Os Embalos de Sábado à Noite – clássico

A dança como escapatória

Tony Manero (John Travolta) vive no Broolyn, em Nova York, e tem um emprego que odeia. No final de semana, no entanto, ele vai a uma boate onde é considerado um dos melhores dançarinos do local.

Enquanto ele se prepara para um concurso de dança, ele conhece Stephanie Mangano (Karen Lynn Gorney), por quem ele fica interessado e deseja dançar com ela no dia da competição.

Os Embalos de Sábado à Noite – A dança

Uma das coisas mais importantes aqui é a dança e o papel que ela exerce na vida de Tony. O protagonista tem uma vida comum, vive com os pais, a avó e a irmã e trabalha em uma loja de tintas, mas não se sente feliz.

Os Embalos de Sábado à Noite retrata a cultura disco
O filme retrata a cultura disco

Nos finais de semana, Tony passa todo o seu tempo livre em uma discoteca, dançando. É só quando ele está dançando que ele se sente completamente realizado. Além disso, fica claro que ele se comporta de maneira diferente na discoteca e na vida normal. No dia a dia, Tony é um homem comum que não tem nada de especial e que nem chama atenção mas, na discoteca ele tem amigos, é conhecido, invejado e considerado um dos melhores dançarinos.

A dança é retratada como um caminho para a liberdade e para alegria, já que Tony só consegue ser ele mesmo e ser feliz quando está dançando. O concurso para o qual ele se prepara é a única expectativa de Tony e que ele espera que venha coroá-lo oficialmente como o melhor dançarino.

A insatisfação com a vida

Na realidade, Os Embalos de Sábado à Noite fala de um tema ainda maior, a insatisfação com a vida. Aqui especificamente acompanhamos a vida de Tony, que não é feliz nem em casa e nem no trabalho e que busca algo mais na dança e nas discotecas.

Os figurinos refletem os anos 70
Os figurinos refletem os anos 70

Mas de uma certa maneira, o tema apela a qualquer pessoa que, assim como o protagonista viva uma rotina desgastante e sem graça e que tenha poucas perspectivas para o futuro. O hobby de Tony é dançar, mas é fácil compreender que poderia ser qualquer outra atividade e, por isso, Os Embalos de Sábado à Noite conversa com boa parte do público.

Os Embalos de Sábado à Noite também é um filme sobre crescimento já que, quando o filme começa, Tony se comporta de maneira bem parecida com que seus amigos se comportam mas, ao longo do tempo, ele vai amadurecendo e parece deixar seus amigos e as brincadeiras infantis e algumas vezes até criminosas, para trás.

As músicas

Os Embalos de Sábado à Noite é um drama musical mas, na realidade, é mais um filme de dança. A dança é o assunto principal e a grande atração do longa. Acompanhamos várias cenas dos personagens dançando, mas em momento algum do filme eles cantam.

Tony só é feliz quando dança
Tony só é feliz quando dança

Isso não quer dizer, no entanto, que a trilha sonora do filme seja chata ou descuidada, muito pelo contrário. As músicas que tocam no filme fizeram bastante sucesso na época do lançamento e a trilha é um dos pontos altos.

O grande destaque são os Bee Gees. Das 17 músicas que tocam no filme, seis são do grupo: Stayin’ Alive, How Deep Is Your Love, Night Fever, More Than a Woman, Jive Talkin’ e You Should Be Dancing. Além dessas, também estão presentes Manhattan Skyline, de David Shire, Night on Disco Mountain, de David Shire, Boogie Shoes, de KC and the Sunshine Band e Disco Inferno, de The Trammps.

A trilha de Os Embalos de Sábado à Noite combina muito com a trama e ajuda o telespectador a se sentir dentro do filme.

Os Embalos de Sábado à Noite é sobre a insatisfação da vida
O filme é sobre a insatisfação da vida

Aspectos técnicos de Os Embalos de Sábado à Noite

O filme parece ser simples mas, na realidade, trata de temas bem profundos. Nos seus aspectos técnicos, ele é bem característico e tem figurinos e cenários que até hoje são facilmente reconhecíveis.

O filme é dos anos 1970 e, por isso, as roupas de seus personagens são típicas da época e, mais ainda, mostram o comportamento e a maneira de se vestir dos jovens que frequentavam discotecas e gostavam de música disco. O terno branco de John Travolta, por exemplo, é uma das roupas icônicas desse filme. Já a discoteca que Tony frequenta é inspirada no filme 2001 – Uma Odisseia no Espaço, mas também cabe direitinho na década de 1970.

A dança é o ponto alto de Os Embalos de Sábado à Noite
A dança é o ponto alto do longa

Os pontos altos do filme são a trilha sonora, que é muito boa, e as cenas de dança. John Travolta se sai muito bem não só na atuação, como também dançando. Fica claro para os telespectadores que aquela é a paixão de Tony e mesmo quem não compreende tudo que o ato de dançar significa para o protagonista, percebe que ele é muito bom.

Com um roteiro que pode agradar qualquer pessoa e uma trama complexa, mas que distrai ao mesmo tempo, Os Embalos de Sábado à Noite tem uma boa trilha sonora, ótimas cenas de danças e é até hoje, um filme icônico.

Saturday Night Fever (1977) Trailer #1 | Movieclips Classic Trailers

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar