A Maldição da Chorona, um clichezão do terror

O produtor James Wan apresenta A Maldição da Chorona, que dá vida à icônica lenda latino-americana em um filme de horror bem parecido com vários outros que já assistimos antes. Em uma curta introdução, conhecemos um pouco da origem do folclore, em 1673. Um garotinho de uma família antes feliz, presencia sua mãe afogar seu irmão nas águas de um rio no México.

Então, rapidamente estamos na Los Angeles de 1973 e vamos conhecer a família de Anna (Linda Cardellini). Recém viúva, a moça é multi-tarefa em casa e trabalha no Conselho Tutelar. Tem um filho que brinca de ser policial como o falecido pai e uma filha que gosta de bonecas. Mesmo com o chefe pegando no seu pé por conta de atrasos e descuidos, Anna não abre mão do caso de Patricia Alvarez (Velasquez), cujos filhos andam faltando à escola.

Anna e seus filhos em A Maldição da Chorona
Anna e seus filhos

A Maldição da Chorona

Anna encontra os dois meninos pequenos trancados num armário, e interpreta os esforços daquela mãe aterrorizada tentando mantê-los em segurança como um perigoso sinal de maus-tratos. Entretanto, sem saber do verdadeiro perigo que está enfrentando, ela causará uma devastação quando resolve internar a mãe das crianças e tirá-las de sua guarda para protegê-los.

Após uma tragédia anunciada e ignorada por Anna, agora ela e seus filhos que estão no alvo do espírito chorão. Mas não foi por falta de avisos. Mesmo cética, afinal ela procura pelo padre Perez, o mesmo de Annabelle. Mas este diz que sua única esperança se dará com um curandeiro. Mais ou menos como se dissesse: “Olha, essa maldição é mexicana, não podemos fazer nada. Melhor você ver com o povo de lá”.

Raymond Cruz é o curandeiro durão
Raymond Cruz é o curandeiro durão

Assim, após muitas mancadas com os filhos por pura falta de diálogo, Anna e as crianças se unem ao curandeiro para tentar afastar de vez o mal que os assombra. Com certeza você verá muitas luzes que piscam, águas que pingam, e momentos em que a tal da Chorona poderia muito bem levar logo a criança embora, mas não, prefere só assustar e voltar mais tarde.

Trama que não convence

Com pouquíssimas sequências interessantes, o destaque vai para a cena da menininha com o guarda-chuva na beira da piscina. Mas o restante é repleto de clichês e atuações um tanto caricatas. Gosto muito da Linda Cardellini, inclusive achei irônico sua filha assistir Scooby Doo na TV (Linda fez papel de Velma no cinema), mas ela não se destaca neste filme. As crianças também não chamam atenção. Na verdade, é o curandeiro durão e espertinho quem mais arranca algo do público: risadas.

Sustos já esperados em A Maldição da Chorona
Sustos já esperados

Num misto de tudo que já vimos em outros filmes antes, A Maldição da Chorona não inova em nada, e para piorar, tem um título que não passa credibilidade, muito menos terror. Também tenta, de forma fraca, inserir o longa no universo de Invocação do Mal, a franquia de sucesso dos últimos tempos. A própria origem da lenda é sem graça. Uma moça traída, com ódio, afoga seus dois filhos e depois se mata no mesmo rio. Gente, por que não afogou o marido? Viveria em paz com as crianças.

O filme perde potencial por repetir tantos clichês. A aberração é super parecida com A Freira, praticamente o mesmo espírito, com uma roupa diferente. Eu adoro filmes de terror, mas confesso que esse me deu um pouco de tédio. Sugiro que vocês assistam com seus próprios olhos e tirem as suas conclusões. E claro, comentem aqui com a gente. A Maldição da Chorona entra em cartaz hoje, dia 18 de abril.

Bônus: existe um filme de 1963 com o mesmo título, será que é melhor?

A Maldição da Chorona

Nome Original: The Curse of La Llorona
Direção: Michael Chaves
Elenco: Linda Cardellini, Raymond Cruz, Patricia Velasquez, Marisol Ramirez, Jaynee-Lynne Kinchen, Roman Christou
Gênero: Horror, Mistério, Thriller
Produtora: Atomic Monster, New Line Cinema
Distribuidora: Warner Bros.
Ano de Lançamento: 2019
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar