Eleições, um documentário sobre o grêmio escolar

Em Eleições, secundaristas se organizam para a corrida eleitoral que irá eleger o comando do grêmio da escola. Quatro grupos de estudantes, com opiniões e visões de mundo diferentes, criam propostas, debatem estratégias de campanha e lutam por melhorias na escola. Os conflitos e tensões entre as chapas revelam então suas diferenças políticas. E a contundência da realidade cotidiana convive com a resistência do sonho, da amizade e do direito de criar caminhos para o mundo em que se acredita.

Em um ano de eleições no Brasil, Eleições acompanha uma eleição cujos protagonistas são justamente quem está sub-representado nas instâncias de decisões políticas, a classe trabalhadora. Ou seja, Mulheres, jovens, negros, negras, comunidade LGBT. Entramos em uma escola pública no centro de São Paulo e acompanhamos um processo eleitoral com eles e elas. Para além do filme, essa aproximação vem porque acredito que a construção democrática, o ato de questionar e argumentar, de dizer não, e de coletivamente construir a identidade de cada um, é importante. O desejo do filme foi o de fortalecer o espaço de construção política do jovem dentro da escola, da escola ser cada vez mais este espaço de reflexão crítica” diz a diretora Alice Riff.

As filmagens aconteceram na Escola Estadual Doutor Alarico Silveira, no bairro da Barra Funda em São Paulo.

Alunos reivindicam suas propostas em Eleições
Alunos reivindicam suas propostas

A situação atual das escolas

É interessante notar que, mesmo em um pequeno núcleo, os principais problemas sociais enfrentados no país se mostram sem qualquer máscara. Assim, fica evidente o problema sério que todo nosso sistema educacional enfrenta. As escolas estão literalmente sucateadas e caindo aos pedaços. Além disso, seu corpo docente se mostra desmotivado e incapaz de criar soluções para lidar com o desinteresse dos alunos.

Os grupos formados e organizados em chapas disputando as eleições se mostram semelhantes aos nossos partidos políticos. Ou seja, todos se apresentam como a melhor solução para os problemas da escola. Mas mal conseguem participar de um debate sem que ofensas e acusações sejam disparadas por todos.

Debates em Eleições
Debates

As reivindicações das chapas em Eleições

Algumas das propostas fazem total sentido, como palestras sobre inclusão de grupos marginalizados e a melhoria nas instalações da escola. Outras já não dá pra se levar muito a sério, como campeonatos inter-classes em quadra poliesportiva que não tem sequer aros nas tabelas de tão depredada.

Um dos grupos pede a volta do direito a ter músicas nos intervalos. Mas esse mesmo grupo ignora uma sala repleta de instrumentos musicais novos encaixotados e criando poeira em uma sala desativada. Ironicamente, as melhores reivindicações acabam vindo das turmas mais novas da escola. Eles sim entendem que um telhado sem goteiras é melhor do que funk nos intervalos.

As chapas fazem suas campanhas em Eleições
As chapas fazem suas campanhas

Conforme a eleição se aproxima, o clima entre as chapas se torna ainda mais acirrado com acusações e uso das mídias sociais para distribuição de fake news. Alguma semelhança com nossa última disputa eleitoral?

No geral, Eleições se mostra um retrato interessante da situação da educação no país e os desafios enfrentados por professores e alunos. O filme tem estreia prevista para o dia 14 de março.

Leia também sobre o documentário SLAM – Voz de Levante
Eleições

Nome Original: Eleições
Direção: Alice Riff
Elenco: Alunos da Escola Estadual Doutor Alarico Silveira
Gênero: Documentário
Produtora: Edital Videocamp de Filmes - Edição 2017
Distribuidora: Olhar Distribuição
Ano de Lançamento: 2018
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar