Lives of Girls and Women, de Alice Munro

O único "romance" da autora

Del Jordan é uma adolescente crescendo em Jubilee, uma pequena cidade do Canadá, onde ela sente que não se encaixa. Enquanto ela procura seu caminho e experimenta o amor e o sexo, ela também entra em contato com outras mulheres e com as suas opiniões e ideias.

Um “romance” de formação

Lives of Girls and Women acompanha o crescimento da jovem Del Jordan e, por isso, se encaixa perfeitamente na categoria de romance de formação, mas o livro não é exatamente um romance. Alice Munro, a autora, é conhecida por escrever contos e histórias curtas, e Lives of Girls and Women é constantemente vendido como “seu único romance”, quando na realidade o livro é composto de capítulos curtos que mais parecem contos, e que tem Del como narradora.

Del é uma adolescente que vive numa cidade interiorana, rodeada por pessoas – em sua maioria, homens – que ela acha desinteressantes, mas que deseja muito mais. Ela também se apresenta como um peixe fora d’água que se interessa por arte e que quer ser escritora – por isso, muita gente supõe que Del possa ser uma espécie de alterego da autora, que também nasceu em uma cidadezinha do Canadá -, embora esse seja um sentimento comum na adolescência.

Alice Munro - Lives of Girls and Women
Alice Munro

Del então, começa a observar as pessoas e suas reações e passa a tirar suas próprias conclusões e sai no mundo disposta a viver as suas próprias experiências, mesmo que isso lhe custe caro. O livro aborda uma série de questões que são comuns à adolescência, como as primeiras experiências, a tentativa de entender a si mesmo e a procura por pessoas que são parecidas conosco e também reflete as ações e reações específicas dessa jovem inteligente e determinada, que vive em uma pequena cidade, nos anos 1940, mas que aspira por mais.

A vida das mulheres

Quando Del começa a frequentar o centro da cidade, ela passa a ter contato com outras mulheres que lhe dão uma perspectiva diferente da vida, entre elas sua mãe, que embora pareça muito diferente da protagonista, é bem parecida com ela e também almeja mais, Fern Dogherty, a pensionista de sua mãe, que tem uma visão diferente da sexualidade feminina e Naomi, a melhor amiga de Del, que compartilha de seu tédio adolescente.

O livro então, parece não só interessado em narrar a vida de Del, mas também falar de questões que dizem respeito às mulheres de uma maneira geral, como o machismo, a maneira com que garotas e mulheres são vistas pela sociedade, a sexualidade feminina, que é constantemente negada e punida e a valorização da mulher apenas pela sua aparência. Na verdade, Lives of Girls and Women usa das experiências de Del para falar sobre esses assuntos.

A obra é, inclusive, considerada por muitos, um livro feminista, não porque seja panfletário, mas porque tem uma protagonista feminina, tem como personagens outras mulheres – os personagens masculinos têm menos importância – e aborda a vida dessas mulheres a partir da perspectiva de Del.

Edição do livro em inglês Lives of Girls and Women
Edição do livro em inglês

Lives of Girls and Women na mídia

Este não é o trabalho mais famoso de Munro, a autora é mais conhecida por seus contos que também abordam perspectivas femininas, mas ele ganhou uma adaptação. Em 1996, Lives of Girls and Women foi adaptado para um filme para a TV, estrelado por Tanya Allen e Wendy Crewson.

Lives of Girls and Women é um relato comum sobre o crescimento de uma adolescente do interior, que pode encontrar eco em várias pessoas, mas ganha uma dimensão maior quando faz um aceno à vida de todas as mulheres e aos preconceitos e experiências que circundam o gênero.

Nome Original: Lives of Girls and Women
Autor: Alice Munro
Editora: Vintage
Gênero: Clássico, Young Adult
Ano: 1971
Número de Páginas: 288

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar