Pânico (2022)

O quinto filme da franquia

A cidade de Woodsboro achava que estava livre do Ghostface, até que Tara Carpenter (Jenna Ortega) é atacada dentro de sua própria casa, por alguém usando a infame máscara.

Sam (Melissa Barrera), a irmã de Tara, retorna à cidade com seu namorado, Richie (Jack Quaid), e conforme uma nova série de assassinatos violentos começa, Sam percebe que existe uma ligação entre os crimes e o seu passado.

O legado de Pânico

Pânico (2022) – que embora seja o quinto filme da franquia, tem o mesmo nome que o filme original – tem como intenção dar um reboot na franquia e, para isso, tem novos personagens e uma nova história.

O filme Pânico (2022) começa com o retorno de Ghostface
O filme começa com o retorno de Ghostface

A história começa em Woodsboro, onde aconteceram os assassinatos do primeiro filme, quando Tara atende um telefonema estranho onde uma pessoa começa a questioná-la sobre filmes de terror e, mais especificamente, sobre Facada, o filme que conta a história do que aconteceu na cidade, e logo a ataca. Sam, a irmã mais velha de Tara, que vive em outra cidade, é avisada do ataque por Wes (Dylan Minnette), amigo de Tara, e retorna.

Uma vez lá, Sam se vê de frente a mais uma série de ataques do Ghostface, que começa a perseguir não só ela e Tara, mas também os outros adolescentes que fazem parte do grupo de amigos de Tara.

O filme, então, passa a revisitar todos os outros de sua franquia, trazendo de volta personagens icônicos como Dewey (David Arquette), o xerife, agora aposentado, que não quer mais se envolver com os crimes que acontecem na cidade, Gale Weathers (Courteney Cox), que atualmente trabalha como apresentadora de um programa matinal em Nova York, e claro, Sidney Prescott (Neve Campbell), que vive com o marido e as filhas em outra cidade, mas volta determinada a acabar com o legado de Billy Loomis (Skeet Ulrich).

O longa faz várias referências aos outros filmes da franquia
O longa faz várias referências aos outros filmes da franquia

Esse é um dos aspectos que fazem de Pânico (2022) um filme interessante, já que ele não só se sai bem na sua trama nova, como também consegue colocar em cena, de maneira bem satisfatória, os personagens dos outros filmes, o que, naturalmente, vai agradar os fãs da franquia.

O gênero

O original de 1996 tinha como intenção fazer referência a filmes do gênero slasher, comuns nos anos 1970 e 1980, ao mesmo tempo que desmitificava as regras e os clichês que fazem parte desse universo, por isso, o longa mergulha em vários desses clichês, mas sempre tem um personagem que aponta o que isso significava para a trama. O segundo filme da franquia já fala sobre a produção de um filme que narra os acontecimentos do primeiro filme.

Toda a franquia, que se baseia na ideia de apontar questões comuns em filmes slasher, é bem criativa e diferente justamente por isso, e é claro que o novo filme não poderia ficar fora disso. Pânico (2022), no entanto, não faz alusão só aos outros filmes da série, como também a outros filmes de terror.

Neve Campbell em cena do filme Pânico (2022)
Neve Campbell em cena do filme

Quando Tara recebe as ligações no começo do filme, a pessoa do outro lado da linha a pergunta, de maneira clássica, qual é o seu filme de terror favorito e ela cita O Babadook e diz que prefere os filmes de “terror elevado” – nome comumente dado a filmes de terror recentes, que se propõem não só a assustar, mas também a falar sobre questões sociais -, o que é uma alfinetada para quem separa os filmes de terror por uma suposta qualidade, que geralmente deixa de fora os filmes slashers, subgênero do qual a franquia Pânico faz parte.

Pânico também tem uma personagem que sabe tudo sobre o gênero e é capaz de apontar tudo que vai acontecer no filme que estamos assistindo, Mindy Meeks-Martin (Jasmin Savoy Brown), que faz parte do grupo de amigos de Tara, e todos os outros personagens assistem e conhecem a franquia Facada.

O longa, então, faz várias referências aos seus filmes anteriores, usando a franquia Facada para tal, citando por exemplo, que o quarto filme não teve nenhuma relação com os outros três e, por isso, foi desprezado pelos fãs ou fazendo uma menção ao corte de cabelo estranho de Gale em Pânico 3.

Pânico é bem sangrento
Pânico é bem sangrento

Aspectos técnicos de Pânico (2022)

O novo Pânico parece ter como intenção renovar a franquia trazendo-a para os dias de hoje. A ideia então, é apresentar uma nova história, com novos personagens, que são, na maioria dos casos, parentes de personagens de outros da franquia, e assim, fazer um aceno aos fãs. O filme funciona porque consegue ser compreendido por quem não assistiu aos outros filmes da série, e agrada muito quem gosta deles e sabe detalhes.

Pânico também é um filme bem sangrento, no estilo slasher, as cenas de morte são muito violentas, embora soem irreais em muitos momentos, mas essas são características do gênero e fazem sentido dentro da trama. O longa também tem muitos personagens que não são profundos, mas mais uma vez, isso é típico do slasher, já que no gênero, as mortes são muito mais relevantes do que o que os personagens sentem.

Isso, no entanto, faz com que quase ninguém do elenco se destaque especialmente, já que todos os personagens aparecem pouco. Jenna Ortega chama atenção, sua personagem é divertida e bem escrita e a atriz está muito bem; Jack Quaid também é outro destaque que vai se mostrando aos poucos. A volta de alguns membros clássicos do elenco, como Neve Campbell, Courteney Cox e David Arquette é um aceno interessante aos fãs.

Melissa Barrera como Sam em Pânico (2022)
Melissa Barrera como Sam

O filme se sai muito bem durante bastante tempo, a trama é interessante e o telespectador não sabe se tem mais vontade de acompanhar a próxima morte ou de descobrir quem é que está encarnando Ghostface dessa vez. Os vários palpites cinematográficos de Mindy, que também nos explicam, inclusive, o que está acontecendo no próprio Pânico, tornam o filme divertido. O final é um pouco embolado e corrido, mas isso não estraga a experiência total do filme, que é muito boa.

Quando retorna às suas raízes, Pânico não só agrada os fãs da franquia, como também consegue assustar e divertir ao mesmo tempo. O filme chega aos cinemas no dia 13 de janeiro.

Scream (2022) - Final Trailer - Paramount Pictures

Pânico

Nome Original: Scream
Direção: Matt Bettinelli-Olpin, Tyler Gillett
Elenco: Neve Campbell, Courteney Cox, Melissa Barrera, David Arquette, Jenna Ortega
Gênero: Terror, Suspense
Produtora: Paramount Pictures, Miramax Films, Spyglass Entertainment, The Weinstein Company, Project X Productions,
Distribuidora: Paramount Pictures
Ano de Lançamento: 2022
Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar