Os Irmãos Cara-de-Pau – Um cult divertido

Joliet Blues (John Belushi) acaba de sair da cadeia em liberdade condicional e fica sob a responsabilidade de seu irmão, Elwood (Dan Aykroyd). Os dois resolvem voltar para o orfanato onde foram criados e descobrem que o local vai fechar em breve, porque deve uma grande quantia em impostos.

Como maneira de se redimir, os dois resolvem arrecadar o dinheiro em questão, e de maneira honesta. Para isso, ressuscitam a antiga banda de blues que costumavam ter, e planejam fazer um show para conseguir o dinheiro que o orfanato precisa.

Joliet e Elwood saem em busca dos antigos colegas de banda, mas no meio do caminho encontram ex-namoradas furiosas, perseguições policiais, uma gangue de neonazistas, entre outras coisas.

Joliet e Elwood - Os Irmãos Cara de Pau
Joliet e Elwood

A origem de Os Irmãos Cara-de-Pau

Os personagens Joliet e Elwood Blues foram originalmente criados por Dan Aykroyd e John Landis para o programa de comédia Saturday Night Live.

A atração era uma sketch musical que acompanhava os dois irmãos criados em um orfanato e que aprenderam a tocar e cantar blues com um zelador do local chamado Curtis e que formaram uma banda.

Os dois comediantes chegaram a, de fato, criarem uma banda chamada The Blues Brothers, composta por eles dois e por uma série de outros músicos.

O filme conta com várias participações especiais
O filme conta com várias participações especiais

Em 1978, Belushi estava fazendo sucesso não só no Saturday Night Live, como também com o filme Clube dos Cafajestes, o que levou ele e Aykroyd a pensarem que seria uma boa ideia transformar seu quadro em um filme de longa duração. Aykroyd, no entanto, nunca tinha escrito um roteiro – ou sequer lido um – e por isso escreveu a história pregressa dos personagens em forma de anotações, entregando um trabalho de mais de trezentas páginas, que mais tarde foi reescrito e se tornou o roteiro do filme.

A trama

A trama de Os Irmãos Cara-de-Pau é relativamente simples, e traz à tona aspectos da história original criada para o quadro semanal. Joliet sai da cadeia em liberdade condicional e reencontra seu irmão, Elwood. Eles retornam ao orfanato onde cresceram e descobrem que o lugar, muito possivelmente, vai fechar porque tem uma dívida muito grande.

Os dois irmãos sentem que devem ajudar, pois lá foi onde eles aprenderam a cantar e tocar blues. Assim, oferecem dinheiro roubado para as freiras que trabalham lá, mas elas não aceitam. Joliet então, tem uma epifania e conclui que eles devem reunir sua antiga banda e fazer um show para arrecadar dinheiro para o orfanato, dessa maneira eles ajudam o lugar e se redimem ao mesmo tempo.

O longa é inspirado em uma sketch musical do programa Saturday Night Live
O longa é inspirado em uma sketch musical do programa Saturday Night Live

O longa então, se ocupa em acompanhar os dois protagonistas enquanto eles procuram os antigos integrantes da banda, e claro, encontram uma série de problemas pelo caminho. Os Irmãos Cara-de-Pau foi pensado como um longa, com cenas que se conectam entre elas mas, em muitos momentos, ele soa como várias esquetes que foram colocadas juntas.

A ideia não parece ser “fazer um filme com uma história realista e personagens que soem como pessoas reais”, mas sim construir um universo quase fantasioso, onde coisas um tanto absurdas, embora engraçadas, acontecem. Isso não é um problema, já que o filme é inspirado no quadro de comédia do Saturday Night Live, e que o estilo é mais ou menos o mesmo do programa, que é exatamente o que os fãs querem ver.

Participações especiais

O que chama bastante atenção são as participações especiais de vários artistas. Enquanto Joliet e Elwood procuram recriar sua banda, eles se deparam com pessoas e situações que são bizarras e engraçadas ao mesmo tempo e esses momentos são salpicados com a presença de alguns músicos famosos.

Dan Aykroyd e John Belushi em cena do filme Os Irmãos Cara de Pau
Dan Aykroyd e John Belushi em cena do filme

Entre as pessoas que tem pequenas pontas no filme estão James Brown, Aretha Franklin, Ray Charles, Lou Marini, Alan Rubin, John Lee Hooker e até a atriz Carrie Fisher, que na época namorava Aykroyd.

