Batman: Sangue Ruim – Freiras ninjas!

Batman desapareceu após o embate contra um misterioso adversário. Asa Noturna e Robin devem levar adiante a luta contra o crime. Felizmente, chegam Batwoman e Batwing para ajudar, mas nem tudo é o que parece em Batman: Sangue Ruim.

Jay Oliva retorna para dirigir mais um filme animado do Homem-Morcego. Conduz o enredo como se fosse algum tipo de episódio estendido. Afinal, a produção tem somente 1h20 de minutagem, mas com começo, meio e fim bem resolvidos dentro de sua premissa.

Batman: Sangue Ruim

O diretor conhece a Batfamília e sua galeria de vilões, o que favorece um entretenimento autêntico, tanto para fãs desse universo, quanto para espectadores de primeira viagem. O roteiro é do consagrado escritor de quadrinhos J.M. DeMatteis. Ele sabe trabalhar muito bem o background de cada personagem, desenvolvendo cada um com bom tempo de tela e fundamentos o suficiente para atuarem na trama sem qualquer forçação.

Conheça alguns crossovers do Batman aqui

Tirando o protagonista da tela, é bacana ver Dick Grayson assumindo o manto do Batman por motivos de força maior. Uma figura tão emblemática quanto, mas mais leve e sensata. O Robin de Damian Wayne continua cativante, ainda que os argumentos sempre nos lembrem de que ele é uma criança. Treinada por assassinos, é verdade, mas ainda uma criança.

Batman: Sangue Ruim

Batwoman acaba sendo o destaque do longa, já que recebe a primeira apresentação animada por aqui e motivações pesadas o suficiente para atrelá-la bem ao enredo principal. Batwing é um extra jogado para fins de fanservice. Tem seus fins funcionais dentro do escopo de ação, mas não vai muito além disso. De qualquer maneira, o grande ponto é a interação entre essas sombrias figuras, um dos principais triunfos. No mais, é curioso notar como o roteiro definitivamente não perdoa os vilões, dando-lhe os fins mais terríveis e trágicos possíveis.

Divertido e honesto, Batman: Sangue Ruim fornece pequenas e boas surpresas durante sua duração, apresenta novos membros da Batfamília e ajuda a sustentar Batman e cia. dentro das adaptações animadas da DC.

Batman: Sangue Ruim

Nome Original: Batman: Bad Blood
Direção: Jay Oliva
Elenco: Vozes de Jason O'Mara, Yvonne Strahovski, Stuart Allan, Morena Baccarin
Gênero: Animação, Ação, Aventura
Produtora: Warner Bros. Animation, DC Comics
Distribuidora: Warner Home Vídeo
Ano de Lançamento: 2016
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar