Era Uma Vez em… Hollywood, Tarantino na área!

Era Uma Vez em… Hollywood, de Quentin Tarantino, revisita a Los Angeles de 1969 onde tudo estava em transformação, através da história do astro de TV Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) e seu dublê de longa data Cliff Booth (Brad Pitt) que traçam seu caminho em meio à uma indústria que eles nem mesmo reconhecem mais. O nono filme do diretor e roteirista conta então com um grande elenco e múltiplas histórias paralelas para fazer um tributo aos momentos finais da era de ouro de Hollywood.

Antes do filme começar, uma carta assinada pelo diretor pede ao público que não divulgue detalhes da trama para não atrapalhar a experiência de ninguém. Certamente, irei respeitar seu pedido e não darei spoilers. Portanto, o que posso dizer é que muito da trama foi inspirado por eventos reais da Hollywood dos anos 1960.

Era Uma Vez Em Hollywood
Brad Pitt e Leonardo DiCaprio

A ambientação do filme está sensacional. Cada cenário te transporta no tempo através de ruas, carros, figurinos. Até mesmo os cenários dentro dos cenários, tendo em vista que Rick Dalton é um astro das séries de TV de bang-bang. Há uma deliciosa sensação de nostalgia, mesmo para quem nasceu mais de 15 anos depois.

O 9º filme de Tarantino

Tarantino sabe o que seus fãs esperam de seus filmes, então você pode esperar encontrar boa parte de seus símbolos e fetiches. A trilha sonora, como sempre, é de arrasar com muitos clássicos do rock e do country, músicas cheias de swing, guitarras e teclados. Afinal, nada melhor para acompanhar as sequências em que Cliff Booth dirige o carrão de Rick Dalton por Los Angeles. Há ainda cenas de violência, diálogos irônicos e sagazes, e claro, pés femininos.

Mais da metade de Era Uma Vez em…. Holywood serve para nos apresentar seus personagens. Aqueles que nos levarão ao ápice da obra, um evento que marcou uma geração. Um acontecimento que trouxe terror àqueles que se sentiam seguros nas mansões da cidade dos anjos. Assim, temos o ator beberrão vivido por DiCaprio, seu fiel escudeiro e dublê (Pitt), e a linda e real personagem de Margot Robbie, Sharon Tate.

Portanto, a dica que eu dou para uma boa experiência nos cinemas assistindo ao novo filme de Tarantino é: esteja ciente de alguns fatos da época. Ou seja, é bom estar por dentro da Hollywood dos anos 1960. Afinal, Sharon Tate não é a única personagem oriunda de uma pessoa real que aparece no filme. Num universo onde não sabemos o que é real ou não, alguns nomes tem destaque, como Steve McQueen, James Stacy e Jay Sebring. Além deles, há algumas participações bem especiais como Mike Moh no papel de Bruce Lee. Esta é a segunda vez que o ator Damon Herriman interpreta o psicopata Charles Manson. A primeira vez foi na segunda temporada da série Mindhunter.

Era uma vez em Hollywood
Margot Robbie interpreta Sharon Tate

Leia aqui sobre Histórias Assustadoras para Contar no Escuro

Al Pacino também dá as caras no papel de um produtor endinheirado em busca de um astro americano para filmes italianos. Os famosos Western Spaghetti. Após uma sessão de westerns americanos com Rick Dalton, ele vê no ator grande potencial para estrelar em estúdios europeus. Rick tem lá suas dúvidas, o que cria uma crise em sua carreira. Destaque para a garotinha com o melhor discurso motivacional em um estúdio, Trudi (Julia Butters). Que menina fofinha!

Vocês sabiam que Pitt e DiCaprio nunca estiveram no mesmo filme antes? Ambos são tão talentosos e tão famosos! Brad Pitt brinca que havia uma ordem de restrição entre eles por conta de um namoro antigo. Em 1994 ele namorava com Gywneth Paltrow e depois que a moça terminou o relacionamento, foi vista passeando com Leonardo DiCaprio… porém, águas passadas.

Era Uma Vez em… Hollywood

Enfim, as quase três horas de filme passam numa boa e não chateiam. A obra diverte, entretém e nos faz pensar em vários “e se…” que poderiam ter acontecido. Acredito que Era Uma Vez em… Hollywood pode agradar até aqueles que não conhecem toda a obra de Quentin Tarantino. Mas também pode desapontar aqueles que esperam mais sangue e reviravoltas. No final, o balanço é positivo e traz uma bela homenagem ao mundo do cinema.

“Este é um filme único na filmografia de Quentin, e é o mais emocional”, afirma o produtor David Heyman. “De certa forma, ele está analisando suas influências e os filmes que ele amava, o período em que ele cresceu e aquilo que ajudou a moldá-lo – uma carta de amor para uma Hollywood que já não existe mais. Mas achei o roteiro muito emocionante. Sim, era engraçado. Sim, era arrepiante. Ainda assim, no fundo, é uma história muito afetuosa sobre uma amizade.”

O filme entra em cartaz no dia 15 de agosto.

Era Uma Vez Em Hollywood | Trailer Final Legendado | 15 de agosto nos cinemas

Era Uma Vez em... Hollywood

Nome Original: Once Upon a Time ... in Hollywood
Direção: Quentin Tarantino
Elenco: Leonardo DiCaprio, Brad Pitt, Margot Robbie, Emile Hirsch, Timothy Olyphant, Dakota Fanning, Al Pacino
Gênero: Comédia, Drama
Produtora: Bona Film Group, Heyday Films, Sony Pictures Entertainment (SPE), Visiona Romantica
Distribuidora: Sony Pictures
Ano de Lançamento: 2019
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar