A Profecia, o livro que deu origem ao filme de 1976

Em A Profecia, Jeremy e Katherine Thorn são um jovem casal prestes a se tornarem pais. Na noite do parto, no entanto, o bebê morre logo após nascer. Então, o padre Spillietto sugere que Jeremy fique com um bebê que foi abandonado no hospital.

Jeremy está desesperado, e como é a terceira gravidez mal sucedida de Katherine, ele aceita a proposta. E, claro, não conta para a esposa o que aconteceu.

Eles batizam a criança de Damien, e ele cresce sempre cercado de mistérios e acidentes estranhos, que fazem Jeremy questionar quem na verdade é o bebê que ele adotou.

Damien no filme A Profecia de 1976
Damien no filme de 1976

Damien

Quem narra A Profecia é Jeremy, mas o personagem mais importante do livro certamente é Damien. Ninguém sabe o passado do menino, nem mesmo o padre que o ofereceu a Jeremy. Mas não é preciso ser um grande leitor de livros de terror para saber que existe alguma coisa sinistra em sua origem.

Conforme Damien vai crescendo, o leitor passa a acompanhar o menino calado e aparentemente tímido, que não parece à vontade nem com seus pais. David inclusive se questiona se a adoção foi uma boa ideia, embora não possa conversar sobre isso com sua esposa, que acha que Damien é o filho biológico dos dois.

Além disso, Damien vive rodeado de acontecimentos trágicos, que uma hora acabam chamando a atenção de Jeremy. Por exemplo, quando a babá de Damien simplesmente se enforca no meio da festa de aniversário do menino. Ou quando ele, normalmente tão quieto, de repente fica com tanto medo de entrar na igreja que ataca a própria mãe.

Katherine, Robert (ou Jeremy) e Damien
Katherine, Robert (ou Jeremy) e Damien

Você pode se interessar também por O Bebê de Rosemary

O mote principal de A Profecia é de fato assustador. Sempre é medonho quando acompanhamos uma criança, que geralmente está ligada à inocência e a bondade, em uma trama de terror. Quando essa criança é a responsável pelo terror então, é ainda mais assustador.

Damien em si, nem faz tanta coisa, pelo menos não diretamente. O que o livro apresenta é uma enorme quantidade de pessoas dispostas a fazer coisas terríveis em nome de Damien. A possibilidade do que Damien possa vir a se tornar um dia, o que fica claro no meio da leitura, é muito mais assustadora do que boa parte do conteúdo do livro.

Caos

Ao longo de A Profecia e junto com as pesquisas de Jeremy vamos descobrindo mais sobre o passado e sobre o terrível futuro de Damien. Descobrimos que ele, assim como seus seguidores, tem como função instalar o caos na terra.

A Profecia usa de símbolos de inocência para aterrorizar o leitor
A Profecia usa de símbolos de inocência para aterrorizar o leitor

Damien é calado, mas ele começa fazendo isso dentro da sua própria família. A mãe, Katherine, que tanto desejou um filho, parece perceber antes de Jeremy que Damien tem algo de errado. Para as pessoas de fora, a rejeição de Katherine a seu filho soa como uma depressão pós-parto um pouco tardia. Para Jeremy porém, toda a situação é absurda. Quando o pai começa a investigar, é ele então que fica com medo do filho. Isso causa estranhamento em todos que são de fora.

É nesse momento que Seltzer usa de outro artefato da literatura de terror com crianças. Damien é uma criança fofinha que parece inofensiva. Quando terceiros se envolvem na relação entre ele e seus pais, é natural que achem que o problema são os pais e não Damien, uma criança que, afinal, não tem culpa de nada. O menino, no entanto, apesar de sua aparência frágil e seu olhar inocente, é capaz de causar mortes e acidentes cada vez mais bizarros.

Damien no filme de 2006
Damien no filme de 2006

A Profecia no cinema

Existe um filme de A Profecia de 1976, que é com certeza, mais famoso do que o livro. Ele é bem fiel à história de Seltzer e consegue colocar em cena muitas das palavras que o autor usa no livro. É um daqueles casos raros onde o filme é tão bom quanto o livro. Gregory Peck interpreta Jeremy, que no filme se chama Robert.

O filme ganhou mais 3 continuações: Damien – A Profecia 2, A Profecia 3 – O Conflito Final e A Profecia IV – O Despertar, que não são inspirados em livros.

Liev Schreiber e David Thewlis em cena do filme de 2006
Liev Schreiber e David Thewlis em cena do filme de 2006

Em 2006, A Profecia ganhou um remake que tem no elenco Julia Styles como Katherine, Liev Schreiber como Robert, Mia Farrow no papel da babá de Damien e David Thewlis. O filme é relativamente bom, mas como é extremamente parecido com o de 1976 acaba sendo um pouco desnecessário.

Padre Spillietto
Padre Spillietto

A Profecia é até hoje considerado um clássico do terror. O livro usa de símbolos da inocência e da infância para falar sobre um mal inominável, o que deixa tudo bem mais assustador.

Repleto de cenas apavorantes e personagens medonhos, A Profecia vai deixar muita gente sem dormir à noite. E por isso mesmo, é um livro incrível.

Nome Original: A Profecia
Autor: David Seltzer
Editora: Record
Gênero: Terror
Ano: 1976
Número de Páginas: 199

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar