Amor Moderno (1ª Temporada) – Amazon Prime

O amor em todas as suas formas

Amor Moderno é um compilado de histórias de amor que abordam o sentimento nas suas mais variadas formas e tipos. A série é inspirada na coluna Modern Love, do The New York Times.

Cada episódio, uma história

A primeira temporada tem oito episódios e cada um deles conta uma história diferente que, aparentemente, não tem nenhuma relação com as outras, além de se passarem na cidade de Nova York.

Catherine Keener e Dev Patel em cena de Amor Moderno
Catherine Keener e Dev Patel em cena de Amor Moderno

As tramas são inspiradas em histórias reais que são publicadas na coluna Modern Love, do The New York Times, embora muitas delas pareçam ficção.

A ideia de Amor Moderno é bem interessante e a atração tem tudo para emplacar e se tornar uma série com muitas temporadas. Como cada episódio retrata uma história diferente, com personagens diferentes e até um elenco diferente, o telespectador pode desgostar de um episódio e gostar do próximo, o que é uma boa forma de manter a audiência, que sempre vai querer saber se a próxima história é mais instigante que a anterior.

A série, no entanto, não tem qualquer problema nas suas tramas, uma vez que boa parte dos episódios são ótimos.

A série retrata histórias de amor diferentes
A série retrata histórias de amor diferentes

O amor

A produção pode retratar uma história diferente a cada episódio, mas tem duas questões em comum: todos os episódios se passam em Nova York e todos eles falam de amor. A questão é que a série nunca fala do mesmo tipo de amor, então temos histórias que falam de amores românticos, sexuais, fraternais e familiares.

A série apresenta, por exemplo, a história de uma moça solteira (Cristin Milioti) que procura um relacionamento em aplicativos de namoro e que tem uma relação quase paternal com seu porteiro (Laurentiu Possa), mas também fala sobre um casal (Tina Fey e John Slattery) que está junto há anos e passa por uma crise no casamento.

Ao mesmo tempo, acompanhamos uma conversa entre um jovem (Dev Patel) que desenvolveu um aplicativo de relacionamentos, mas sente que perdeu o amor de sua vida (Caitlin McGee) e uma jornalista (Catherine Keener), que tem a sua própria história de amor da juventude. Em outro episódio, o telespectador assiste um casal (Sofia Boutella e John Gallagher Jr.) que está no seu primeiro encontro.

Anne Hathaway como Lexi Donohoe
Anne Hathaway como Lexi Donohoe

Aspectos técnicos de Amor Moderno

A série retrata casais inter-raciais, homossexuais, heterossexuais, jovens e mais velhos, cobrindo várias histórias de amor. Alguns dos episódios nem parecem tão focados em relacionamentos românticos, como o terceiro, que acompanha uma mulher (Anne Hathaway) que lida com um transtorno bipolar e que tenta navegar por sua vida sem que as pessoas percebam os seus altos e baixos; e o sétimo, onde um casal gay (Andrew Scott e Brandon Kyle Goodman) procura uma barriga de aluguel e acaba praticamente adotando a jovem (Olivia Cooke) que eles escolhem.

A série tem, então, a proposta de contar histórias de amor distintas. É ideal para atrair todo e qualquer público, uma vez que em cada um dos seus oito episódios retrata uma história diferente e não só isso: mudam os personagens e o elenco. A única coisa que se mantém é o cenário, que é sempre a cidade de Nova York.

Portanto, se o telespectador não gostar de um episódio, ele sempre vai estar na expectativa de gostar do próximo e, assim por diante. Não que precise dessa artimanha, todos os episódios são muito bons, e todas as tramas são interessantes, mas isso dá a Amor Moderno a possibilidade de prosseguir quase que infinitamente sem cansar a audiência e sem ter que manter uma linha do tempo ligada a uma única trama, visando ainda a possibilidade de trocar o elenco a cada episódio, e por isso, contratar atores famosos. Os capítulos curtos ajudam a aumentar essa sensação, pois eles parecem feitos na medida exata para que a plateia aproveite, mas não se canse.

Amor Moderno retrata casais heterossexuais, homossexuais, inter-raciais e de idades diferentes
Amor Moderno retrata casais heterossexuais, homossexuais, inter-raciais e de idades diferentes

Tudo lindo

Os episódios são muito bem produzidos e conseguem se fechar neles mesmos, o que é um ganho. Você nem precisa assistir à temporada toda, se não quiser, e ainda pode assistir boa parte deles fora de ordem. A sensação que se tem quando se assiste a Amor Moderno é que estamos assistindo pequenas comédias românticas, com maior ou menor dose de comédia, drama ou tragédia.

Um dos pontos mais interessantes de Amor Moderno é que ele apresenta histórias de amor diversas, com personagens diversos e que podem agradar qualquer pessoa. O telespectador vai se reconhecer ou se encantar por pelo menos uma das tramas apresentadas.

Os episódios são curtos e prendem o telespectador
Os episódios são curtos e prendem o telespectador

A série tem um elenco estelar, digno de um filme com um orçamento grande. Cada ator ou atriz aparece pouco, mas aproveita seu episódio e entrega ótimas atuações.

Amor Moderno celebra os mais variados tipos de amor e com suas histórias charmosas e tocantes, consegue encantar até a audiência mais cética.

Modern Love - Official Trailer | Prime Video

Amor Moderno

Nome Original: Amor Moderno
Elenco: Anne Hathaway, Dev Patel, Tina Fey, Andrew Scott, Cristin Milioti
Gênero: Comédia, Drama, Romance
Produtora: Amazon Studios, Storied Media Group
Disponível: Amazon Prime Video
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar