O Lobo Atrás da Porta – Suspense nacional

Sobre amor, traição e vingança

Em O Lobo Atrás da Porta, Clara (Isabelle Ribas) desaparece da escola sem deixar rastros. Seus pais, Bernardo (Milhem Cortaz) e Sylvia (Fabiula Nascimento) são chamados à delegacia para serem interrogados pelo delegado (Juliano Cazarré).

Não demora muito para que ele descubra que Bernardo mantém um caso com Rosa (Leandra Leal) e logo a moça também é chamada para depor. A trama que vai se formando então, envolve amor, traição e vingança.

O Lobo Atrás da Porta se constrói no suspense e faz isso através dos pontos de vista diferentes que apresenta. O filme já começa na delegacia, onde Sylvia e Bernardo estão desesperados porque não sabem nada da filha, Clara. A única pista que o delegado tem é que alguém que disse se chamar Sylvia e que a menina conhecia, buscou Clara na escola.

Rosa e Bernardo
Rosa e Bernardo

O Lobo Atrás da Porta

Logo nos primeiros depoimentos somos apresentados à versão de alguns fatos da mãe e do pai. Assim, não demora para que Bernardo revele que vinha mantendo um caso com Rosa, mas que não era nada sério. Rosa rapidamente é chamada na delegacia e dá a sua própria versão dos fatos.

O que chama a atenção, no entanto, é que cada um conta uma versão diferente, que ou faz mais sentido para aquela pessoa ou a favorece de alguma maneira e o telespectador fica sem saber exatamente o que aconteceu.

Através dos depoimentos de Bernardo, Sylvia e Rosa podemos entender como era o casamento de Bernardo e Sylvia, como ele conheceu Rosa e como o caso dos dois começou. E certamente, fazer as nossas previsões sobre o que aconteceu com Clara.

O filme apresenta a história de três pontos de vista diferentes
O filme apresenta a história de três pontos de vista diferentes

Uma tragédia carioca

Este longa bebe muito na fonte de Nelson Rodrigues, sua trama é por si só bem parecida com as tramas que fazem parte de livros como A Vida Como Ela É e tem vários elementos no texto que aumentam essa sensação. A trama ronda em torno de questões como casamento, amor, traição e vingança, que são os temas bases para quase todas as obras de Nelson Rodrigues.

Até a estrutura do longa nos remete às tramas de Nelson, já que apresenta uma esposa, um marido, uma amante e um delegado – que como nas histórias de Nelson, não tem nome próprio – e se passa basicamente na delegacia.

Os personagens também parecem ser planos, e se encaixarem em estereótipos muito claros e já batidos, como o marido adúltero, a amante vingativa e a esposa compreensiva. Mas, com o tempo, vamos percebemos que não é bem assim, uma vez que cada um deles vai mostrando outra face ao longo do filme.

Leandra Leal em cena do filme O Lobo Atrás da Porta
Leandra Leal em cena do filme

No entanto, o filme apresenta ideias novas, quando os interrogados começam a falar a verdade, e o telespectador pode ir tecendo sua própria teoria. E, embora ela não seja completamente impossível de se imaginar, ela ainda é surpreendente.

Aspectos técnicos de O Lobo Atrás da Porta

O filme se apoia muito no seu roteiro e no suspense que a trama consegue reproduzir. Um dos pontos mais interessantes é que ele é praticamente narrado de três pontos de vista diferentes e que muitas vezes, essas histórias se contradizem. Isso dá a chance para o público de criar a sua própria teoria sobre o sumiço de Clara.

A produção é simples, mas funciona. O longa tem poucos cenários, já que boa parte dele se passa na delegacia e o resto, que são os flashbacks que contam a história que os levou até aquele momento, se passam na maioria das vezes na rua.

O Lobo Atrás da Porta parece trabalhar só com esteriótipos, mas depois se modifica
O Lobo Atrás da Porta parece trabalhar só com esteriótipos, mas depois se modifica

A produção consegue transmitir muito bem quem são aquelas pessoas, pelas roupas e pelas maneiras com que elas se comportam e reagem ao que lhe acontece. O filme também não tem uma data muito demarcada, não vemos muita tecnologia e os figurinos não nos remetem diretamente a nenhuma época específica, o que dá a ideia de que aquela é uma história que pode acontecer em qualquer época.

Isso aproxima ainda mais o longa das obras de Nelson Rodrigues, que embora escritas nas décadas de 1940, 1950 e 1960, são histórias atemporais, que ainda falam com os dias de hoje.

O elenco

O elenco também se sai bem, transmitindo muita emoção em grande parte das cenas. Os grandes destaques são Fabíula Nascimento, que aparece pouco, mas está muito bem e Leandra Leal, que carrega o filme praticamente nas costas.

O Lobo Atrás da Porta é um filme que segura seu telespectador no suspense e na curiosidade, deixando-o imerso na trama. Mesmo sem ser extremamente inovador, ainda é surpreendente, e se desenrola de uma maneira interessante e bem pensada.

O Lobo Atrás da Porta

Nome Original: O Lobo Atrás da Porta
Direção: Fernando Coimbra
Elenco: Leandra Leal, Milhem Cortaz, Fabíula Nascimento, Thalita Carauta, Juliano Cazarré
Gênero: Drama, Policial, Suspense
Produtora: Gullane Filmes, TC Filmes, Cabral Films
Distribuidora: Imagem Filmes
Ano de Lançamento: 2013
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar