Filmes

Musicais: Hairspray – Em Busca da Fama, 2007

1962. O sonho de todo adolescente é aparecer no “The Corny Collins Show”, o programa de dança mais famoso da TV. Tracy Turnblad (Nikki Blonsky) é uma jovem gordinha que tem paixão pela dança. Ao fazer um teste ela impressiona os juízes e, desta forma, conquista um lugar no programa. Logo ela alcança o sucesso, ameaçando o reinado de Amber Von Tussle (Brittany Snow) no programa. As duas passam também a disputar o amor de Link Larkin (Zac Efron), enquanto duelam pela coroa de Miss Auto Show. No entanto, os conceitos de Tracy mudam quando ela descobre o preconceito racial existente na TV, decidindo usar sua fama para promover a integração.

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-112075/

Hairspray – Em Busca da Fama é um musical um tanto diferente dos que eu já falei sobre, isso porque ele não é originário de uma peça da Broadway. Hairspray é inspirado no filme Hairspray – Éramos Todos Jovens, de 1988, de John Waters (que também dirigiu Pink Flamingos e Cry Baby), que virou um musical e em 2007 foi transformado em filme mais uma vez.

Existem diferenças bem claras entre o filme original e o filme de 2007. O filme de 1988 é bem mais cru, como já é característico de Waters e por ser um filme independente, é bem mais simples que o filme de 2007, que é uma grande produção.

Hairspray – Em Busca da Fama conta a história de Tracy Turnblad (Nikki Blonsky), uma adolescente que quer participar do The Corny Collins Show, um programa de dança muito famoso. Ela faz o teste de dança e passa, embora Velma Von Tussle (Michelle Pfeiffer), diretora de elenco do programa e sua filha, Amber (Britanny Snow), a estrela do show, não fiquem felizes com a entrada de Tracy no programa, principalmente porque Tracy está fora dos padrões de beleza vigentes.

Os Dançarinos do The Corny Collins Show.

A primeira coisa que é preciso dizer sobre Hairspray – Em Busca da Fama é que é um filme extremamente divertido, sendo impossível não rir assistindo-o. Mais do que só um musical, Hairspray – Em Busca da Fama é uma comédia musical. Apesar disso, o filme trata de assuntos muito sérios, como por exemplo, a aceitação de si mesmo, uma vez que Tracy é diminuída por seu peso, por todos, e mesmo assim continua acreditando nos seus sonhos, e o preconceito, não só em relação a Tracy, mas também em relação aos negros.

O filme se passa em 1962, auge da luta pelos direitos dos negros e metade do elenco é composta de atores negros. Existe um dia da semana, aonde os negros podem dançar no The Corny Collins Shows, separados dos brancos, e eles estão lutando para que o programa tenha integração racial.

Outra coisa legal do filme é que a protagonista é uma atriz gorda, completamente fora dos padrões. É comum que filmes tenham protagonistas excluídas, que são estranhas, magras demais e só precisam de um make over para atrair o cara dos sonhos e se tornarem popular. Não é o caso de HairsprayTracy não quer emagrecer e em nenhum momento do filme isso é sequer sugerido, a não ser pelas vilãs do filme, retratadas como superficiais e tolas. Tracy só quer dançar no programa, mesmo sendo gorda.

John Travolta e Nikki Blonsky, como Edna e Tracy.

Como o filme se passa no começo dos anos 60, o que o espectador vê em cena é a mudança de comportamento que ocorreu dos anos 50, uma década muito mais ingênua e puritana, para os anos 60, uma década de revoluções, especialmente no comportamento dos jovens, onde Velma e Amber, desesperadas para manterem seus privilégios, representam a falsa moralidade da década passada, enquanto Tracy, sua mãe Edna (John Travolta), Seaweed (Elijah Kelley), um dançarino negro do The Corny Collins Show e sua família, representam as mudanças da década que está começando e a luta pelos direitos das minorias.

Além disso, o filme aposta em casais que nós não vemos com frequência em grandes filmes, como a própria Tracy, com o galã do filme, Link (Zac Efron), uma vez que geralmente vemos homens completamente fora dos padrões de beleza fazendo par romântico com mulheres lindíssimas, mas raramente vemos o contrário e Penny (Amanda Bynes), melhor amiga de Tracy, branca, filha de uma mãe preconceituosa, que se apaixona por Seaweed.

Hairspray – Em Busca da Fama tem o elenco relativamente grande e cheio de gente famosa, como John Travolta, que interpreta a mãe de Tracy, Edna (no filme original Edna era interpretada pela Drag Queen Divine, que atuou em boa parte dos filmes de Waters e foi a inspiração para Ursula, a bruxa do mar de A Pequena Sereia, e desde então, é uma tradição que Edna seja interpretada por um homem em drag), Christopher Walken, que nunca tinha atuado em um musical (mas depois estaria em Jersey Boys: Em Busca da Música), Michelle Pfeiffer, Queen Latifah e Zac Efron, famoso na época por High School Musical, fazendo seu primeiro papel adulto. Além dos atores famosos, o talento do elenco jovem do filme, que não é tão famoso, é impressionante, todos cantam, atuam e dançam.

Divine e Ricki Lake, como Edna e Tracy, no filme original.

Hairspray – Em Busca da Fama é repleto de músicas incríveis como (The Legend Of) Miss Baltimore Crabs, Ladie´s Choice, The New Girl In Town, Welcome to The 60´s, Run And Tell That, Without Love e You Can´t Stop the Beat.

A produção original da Broadway de Hairspray é relativamente recente e começou em 2002. O elenco contava com Matthew Morrison (de Glee) no papel de Link. Em 2007, Hairspray chegou ao East West em Londres. Recentemente Hairspray ganhou uma versão Live nos Estados Unidos, com Jennifer Hudson (De Dreamgirls – Em Busca de um Sonho), Kristin Chenoweth (famosa por seu papel em Wicked) e Ariana Grande.

O elenco da montagem Brasileira de Hairspray.

No Brasil, Hairspray ganhou uma versão em 2010, dirigida por Miguel Falabella, com Edson Celulari como Edna, Arlete Salles como Velma, Danielle Winits como Amber, Jonatas Faro como Link e Simone Gutierrez como Tracy.

Hairspray – Em Busca da Fama fala sobre minorias em um mundo que nos diz constantemente como devemos ser, ou seja, devemos fazer exatamente o contrário.

Tags
Mostrar Mais

Fernanda Cavalcanti

Formada em cinema, apaixonada por literatura, divide seu tempo livre entre ler, escrever e dançar. Gosta especialmente de terror, mas lê/assiste de tudo. Também escreve para o blog Além da Toca do Coelho.

Matérias Relacionadas

Close