Batman: Silêncio

O famoso arco dos quadrinhos criado por Jeph Loeb e Jim Lee em 2002-2003, ganha uma decente adaptação pelas mãos de Justin Copeland (o que surpreende, porque todas as animações da DC tem sido dirigidas por Sam Liu) com Batman: Silêncio, mais violenta, mais verborrágica e quase sexual, definitivamente não para os pequenos, que não inova em absolutamente nada, mas faz bem feito seu arroz com feijão.

E Loeb, que nunca conseguiu superar sua realização em O Longo Dia das Bruxas, repete os mesmos tropos aqui, brincando com toda a galeria de vilões do Batman e uma grande revelação no final. Mas o que realmente se torna um mérito nessa produção é a escolha de focar mais no namorico de Bruce e Selina do que no caso da semana, o que confere um mínimo de autenticidade ao menos. Claro, sem perder seu valor de entretenimento.

Batman: Silêncio • Trailer Legendado

Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar