O Jovem Lennon, de Jordi Sierra i Fabra

A juventude de um ídolo

O Jovem Lennon é o livro que acompanha a vida de John Lennon dos 14 aos 18 anos, retratando seus conflitos com sua mãe e sua tia, o começo de seu interesse por música, as primeiras formações de bandas das quais ele fez parte e a amizade com Paul McCartney.

Uma vida romantizada

Existe uma série de obras, tanto na literatura, quanto no cinema, que retratam a vida de John Lennon, que inclusive trazem muito mais informação e que abrangem a vida toda do artista, mas então, o que O Jovem Lennon tem de tão diferente?

O livro de Jordi Sierra i Fabra é escrito de maneira romantizada, então, o leitor tem a sensação de que está lendo uma história ficcional, embora esteja lendo sobre a vida real de Lennon e de outras pessoas que fizeram parte da vida do biografado.

John Lennon quando adolescente
John Lennon quando adolescente

A ideia é bem interessante porque coloca o leitor, que muito possivelmente é um fã de Lennon, dentro da vida do Beatle e faz com que ele viva o que Lennon viveu. É quase como se assistíssemos tudo do ponto de vista dele. O Jovem Lennon também é uma obra diferente, que explora uma história já relativamente conhecida de outra maneira.

É óbvio, no entanto, que algumas das coisas presentes no livro muito possivelmente são romanceadas demais, já que o autor reconstrói até diálogos que seriam impossíveis de serem reprisados com total precisão.

A importância de John Lennon

Outro ponto alto de O Jovem Lennon é justamente ressaltar a importância do artista, normalmente considerado o membro mais famoso dos Beatles. No livro, a banda ainda nem existe e Lennon ainda não é famoso, mas o leitor sabe que uma vez que sua adolescência é digna de nota, ele, portanto, se tornou um homem importante.

O livro é narrado do ponto de vista de Lennon
O livro é narrado do ponto de vista de Lennon

A adolescência de Lennon aqui é retratada como um caminho e uma preparação para o que ele iria se tornar e, como quando lemos o livro já sabemos o que ele se tornou, a sua jornada se torna interessante.

Claro que seria mais interessante se o livro também abordasse a juventude de todos os integrantes dos Beatles, mas isso tornaria a obra bem maior e como Lennon é comumente citado como o mais conhecido, talvez focar especificamente nele chame mais atenção para a obra e faça com que ela tenha leitores para além dos fãs dos Beatles.

A adolescência de Lennon é importante porque é um caminho para o que ele iria se tornar
A adolescência de Lennon é importante porque é um caminho para o que ele iria se tornar

O Jovem Lennon

A leitura é fácil e rápida e qualquer pessoa gosta de se sentir na pele de seu ídolo, ou de alguém famoso e importante. Por isso, o Jovem Lennon é um livro que se sobressai ante outras biografias, até mas informativas, sobre Lennon.

O Jovem Lennon é, obviamente, uma ótima pedida para os fãs de John Lennon e dos Beatles, mas pode agradar outras pessoas que se interessam por música ou pela vida de pessoas famosas e importantes. O livro mostra a relevância de Lennon – e eventualmente de seus colegas de banda -, através das próprias ações e pensamentos do biografado e assim, soa mais realista e verdadeiro.

Nome Original: O Jovem Lennon
Autor: Jordi Sierra i Fabra
Editora: Nova Alexandria
Gênero: Música, Biografia, Young Adult
Ano: 1988
Número de Páginas: ‎ 176

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar