Bill & Ted: Encare a Música (e sua idade)

Parece óbvio, pensando agora, depois de sair da sessão de Bill & Ted: Encare a Música, que essa continuação chegaria. A atual fase do entretenimento é quase nostálgica, seja refazendo novas versões de clássicos do passado, seja dando continuidade a histórias de sucesso que todo mundo achava que já estavam terminadas.

Já teve retorno de Karatê Kid (no divertidíssimo Cobra Kai), Indiana Jones, Débi e Lóide, remake de tudo quanto é filme da Disney e ainda tá chegando aí Matrix e até Jackass 4. É a indústria do entretenimento espremendo cada centavo de suas propriedades intelectuais.

Bill & Ted: Encare a Música

Todo mundo de volta em Bill & Ted

Evidentemente, para o filme funcionar, o elenco principal tinha que estar de volta e tá todo mundo aí. Alex Winter e Keanu Reeves revivem seus papéis clássicos depois de quase 30 anos. Keanu Reeves, principalmente, se tornou um dos maiores astros do cinema e cresceu muito mais do que o maior fã da franquia Bill & Ted poderia imaginar.

Ter assistido aos filmes originais antes de ver o novo arruinou aquele adorável meme de que Keanu Reeves não envelhece. É verdade que o tempo não tratou mal o rapaz, mas ainda parece que o professor de Hogwarts Severus Snape decidiu ter uma aventura com uma cabine telefônica que viaja no tempo. Sim, a cabine telefônica também está de volta.

Há até mesmo uma homenagem para George Carlin, comediante de stand-up que faleceu em 2008 e interpretava o “guia” temporal da dupla.

Novas figuras

Kristen Schaal entra como filha do personagem de Carlin, assumindo assim a nova posição de guia de viagem da nova versão. Mas ela não é a única personagem nova.

Bill e Ted agora têm duas filhas, apropriadamente chamadas Thea e Billie. As atrizes Samara Weaving e Brigette Lundy-Paine roubam a cena quando aparecem interpretando versões femininas adolescentes dos personagens principais. Mesmo com a pegada boba e o jeito pastelão, as duas mandam muito bem, herdando os trejeitos e a amizade dos pais.

Bill & Ted: Encare a Música

Novos paradoxos temporais

A aventura no tempo é exatamente o que qualquer fã de Bill & Ted esperaria encontrar. Uma história boba e divertidíssima, que faz jus aos dois filmes anteriores. Ela traz o sentimento certo de saudosismo no núcleo comandado por Bill e Ted e traz um bocado de coisas novas com as duas garotas. Dessa forma, elas também têm sua própria aventura no tempo, que por vezes, parece uma versão de “Meia noite em Paris” dirigida pelos irmãos Zucker.

Acertando o nível no besteirol e na nostalgia, com um time de atores que parece ter se divertido loucamente durante a produção do filme, o alvo do longa é certamente aqueles que já são fãs do material original. Há muita referência aos longas de 1989 e 1991 e é até recomendável assisti-los novamente (ou pela primeira vez, se você nunca viu) antes de ir no cinema ver a nova aventura dos dois amigos viajando no tempo.

Bill & Ted – Um filme que sabe seu público

Pra quem gosta das aventuras originais, não tem erro: o novo Bill & Ted é exatamente o que se espera. Talvez quem nunca viu nenhum Bill & Ted e acabe indo ao cinema só pelo nome de Keanu Reeves vá se desapontar enormemente: há um pequeno recap lembrando a audiência de onde estavam nossos heróis da última vez que o vimos, mas é extremamente superficial e não parece ser muito útil pra quem não conhece a dupla.

Bobo e cheio de participações especiais, esse é um filme extremamente leve. Eu nem sou tão fã assim de Bill & Ted e me diverti com o filme, mas certamente não tanto quanto todos esses atores parecem ter se divertido revivendo seus personagens.

Bill & Ted: Encare a Música

Nome Original: Bill & Ted Face the Music
Direção: Dean Parisot
Elenco: Keanu Reeves, Alex Winter, Kristen Schaal
Gênero: Aventura, Comédia, Música
Produtora: Hammerstone Studios
Distribuidora: Imagem Filmes
Ano de Lançamento: 2020
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar