François Truffaut – Uma Biografia do artista

De Antoine de Baecque e Serge Toubiana

François Truffaut – Uma Biografia explora a vida do cineasta François Truffaut, desde sua infância, até a sua morte. Truffaut nasceu na França, em 1932 e logo se interessou pelo cinema. Ele gostava especialmente dos filmes de Alfred Hitchcock.

Ele, junto com Jean-Luc Godard e Éric Rohmer, foi um dos principais nomes da Nouvelle Vague, um movimento de cinema francês que revolucionou tudo que foi produzido depois. Os filmes da Nouvelle Vague tinham produção relativamente simples, mas roteiros poderosos e montagens muito diferentes do que era usual. Eles também apresentavam tramas que conversavam com os jovens da época. Os temas estavam muito em voga nos anos 1960, como a liberdade sexual, a revolução jovem e a exaltação da juventude.

François Truffaut
François Truffaut

Ao longo da vida, Truffaut dirigiu mais de dez filmes, sejam eles títulos extremamente pessoais como a saga de Antoine Doinel e títulos um pouco mais comerciais, como A Noiva Estava de Preto. A Nouvelle Vague também foi a inspiração direta para o cinema americano da década de 1970, que apresentou nomes como Martin Scorsese e Francis Ford Coppola.

O livro François Truffaut – Uma Biografia

O livro de Antoine de Baecque e Serge Toubiana acompanha a carreira do cineasta e coloca o leitor dentro da criação e da produção dos filmes de Truffaut e automaticamente do surgimento da Nouvelle Vague. Mas a obra também tem bastante preocupação em falar sobre a vida pessoal de Truffaut. Seu início de vida foi turbulento, afinal foi abandonado pelo pai e rejeitado pela mãe e, por fim, acabou sendo criado pelos avôs maternos.

Mostra também o começo de sua paixão pelo cinema e pela literatura, fortemente influenciado pela avó, assim como sua amizade com Godard, Rohmer e André Bazin, crítico da revista Cahiers du cinema. Além disso, aprendemos um pouco mais sobre a relação de Truffaut e Jean-Pierre Léaud, o ator que deu vida a Antoine Doinel e que Truffaut tratava como um filho. O livro fala sobre o casamento de Truffaut e o nascimento de suas filhas e como o cineasta, que nunca tinha conhecido seu pai e passou a vida toda se sentindo abandonado, lidava com a paternidade.

Truffaut e Godard
Truffaut e Godard

François Truffaut – Uma Biografia é muito transparente em relação a vida amorosa de Truffaut. Fala sobre a sua paixão platônica não correspondida por Catherine Deneuve e sobre seu noivado com a atriz Claude Jade, com quem o cineasta acabou terminando um pouco depois. Claro que a briga com Godard também é um assunto que vem à tona e nem poderia ser diferente.

Aspectos técnicos

Parece natural que o livro chame a atenção principalmente de quem gosta do trabalho de Truffaut. Ou então de quem, pelo menos, gosta e se interessa por cinema. Mas isso não é completamente verdade. Claro que quem já conhece o legado do cineasta e da Nouvelle Vague vai circular melhor no livro, porque vai reconhecer filmes, livros e nomes, mas a história de vida de Truffaut e, consequentemente, sua carreira, é muito interessante. Por isso, o livro também pode agradar quem não é especialmente fã do diretor.

A leitura é bem fácil e prazerosa, embora o livro seja grande. Justamente porque a vida de Truffaut é interessante e porque o livro tem muitas informações. Além de muitas informações, o livro também com um monte de fotos, que também cobrem a carreira e a vida pessoal do cineasta.

Truffaut e Jean-Pierre Léaud
Truffaut e Jean-Pierre Léaud

François Truffaut – Uma Biografia certamente vai agradar quem gosta de cinema e de Nouvelle Vague, mas também é uma leitura incrível para qualquer pessoa que se interesse por uma grande história de vida.

Nome Original: François Truffaut - Uma Biografia
Autor: Antoine de Baecque e Serge Toubiana
Editora: Record
Gênero: Biografia
Ano: 1996
Número de Páginas: 584

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar