A Freira, o capítulo mais besta da franquia Invocação do Mal

Quando uma jovem freira que vive enclausurada em um convento na Romênia comete suicídio, um padre com um passado assombrado e uma noviça prestes a fazer seus votos finais são enviados ao Vaticano para investigar o caso. Juntos, eles desvendam o segredo profano da ordem. Arriscando não só suas vidas, mas também sua fé e suas almas, eles confrontam a força malévola que assume a forma da mesma freira que aterrorizou o público em “Invocação do Mal 2”, à medida que o convento se torna um horripilante campo de batalha entre os vivos e os amaldiçoados.

A primeira vez em que a freira assustadora apareceu foi no filme Invocação do Mal 2, onde ela aterrorizava Lorraine Warren (Vera Farmiga) ameaçando tirar a vida de seu marido Ed Warren (Patrick Wilson). O casal de investigadores paranormais existiu de verdade (Lorraine ainda está viva, com 91 anos) o que deu mais credibilidade aos filmes da franquia e trouxe mais fãs. O público gostou da aparição da freira e ela reapareceu no filme Annabelle 2: A Criação do Mal, que, cronologicamente, vem antes dos dois “Invocações”.

No vídeo abaixo você confere James Wan, o produtor, falando da cronologia dos filmes:

Se você não assistiu aos outros filmes, pode ser que começando por A Freira, tenha interesse em continuar a franquia. Mas pra quem já é fã dos filmes anteriores, o filme novo deixou muito a desejar.

Um jovem (Jonas Bloquet) encontra uma freira enforcada na frente de um convento onde ele entregava mantimentos. O pessoal do Vaticano nomeia o padre Burke (Démian Bichir) para investigar a situação. Ele misteriosamente chama a noviça Irmã Irene (Taissa Farmiga) para ajudá-lo na missão, mesmo sabendo que ela ainda não fez seus votos. Por que ele a escolheu? Só porque ela é uma noviça um pouco rebelde? (segure essa informação)

Taissa Farmiga é a Irmã Irene
Taissa Farmiga é a Irmã Irene

O convento é completamente sinistro, parece não habitado, mas de vez em quando as freiras aparecem, às vezes de rostos normais, às vezes como vultos ou com lenços pretos cobrindo as faces. Bizarro. Mas a noviça e o padre não vão deixar se abalar e vão investigar o suicídio da freira e o fato de seu sangue não secar nunca.

Eles são constantemente surpreendidos por fenômenos sobrenaturais, aparições da freira, tendo que ficar cara a cara com elementos do passado, mas lidam com naturalidade enfrentando tudo o que vêem pela frente.

Bonnie Aarons é a Freira e Demián Bichir é o Padre Burke
Bonnie Aarons é a Freira e Demián Bichir é o Padre Burke

Assim como os personagens, nós espectadores também quase não nos assustamos. Filmes de terror também podem ser divertidos, mas nesse caso, A Freira está sendo vendido como o capítulo mais assustador da franquia “Invocação” e, sinto muito, isso não é verdade. O roteiro é bem batido e traz um repeteco de vários outros filmes de terror.

Queriam contar a origem da freira, mas ficou frustrante. Deixaram passar a chance de criar um roteiro sensacional para ligar os filmes, pra fazer mais um filme besta de aventura investigativa com respostas fáceis em desenhos de um livro ou relíquias sagradas.

Taissa e Vera Farmiga
Taissa e Vera Farmiga

(pega agora aquela informação) Na vida real, Taissa e Vera Farmiga são irmãs, SÃO PARECIDÍSSIMAS, e se eles não usaram isso para fazer com que Lorraine Warren fosse na verdade uma noviça rebelde quando jovem, meus queridos, eles foram muito idiotas. Diz a internet que as personagens não tem ligação, mas pra mim, a franquia só se salvaria depois disso se ignorasse a história real de Lorraine e fizesse com que Irmã Irene e Lorraine Warren fossem a mesma pessoa.

A Freira é uma oportunidade perdida de utilizar uma antagonista assustadora como uma pessoa real, dentro de uma franquia de sucesso existente. No final parece que só tentaram juntar os pontos dos outros filmes e abrir caminho para mais filmes. História fraca, mais do mesmo e um filme totalmente B.

A Freira

Nome original: The Nun

Elenco: Taissa Farmiga, Demián Bichir, Jonas Bloquet, Ingrid Bisu, Bonnie Aarons

Gênero: Horror, Mistério, Thriller

Produtora: Atomic Monster, New Line Cinema, The Safran Company

Distribuição: Warner Bros.

Direção: Corin Hardy

Tags

Veri Luna

Veri Luna é fotógrafa, videomaker, formada em pedagogia e audiovisual, ama cinema, livros, comida e gatos.

Matérias Relacionadas

Close