Chicuarotes, um drama sobre a realidade de muitos

Chicuarotes retrata a realidade de diversos jovens das periferias da Cidade do México e as consequências e origens de uma onda de violência. Cagalera (Benny Emmanuel) e Moloteco (Gabriel Carbajal) são dois adolescentes que moram no humilde bairro de San Gregorio Atlapulco. Eles estão sempre buscando fugir das circunstâncias opressoras em que vivem.

Assim, através da arte da palhaçaria, eles tentam conseguir dinheiro para mudar de vida. Entretanto, sem muitas perspectivas, acabam optando pelo mundo do crime. Quando escutam sobre uma oportunidade de mudar suas vidas, esquecem suas consequências. Acreditam que finalmente será possível comprar a tão almejada liberdade.

Chicuarotes
Moloteco e Cagalera

Chicuarotes

Chicuarote é uma palavra usada tanto para um tipo de pimenta, quanto como uma gíria local (no humilde bairro já mencionado) para teimosos e cabeças-duras. Ou seja, Cagalera e Moloteco certamente não gostam de serem chamados assim.

Cagalera é um rapazinho ágil, jovem e falador, que mora com a mãe e seus irmãos. Também frequenta a casa um homem horroroso chamado Baturro (Enoc Leaño), de quem ele furta a arma para realizar pequenos assaltos. Este homem e sua violência extrema têm bastante importância na trama. É um dos motivos que fazem Cagalera querer sair dali e viver uma outra vida. Se possível, junto à namorada Sugheili (Leidi Gutiérrez).

Sugheili é a namorada de Cagalera

Moloteco é seu amigo e fiel escudeiro. O mocinho quase não tem casa para morar, vive em um barraquinho. Menos acelerado do que o companheiro, Moloteco parece sempre mais triste e pensativo. Acredita em todas as ideias de Cagalera, seguindo o amigo para onde der e vier. Mesmo que sejam ideias absurdas ou covardes, como sequestrar uma criança para pedir o resgate.

A história de muitos

Gael García Bernal é o diretor desse intenso drama social, que aborda e retrata a realidade de diversos jovens da periferia. Traz também as consequências e as origens da criminalidade, numa trama atemporal, que poderia muito bem ter sido gravada aqui em São Paulo. Afinal, o filme retrata a insegurança, o abuso, a pobreza e a violência que muitos jovens tem que enfrentar diariamente para sobreviver.

Ao assistir Chicuarotes, o público certamente reconhecerá que esta é a vida que nos rodeia. Afinal, por mais que fechemos nossos olhos, os jovens estão aí, tentando ser alguém, e encontrando na criminalidade, a solução para seus problemas. Portanto, são jovens de vida curta e de sonhos que não se realizam. A história triste, porém intensa de Chicuarotes entra em cartaz dia 05 de setembro.

Chicuarotes

Nome Original: Chicuarotes
Direção: Gael García Bernal
Elenco: Daniel Giménez Cacho, Dolores Heredia, Ricardo Abarca, Benny Emmanuel, Enoc Leaño, Gabriel Carbajal
Gênero: Drama
Produtora: La Corriente del Golfo e Cinematográfica Amaranto
Distribuidora: Supo Mungam Films
Ano de Lançamento: 2019
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar