Tudo por um Pop Star

Um filme que fala diretamente com os adolescentes

Manu (Klara Castanho), Gabi (Maísa Silva) e Ritinha (Mel Maia) são melhores amigas desde crianças e são apaixonadas pela boy band Slavabody Disco Disco Boys. Um dia, as três descobrem que a banda está vindo para o Brasil fazer um show no Rio de Janeiro, e agora elas precisam dar um jeito de sair de pequena cidade aonde moram, conseguir os ingressos e claro, ir ao show.

Desde que o mundo é mundo existem adolescente fanáticas por jovens músicos. Isso aconteceu com o Elvis nos anos 50, com os Beatles na época da Beatlemania, com os Backstreet Boys nos anos 90 e mais recentemente, com o quinteto inglês One Direction, e é por isso, que Tudo Por um Pop Star tem uma premissa muito fácil de se identificar. Qualquer pessoa que for assistir ao filme, já gostou ou gosta de alguma banda e vai facilmente se reconhecer no fanatismo das três protagonistas.

Público alvo

Tudo Por um Pop Star é a terceira adaptação de um livro da carioca Thalita Rebouças (É Fada! e Fala Sério, Mãe!), famosa por escrever para o público adolescente e é exatamente isso que vemos nesse filme.

Klara Castanho, Maísa Silva e Mel Maia em cena de Tudo por um Pop Star
Klara Castanho, Maísa Silva e Mel Maia em cena de Tudo por um Pop Star

O filme não esquece em momento algum que é voltado para os adolescentes, então, as piadas são feitas para eles, assim como os momentos divertidos e emocionantes, por isso, em muitos momentos, o longa se parece com aqueles filmes americanos para adolescentes, o que não é de maneira nenhuma ruim. O cinema brasileiro cresce a cada dia e abrange gêneros que antes não existiam. É muito legal que a gente possa ter um tipo de filme que seja especificamente voltado para o público jovem, e que isso atraia mais adolescentes para o cinema nacional, como os filmes inspirados nos livro de Thalita parecem fazer.

Mesmo tendo em comum o gênero, o filme não é americanizado e nem tem aqueles ganchos que só fazem sentido em filmes norte americanos que às vezes corremos o risco de repetir. Tudo por um Pop Star soa como um filme que se passa no Brasil, com costumes e gírias aqui do Brasil, o que é muito legal.

O livro foi publicado em 2003, mas o filme se passa nos dias de hoje e, por isso, fez algumas adaptações, como por exemplo, a ideia de colocar um Youtuber (interpretado por Felipe Neto), que não está no texto original, mas que faz todo sentido dentro do filme, e moderniza o conteúdo do livro para o público dos dias de hoje.

O filme conta a história de três amigas que querem ir ao show de sua banda favorita

A Amizade que faz tudo por um pop star

Embora a boy band seja a motivação das meninas e faça a história ir para frente, o tema do filme é, no fundo, a amizade e esse é mais um ponto interessante. Não existe interesse romântico para nenhuma das meninas, além dos meninos da boy band, o filme não perde tempo em namoros e romances, mas ressalta a amizade entre as três como sendo a coisa mais importante que elas têm.

Em meio a tudo isso, o filme ainda arranja um tempinho para falar muito rapidamente da ideia que se repete constantemente de que as bandas voltadas para o público jovem são necessariamente ruins, embora muitos artistas solos respeitados dos dias de hoje tenham começado sua carreira em boy bands que não eram levadas a sério.

O elenco

O elenco é repleto de estrelas jovens, que tem a potência de atrair ainda mais público para a sala de cinema e que se saem muito bem nos seus papeis. O trio de protagonistas, interpretadas por Klara Castanho, Maísa Silva e Mel Maia parecem terem encarnado suas personagens e tem muita química, portanto é muito fácil acreditar que elas são amigas de verdade. Já no elenco adulto, temos Giovanna Lancelotti, como a prima mais velha e hipponga de Manu, que fica encarregada de levar as meninas ao show, e que também está muito natural e muito divertida no papel. Também é legal dizer que o filme tem cenas onde as próprias meninas cantam.

Felipe Neto em cena de Tudo por um Pop Star
Felipe Neto em cena de Tudo por um Pop Star

Tudo por um Pop Star mira no público adolescente, e faz isso muito bem, mas também acerta nos adultos que eventualmente estarão acompanhando seus filhos ou sobrinhos e que vão conseguir se lembrar da época que eles mesmos fariam exatamente o que as personagens do filme fazem.

Tudo por um Pop Star entra em cartaz no dia 11 de outubro.

Tudo por um Pop Star

Nome original: Tudo Por Um Pop Star

Elenco: Klara Castanho, Maisa Silva, Mel Maia, João Guilherme, Giovanna Lancellotti, Felipe Neto

Direção: Bruno Garotti

Gênero: Comédia, Família

Produtora: Panorâmica

Distribuição: Downtown e Paris Filmes

Tags

Fernanda Cavalcanti

Formada em cinema, apaixonada por literatura, divide seu tempo livre entre ler, escrever e dançar. Gosta especialmente de terror, mas lê/assiste de tudo. Também escreve para o blog Além da Toca do Coelho.

Matérias Relacionadas

Close