Peaky Blinders: Sangue, Apostas e Navalhas

Uma das melhores séries contemporâneas, que quase ninguém está comentando

Baseada em um conto épico de uma família gângster, Peaky Blinders é ambientado em Birmingham, na Inglaterra, em 1919, logo após a Primeira Guerra Mundial (indo até 1929 na temporada mais recente). A produção criada por Steven Knight para a BBC, conta até o momento com cinco temporadas de 6 episódios cada, disponíveis por completo na Netflix.

Com um estilo visual arrojado e uma trilha sonora impecável (que vai The White Stripes, Radiohead, PJ Harvey, passando por Arctic Monkeys, David Bowie até o tema marcante de abertura com Nick Cave & The Bad Seeds), a série geralmente mantém um único diretor por temporada (que estabelece sua identidade) e um roteiro redondo, quase sem furos, repleto de escala de gravidade, senso de entretenimento e fatos históricos de seus respectivos períodos.

Cillian Murphy em cena de Peaky Blinders
Cillian Murphy em cena

Peaky Blinders

Apreciadores de Tony Soprano ou Walter White vão se cativar de imediato por Tommy Shelby, líder natural dos malditos Peaky Blinders. A gangue existiu na vida real, mas aqui ganha contornos fictícios em favor da narrativa inventiva de Knight. O protagonista, interpretado por Cillian Murphy, neste que é o melhor papel de sua carreira, é um homem ambicioso descendente dos ciganos, que começa com os pés na lama, passando por jogos e apostas, sujando as mãos de sangue, até alcançar o palanque político.

Frio e calculista, seu personagem ganha brilho próprio e mesmo que jamais tenha atos limpos, muitas de suas ações são nobres, ainda que por meio escusos. A família Shelby conta com outras inúmeras figuras marcantes, mas vale destacar aqui Arthur, o irmão mais velho, incapaz de controlar sua fúria; Polly, a tia do quinteto e tesoureira da gangue, que não só guarda grande sabedoria, como balança moral para sustentar as grandes decisões; e Ada Thorne, uma das irmãs, que começa a flertar com o comunismo.

Tom Hardy

Muitas estrelas

Trazendo ainda grandes nomes de Hollywood em papéis magníficos, a série destaca vários atores da TV e do cinema, entre eles vale ressaltar Sam Neill, como um comissário de polícia que cria uma rixa pessoal com o protagonista; Tom Hardy, como um padeiro judeu que troca de lados sempre que lhe convém; Adrien Brody interpretando um mafioso italiano em busca de vingança; Aidan Gillen como um cigano de uma facção perigosa; e Sam Claflin, surpreendendo como Oswald Mosley, figura real e um dos principais antagonistas da série. Ele foi um dos principais líderes da extrema-direita fascista da Inglaterra e também um ativista contra a participação britânica no início da Segunda Guerra Mundial, tendo sido fundador da União Britânica de Fascistas; entre outros inúmeros personagens igualmente interessantes.

A cada temporada, os Peaky Blinders tem de lidar com um tipo de inimigo. Assim, vão desde o IRA (o Exército Republicano Irlandês), passando pela máfia italiana, chinesa e russa, até os americanos e os Billy Boys /fascistas. A última temporada gera um reflexo assustador do momento atual global, principalmente no Brasil. A trama vai sempre caminhando em paralelo com momentos históricos, como os ecos pós-Primeira Guerra, a Lei Seca, a Queda da Bolsa de Valores (e portanto, a Grande Depressão), indo até o abismo da Segunda Guerra (a ideia do criador é terminar a série na sétima temporada, quando então a última grande guerra começaria).

Sam Neill em Peaky Blinders
Sam Neill

Vale a pena!

Com reviravoltas surpreendentes, mortes inesperadas e questões como a deterioração da saúde mental, a trama aborda diversos temas de maneira orgânica em seu enredo, sem deixar a câmera lenta de lado, o fogo das fornalhas e os corpos boiando.

Com alto valor de produção, texto riquíssimo e forte elenco, Peaky Blinders é fácil uma das melhores séries do momento, que precisa ser descoberta pelo grande público, preso a sucessos do passado e que estão em busca de narrativas de qualidade. Inclusive a de figuras tão torpes, quanto os desgraçados e malditos Peaky Blinders!

Peaky Blinders

Nome Original: Peaky Blinders
Elenco: Cillian Murphy, Paul Anderson, Helen McCrory, Sophie Rundle, Ned Dennehy
Gênero: Crime, Drama
Produtora: BBC
Disponível: Netflix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar