Um Tio Quase Perfeito 2 – A luta pelos sobrinhos

Tony (Marcus Majella) é adorado por seus sobrinhos Patricia (Julia Svacina), João (João Barreto) e Valentina (Soffia Monteiro) e os quatro passam bastante tempo juntos. Até que Angela (Letícia Isnard), irmã de Tony e mãe das crianças, apresenta seu noivo, Beto (Danton Mello), à família.

Beto parece ser o homem perfeito e as crianças o amam, o que faz com que Tony morra de ciúmes. Agora ele vai fazer de tudo para impedir o casamento de sua irmã e se manter como o favorito dos sobrinhos.

Angela, Beto e as crianças
Angela, Beto e as crianças

Tony – Um Tio Quase Perfeito

No primeiro filme, Tony é apresentado como um trambiqueiro que vive com a mãe (Ana Lúcia Torre) e mal tem contato com a irmã e os sobrinhos. A história acontece quando Angela precisa viajar e deixa os três filhos com Tony, que começa a se acostumar e se afeiçoar às crianças e repensar as próprias escolhas de vida.

Nesse segundo filme, Tony já não mais participa de trambiques e não consegue mais viver sem seus sobrinhos. Logo no começo do filme, acompanhamos várias cenas do tio com cada uma das crianças, onde eles fazem atividades divertidas, brincam e conversam. Diferentemente do filme anterior, onde Tony se sentia desconfortável perto das crianças, agora eles são uma família.

Um Tio Quase Perfeito 2 constrói esse ambiente familiar só para logo depois nos apresentar a Beto, o noivo de Angela, que já é conhecido – e aparentemente amado – pelas crianças, mas não conhece Tony. Quando Tony conhece Beto e nota que não só sua irmã, mas também sua mãe e seus sobrinhos, estão completamente apaixonados pelo homem, ele sente um ciúme inexplicável e resolve sabotar o casamento dela.

Marcus Majella em cena do filme Um Tio Quase Perfeito 2
Marcus Majella em cena do filme

Beto

Já Beto, durante boa parte do filme, se mostra quase o oposto de Tony. Ele é simpático, divertido, atlético, rico e muito paciente. Logo que se conhecem, ele leva Tony e as crianças à uma casa enorme, com piscina e cheia de luxos, da qual o protagonista zomba o tempo todo, embora fique claro que ele está com inveja.

Tony arma uma série de planos para “desmascarar” Beto, que ele acredita ser uma farsa. Ele fala mal dos seus pratos veganos, persegue Beto pela cidade na expectativa de descobrir algum segredo e coloca minhocas nos produtos da loja do cunhado. Todas as tentativas, no entanto, dão errado e Beto sempre sai melhor do que entrou.

Um Tio Quase Perfeito 2 é muito mais focado na briga entre os dois homens do que na relação de qualquer um deles com as crianças ou com Angela, embora essas relações sejam o combustível para que a guerra comece. E nessa briga, tanto Tony, que é o tio querido, quanto Beto, que parece ser o homem ideal, vão mostrar os seus piores lados.

Tony
Tony

Aspectos técnicos de Um Tio Quase Perfeito 2

Boa parte da graça do filme está baseada na dinâmica entre Tony e Beto e, de certa maneira, ela funciona. A princípio, os dois parecem completamente opostos e como assistimos ao filme do ponto de vista de Tony, sentimos a competição que Beto – o noivo perfeito, adorado pelas crianças – representa. A trama soa simples, mas se segura até o final do filme e rende algumas risadas.

É claro que o longa tem alguns momentos bem absurdos e sem sentido, que poderiam ter sido melhor trabalhados no roteiro, como por exemplo, quando Beto e Angela discutem sobre Tony na frente do organizador do casamento. O personagem do organizador é divertidíssimo, mas a cena em si não é nem um pouco realista.

Um Tio Quase Perfeito 2 tem momentos divertidos
O filme tem momentos divertidos

A produção tem boas atuações, e a maior parte do elenco consegue trazer à tona o mesmo personagem que interpretou no primeiro filme. Júlia Svacinna se sai bem e apresenta uma personagem bem carismática, Danton Mello também funciona no seu papel e Marcus Majella é divertido e é o grande destaque do longa. A química entre Marcus e Danton também é boa e a guerra entre os dois personagens rende bons momentos.

De maneira geral, Um Tio Quase Perfeito 2 é um filme divertido, que funciona como um bom entretenimento. O longa tem alguns problemas de roteiro e algumas situações que exigem bastante suspensão de realidade do público, mas ele é engraçado e cumpre o papel de ser um filme para a família, onde se pode esquecer os problemas por algum tempo. O filme entra em cartaz no dia 18 de fevereiro.

Um Tio Quase Perfeito 2 | Breve Exclusivamente nas Plataformas Digitais

Um Tio Quase Perfeito 2

Nome Original: Um Tio Quase Perfeito 2
Direção: Pedro Antonio Paes
Elenco: Marcus Majella, Danton Mello, Júlia Svacinna, João Barreto, Letícia Isnard
Gênero: Comédia
Produtora: Sony Pictures, Globo Filmes, Morena Filmes
Distribuidora: H2O Films
Ano de Lançamento: 2020
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar