Cobra Kai – 3ª temporada – que tal uma opinião?

Série desacelera no ritmo, mas continua mirando na nostalgia e no coração

Estabelecida como uma produção apaixonada para o público de ontem e de hoje, Cobra Kai – 3ª temporada chega sem muitas novidades e com um pé no freio, focando sua primeira metade nos dramas de redenção (em várias e interessantes camadas), com Johnny Lawrence buscando o perdão do filho de um lado, enquanto contribui para a recuperação de Miguel do outro, que após flertar com o vilanismo no ano anterior, volta a ser o rapaz gentil do princípio.

No outro espectro, ainda acompanhamos Daniel LaRusso com problemas empresariais, indo ao Japão para tentar salvar o negócio e, nessa jornada, acaba revisitando o passado (e com isso, resgatando figuras de “Karatê Kid 2“, de 1986, para a alegria dos fãs do clássico).

E na terceira ponta dessa pirâmide improvável, ainda conhecemos mais sobre as origens de Kreese, que por mais bem realizadas que sejam tentando situar no Vietnã (e com isso, referenciando “Apocalipse Now” e “Platoon“), me soaram um tanto quanto hipócritas, como se os roteiristas tentassem justificar os abomináveis atos do vilão.

Cobra Kai - 3ª temporada

Cobra Kai – 3ª temporada

Compreendo a necessidade de humanizar todos os lados e esse é um dos atributos do seriado, mas o velho carateca já sustenta suas bases apenas falando do passado, portanto, mostrar esse passado fica mesmo mais como uma enrolação e uma grande passada de pano.

Depois da primeira metade, Cobra Kai resgata a força que havia apresentado nas duas temporadas anteriores com muita cafonice, humor certeiro (eu sempre vou dizer e repetir isso: William Zabka é tão, mas tão ruim ator, que é bom) e lutas divertidíssimas (dessa vez com a molecada mais preparada). Por sinal, o plano sequência dentro da casa nos episódios finais é um show à parte.

A luta do desfecho não chega a ser tão envolvente quanto outras da mesma produção, mas tem um peso significativo para o futuro da série, que promete uma quarta temporada magnética e, talvez, já caminhando para seu fim.

Entre os dois momentos marcantes e, por que não, emocionantes, ficam entre a participação especial de Elisabeth Shue retornando como Ali e, com isso, fechando com chave de ouro o elo dos dois tiozões que insistem em se oporem, mas que são responsáveis pela cena final, singela, mas poderosa, que me deixa arrepiado até agora. Afinal, a união faz a força!

Cobra Kai: Temporada 3 | Trailer oficial | Netflix

Cobra Kai - 3ª temporada

Nome Original: Cobra Kai
Elenco: Ralph Macchio, William Zabka, Courtney Henggeler
Gênero: Ação, Comédia, Drama
Produtora: Sony Pictures Television
Disponível: Netflix
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar