo Contra Fogo é inspirado em uma história real
O filme é inspirado em uma história real

Aspectos técnicos de Fogo Contra Fogo

Esta parece ser uma produção relativamente pequena, mas isso é irrelevante no resultado final, já que o que importa no filme é o seu roteiro. O longa conta a história de Solomon em flashback, por isso, logo no começo já sabemos toda a importância dele para o movimento de libertação.

Claro que o filme é bem caracterizado, com figurinos, cabelos, maquiagens e cenários que são da época e que colocam o espectador dentro da década de 1970. Fogo Contra Fogo também tem boas atuações, especialmente a de Thabo Rametsi, que interpreta Solomon. Esse é um aspecto importante, uma vez que o filme é uma cinebiografia e é necessário que o universo que ele apresenta seja crível.

Solomon se tornou um herói para a causa
Solomon se tornou um herói para a causa

O filme tem um bom ritmo, com acontecimentos apresentados de maneira rápida, que o tornam dinâmico e em alguns momentos, até animado.

Fogo Contra Fogo se destaca pelos assuntos que traz à tona, como o racismo, a desigualdade, a injustiça, o Apartheid e a maneira que as pessoas lutaram contra ele. Um filme como esse é importante porque não é só entretenimento, mas é também uma aula de história e se faz necessário ainda nos dias de hoje.

O filme entra em cartaz no dia 20 de novembro.

Fogo Contra Fogo

Nome Original: Kalushi: The Story of Solomon Mahlangu
Direção: Mandla Dube
Elenco: Thabo Rametsi, Thabo Malema, Pearl Thusi, Welile Nzuza
Gênero: Biografia, Drama
Produtora: Montage Online
Distribuidora: Elite Filmes
Ano de Lançamento: 2016
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar