A Luta do Século

Um retrato aprofundado sobre a maior rivalidade do boxe brasileiro

O documentário A Luta do Século narra a rivalidade de quase 20 anos dos boxeadores Reginaldo Holyfield e Luciano Todo Duro.

O filme começa no final dos anos 80, quando Todo Duro tinha ganhado uma certa notoriedade no nordeste após vencer diversas lutas e Holyfield tinha acabado de despontar no cenário do boxe. Em 1996, os dois lutaram pela primeira vez. Todo Duro ganhou, mas a sensação de injustiça ficou no ar para os fãs de Holyfield e a partir daí, a rivalidade entre os dois só aumentou.

A primeira parte do filme consiste basicamente em um flash back mostrando como tudo começou e todas as vezes que os dois lutadores se enfrentaram, tudo narrado em voz over. A técnica funciona muito bem, para as pessoas que já conhecem a história é um bom jeito de relembrar com detalhes tudo que aconteceu. Para quem não sabe nada do assunto, é uma ótima forma de contextualizar. Além disso, o documentário é cheio de cenas dos próprios lutadores provocando um ao outro e até se batendo no meio de entrevistas, coisas que parecem absurdas, mas que divertem a platéia.

Luciano Todo Duro

Na segunda parte, o documentário fala sobre dias mais atuais, quando em 2015, os dois, já mais velhos, resolveram se enfrentar mais uma vez. A equipe de filmagem passou 10 dias com cada um deles antes da luta, vendo seu dia a dia e cobriu o período da luta e após a chamada Luta do Século.

A Luta do Século pode parecer feito para um público muito específico, que se interessa por boxe, mas não é o caso. O filme é perfeitamente compreensível por quem não entende do assunto e é também muito interessante, mesmo para quem não acompanha campeonatos.

A rixa entre Hollyfield e Todo Duro é a maior rivalidade do boxe brasileiro, mas mesmo assim, é de conhecimento de poucas pessoas, especialmente fora do nordeste. O documentário, sem dúvida, ganha pontos por jogar luz em um assunto tão pouco comentado atualmente.

Se hoje em dia lutadores podem fazer fortunas e viver de patrocínio, tudo aconteceu em uma escala bem menor para Hollyfield e Todo Duro. Nenhum dos dois é dono de uma fortuna atualmente e o filme retrata um tempo completamente diferente do que vivemos.

Reginaldo Holyfield

Além de ser informativo, o documentário também é divertido. As cenas dos dois brigando em programas de tv ou se ofendendo mutuamente são todas muito engraçadas e é interessante perceber que ao assistir ao filme, o telespectador pode acabar escolhendo o seu preferido mesmo sem nunca ter visto uma luta dos dois.

O filme não mostra lutas inteiras, o que é uma decisão sábia, já que isso poderia facilmente entediar uma pessoa que não se interessa pelo esporte e até perturbar pessoas mais sensíveis à violência. Ao invés disso, ele usa muitas cenas de entrevistas da época.

A Luta do Século

Informativo e divertido na medida certa, A Luta do Século é um programa não só para os aficionados pelo esporte, mas também para qualquer pessoa que esteja disposta a conhecer uma parte tão interessante da cultura popular.

Tags

Fernanda Cavalcanti

Formada em cinema, apaixonada por literatura, divide seu tempo livre entre ler, escrever e dançar. Gosta especialmente de terror, mas lê/assiste de tudo. Também escreve para o blog Além da Toca do Coelho.

Matérias Relacionadas

Close