Os músicos que aparecem geralmente apresentam um número musical que se enquadra na trama, mas que ainda faria sentido se estivesse sozinho. Eles, na verdade, fazem apenas pontas e, embora sejam as estrelas das suas próprias cenas, não roubam o protagonismo de Aykroyd e Belushi. As participações, no entanto, são interessantes e divertidas e deixam essa grande comédia ainda mais engraçada.

As músicas

As músicas que fazem parte da trilha sonora não foram compostas para o filme e são hits que geralmente fazem parte do repertório de big bands, que é exatamente o que o filme emula.

Os Irmãos Cara-de-Pau é uma mistura de comédia e musical
Os Irmãos Cara-de-Pau é uma mistura de comédia e musical

A trilha é composta por músicas como Gimme Some Lovin, Shake a Tail Feather, Everybody Needs Somebody to Love, Think, Minnie the Moocher e Sweet Home Chicago. Alguns números musicais acontecem no palco, durante apresentações da banda, e outros fazem parte da trama do filme, como as cenas de Ray Charles e Aretha Franklin. No entanto, os números não empurram a trama para frente, uma vez que eles não refletem sentimentos ou pensamentos dos personagens.

Todo o conteúdo de Os Irmãos Cara-de-Pau parece ser feito com a intenção de ser dividido em várias pequenas sketchs, o que remete à ideia original do quadro no Saturday Night Live. Isso acontece também com os números musicais, que não contam uma história maior através deles e são retratados, na maioria das vezes, como pequenas apresentações que funcionam no filme, mas também podem muito bem serem assistidos separados.

Nesse sentido, o filme é ótimo para quem não é tão fã do gênero musical, já que aqui, a música é um dos assuntos principais. Mas os números musicais são sempre pincelados com comédia e danças divertidas, que deixam o filme bem próximo do gênero da comédia.

O longa é repleto de momentos bizarros e divertidos
O longa é repleto de momentos bizarros e divertidos
Aspectos técnicos

Os Irmãos Cara-de-Pau tem um roteiro simples, mas que opera muito bem. O longa não esquece suas origens, pois, embora a trama tenha sentido e linearidade, as cenas separadas também fariam sentido. A ideia é agradar os fãs da sketch original, mas o longa agrada qualquer pessoa que goste de comédia ou música.

O filme é, de fato, muito divertido, mesmo que não tenha um humor óbvio, com muitas piadas. A graça é acompanhar os dois irmãos enquanto eles viajam pelos Estados Unidos em busca de sua antiga banda e se deparam com situações estranhas e pessoas bizarras.

A produção é grande, mas o filme soa simples, quase como se tivesse sido feito com o que se tinha na mão. Os figurinos dos protagonistas são os clássicos ternos e óculos escuros, que eles usam durante o filme todo. Os outros personagens usam roupas simples e, como a maioria só aparece uma vez, não existe nenhuma troca de figurino.

A impressão de simplicidade, no entanto, é falsa, uma vez que o filme manteve o recorde de maior número de carros destruídos por dezoito anos – sendo superado apenas pela sua continuação Os Irmãos Cara-de-Pau 2000 e, mais tarde, por G.I. Joe – A Origem de Cobra -, e que o orçamento, na verdade, foi bem grande.

Os números musicais parecem videoclipes
Os números musicais parecem videoclipes

O filme tem dois grandes chamarizes: o elenco e os números musicais. O elenco é composto por grandes nomes da música, fazendo ótimas participações especiais, quase como uma grande homenagem ao gênero do blues. John Belushi e Dan Aykroyd interpretam dois criminosos mal-humorados que são muito carismáticos e de quem o público se afeiçoa rapidamente.

Os números musicais, que funcionam quase como pequenos videoclipes, são em sua maioria maravilhosos, as músicas são ótimas, as danças muito divertidas e as performances incríveis, inclusive dos próprios Aykroyd e Belushi.

Repleto de ótimos números musicais, Os Irmãos Cara-de-Pau mistura comédia e musical, ao mesmo tempo que homenageia todo um gênero e diverte praticamente toda a audiência.

The Blues Brothers Official Trailer #1 - Dan Aykroyd Movie (1980) HD

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar