Dora e a Cidade Perdida, um filme família

Dora é uma menina aventureira já conhecida do universo infanto-juvenil, pois se trata da personagem de uma animação da Nickelodeon. Nesse longa-metragem, Dora e a Cidade Perdida, um live action que acompanha um pedaço da infância e adolescência da menina que mora na selva, temos todos os possíveis clichês ou, se você preferir, ícones de filmes de aventura e caça aos tesouros representados de maneira divertida e leve.

Assim, com bastante descontração, os personagens vão sendo inseridos, e a justificativa para o “jeitinho” de Dora vai sendo apresentada ao público. A menina elétrica, saltitante e muito feliz tem a mania de cantarolar canções sobre tudo e para tudo que encontra em seu caminho. Quando pequena é a melhor amiga de seu primo, Diego, que logo é afastado dela quando os pais se mudam para a cidade. Ela se mantém na floresta completando seus estudos através de ensino domiciliar. Como ela sempre foi muito esperta, gosta muito de desbravar livros e foi educada solta na floresta, logo terá grandes desafios (e não estou falando sobre a vida na floresta).

Dora e a Cidade Perdida

Dora e a Cidade Perdida

Tendo em vista que os pais de Dora se veem diante de uma grande oportunidade (eles são estudiosos de arqueologia e fascinados por descobertas sobre os tesouros que o tempo escondeu do ser humano, como relíquias Egípcias, Maias, Incas, etc) de ir atrás de uma cidade perdida desbravar e buscar um grande tesouro, Dora precisa ir para a cidade de seu primo e adentrar o mundo escolar, pois até hoje, permaneceu em casa e na mata com seus amigos, os animais, entre eles um macaco muito perspicaz.

Dora consegue se meter em encrencas com muita facilidade e é quando visita junto com a escola um museu arqueológico que se sente em casa e acaba por se perder. Outros colegas acabam entrando nessa fria junto dela por um engano ou acaso e aí então que começa toda aventura. Ou todo o perigo.

Dora e a Cidade Perdida é um filme pra assistir em família ou entre amigos da escola (pois serve para várias idades) que te entrega diversão (com boas risadas) e entretenimento para o seu final de semana! Nos cinemas a partir de 14 de novembro.

Resenha crítica de Giovanna Landucci

Dora e a Cidade Perdida

Nome Original: Dora and the Lost City of Gold
Direção: James Bobin
Elenco: Isabela Merced, Eugenio Derbez, Michael Peña
Gênero: Aventura, Família
Produtora: Paramount Players
Distribuidora: Paramount
Ano de Lançamento: 2019
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar