Onde Quer Que Você Esteja e a busca esperançosa

Onde Quer Que Você Esteja foi rodado inicialmente como curta-metragem há 15 anos, conquistando diversos prêmios internacionais. Então teve seu roteiro retrabalhado dando origem ao longa homônimo. Débora Duboc e Leonardo Medeiros voltam a interpretar Lúcia e Waldir, personagens originais do curta, mas desta vez acompanhados das histórias de outros personagens.

Na trama, a Rádio Cidade Aberta transmite semanalmente o programa “Onde Quer Que Você Esteja”, em que pessoas tentam se comunicar com parentes e amigos desaparecidos. Nos bastidores do programa diversas histórias de vida cruzam-se e transformam-se.

Onde Quer Que Você Esteja

Onde Quer Que Você Esteja

Este é o primeiro longa de ficção da dupla Bel Bechara e Sandro Serpa. O filme mostra o vazio daqueles que tentam encontrar pessoas queridas que desapareceram, mesmo que por opção própria. Boa parte da trama se passa na sala de espera da estação de rádio. Ali, os habitantes dessa grande cidade vão em busca de algum contato com seus familiares ou amigos.

Assim, temos a história de Lúcia, veterana frequentadora da Rádio Cidade Aberta, que há meses procura seu marido que saiu de casa e nunca mais voltou; e também a de Waldir, que busca notícias de sua esposa, que sumiu há alguns dias e ele não sabe se algo de ruim aconteceu ou ela decidiu partir por conta própria.

As demais histórias

Além deles, conhecemos também outros dramas, como o da senhora que tenta contato com sua filha que fugiu de casa pela milésima vez e não quer ser localizada pela mãe; da família que busca seu filho de 7 anos que desapareceu; da garotinha que convence a mãe a tentar ajuda na rádio para que seu pai volte pra casa; do rapaz que está prestes a abandonar o filho porque a esposa foi embora; e da moça solitária que gostaria de retomar o contato com a antiga babá.

Nessa tentativa de se comunicar com os desaparecidos, as pessoas que frequentam a sala de espera do programa Onde Quer Que Você Esteja têm suas histórias de vida cruzadas, enquanto vivem o luto que as mobiliza e a dúvida sobre se devem continuar a busca ou retomar a vida e seguir em frente.

Onde Quer Que Você Esteja

A inspiração para Onde Quer Que Você Esteja

Os realizadores contam que a ideia inicial para o roteiro surgiu de uma notícia de jornal sobre uma rádio colombiana que tinha um programa chamado “Em Busca da Liberdade Perdida”, no qual as pessoas mandavam recados para parentes sequestrados. A partir daí, eles escreveram o roteiro se baseando nessa dinâmica. Ou seja, pessoas tentando entrar em contato com parentes desaparecidos, conhecendo outras pessoas neste processo, levando a vida em frente, de alguma forma, e tornando-se, assim, paradoxalmente mais distantes das pessoas que procuravam.

O filme é repleto de cenas ora poéticas, ora tristes, com o jingle da rádio que nos leva a sorrir e a decorar o número de telefone 3581-8181. As situações podem ser agoniantes, como a família que faz uma festa de aniversário para o garoto desaparecido. Assim como a tia, eu não aguentaria esse tipo de encenação de felicidade ou de que tudo está nos conformes. Mas vai de cada um, seguir em frente ou viver um luto coberto pela dúvida eterna.

A trilha sonora

Além do jingle chiclete, algumas músicas presentes no longa ilustram muito bem os sentimentos daqueles que procuram seus entes desaparecidos. Principalmente a música do final, Praça Clóvis, composição de Paulo Vanzolini que diz “Na praça Clóvis/ Minha carteira foi batida/ Tinha vinte e cinco cruzeiros/ E o teu retrato/ vinte e cinco/ Eu, francamente, achei barato/ Pra me livrarem/ Do meu atraso de vida“.

A quantidade de histórias paralelas e de cenas melancólicas pode tornar o filme um pouco lento e arrastado, mas no geral é uma trama interessante, que pode envolver e até nos trazer certa identificação com seus personagens. Onde Quer Que Você Esteja entra em cartaz dia 3 de outubro.

Onde Quer Que Você Esteja

Nome Original: Onde Quer Que Você Esteja
Direção: Bel Bechara e Sandro Serpa
Elenco: Débora Duboc, Leonardo Medeiros, Brenda Lígia, Rafael Maia, Cleide Queiroz
Gênero: Drama
Produtora: Macondo Filmes
Distribuidora: Boulevard Filmes
Ano de Lançamento: 2018
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar