Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft

Uma iniciação no universo do autor

Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft é exatamente o que o título diz, uma coletânea com 19 contos de H.P. Lovecraft. Os contos de Lovecraft geralmente são inseridos no gênero do terror, mas eles têm características muito próprias. O autor é, inclusive, responsável por criar sua própria mitologia, muito inspirada no trabalho de Robert Chambers, no seu livro O Rei de Amarelo. Muitos dos seus trabalhos são definidos como contos de horror cósmico.

Howard Phillips Lovecraft nasceu em Providence em 1890, e foi uma criança ligeiramente doente. Lovecraft sofria de poiquilotermia, uma doença rara que fazia com que sua pele estivesse sempre gelada. Em função disso, Lovecraft quase não ia à escola, e passava boa parte do seu tempo lendo, hábito que foi incentivado pelo seu avô. Depois que esse faleceu, a família de Lovecraft perdeu boa parte de seu poder monetário e se mudou para acomodações menores e insalubres, o que piorou ainda mais a saúde de Lovecraft.

Embora ele seja conhecido pelos seus trabalhos no gênero do terror, Lovecraft começou escrevendo poesia e mais tarde, se tornou jornalista. Seu primeiro conto a ser publicado foi Dagon, em 1917, pela revista Weird Tales. A partir daí, Lovecraft se dedicou a escrever única e exclusivamente contos de terror. Lovecraft morreu na sua cidade natal, em 1937, aos 46 anos de idade, de câncer no intestino.

Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft
H.P. Lovecraft

Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft

O livro é composto de 19 contos que percorrem toda a obra de Lovecraft. Entre eles estão Os Gatos de Ulthar, conto que fala de uma cidade onde é proibido matar gatos e, quando isso acontece, a pessoa responsável é punida.

O Chamado de Cthulhu, o conto mais famoso do autor, acompanha a investigação em torno da criatura. O conto tem um tom misterioso e muito mais atmosférico do que gore. O modelo de Pickman, um conto que é bem diferente dos que fazem parte da mitologia de Lovecraft, conta a história de um homem que fica obcecado por pinturas que retratam cenas horríveis.

A cor que caiu do espaço acompanha um fazendário e sua família, que após a queda de um meteoro nas suas terras, começam a ficar progressivamente mais esquisitos. A busca onírica por Kadath, que faz parte do ciclo sonhos, fala sobre um homem que sonha com uma cidade e depois passa a buscá-la, sem pensar nas consequências.

Uma representação de Cthulhu
Uma representação de Cthulhu

Uma pausa para falar dos mitos de Cthulhu

O termo Os Mitos de Cthulhu foi cunhado por August Derleth, escritor que não só pesquisou o universo de Lovecraft, como também incorporou ele na sua própria obra. Ele faz referência a aos monstros e criaturas que fazem parte dos contos de Lovecraft, entre eles o mais famoso, Cthulhu.

Embora Lovecraft tenha contos que não são estrelados por essas criaturas, boa parte das suas obras parecem circundar o mesmo universo. Os monstros de Lovecraft, segundo o escritor, habitariam a Terra há muitos anos e seriam responsáveis por tê-la criado. O ser humano, também teria sido criado por essas criaturas, como uma maneira de chacota.

Na teoria de Lovecraft, as criaturas, que também são os criadores do mundo e da vida que nele habita, não ligam a mínima para as suas criações. Os mitos são uma metáfora para a insignificância do ser humano, diante do universo.

Cena de Morte para um Monstro - Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft
Cena de Morte para um Monstro

Seguindo com os contos

O horror em Dunwich fala sobre uma cidade pequena repleta de descendentes de moradores de Salem, onde uma jovem fica grávida e ninguém sabe quem é o pai. Ela dá à luz a um bebê albino, que se desenvolve muito rápido e se interessa pelo ocultismo.

Um sussurro nas trevas se passa depois de uma enchente, onde pessoas passaram a ver boiando corpos de criaturas que definitivamente não eram humanas; Nas montanhas da loucura, conto chave para entender os mitos de Cthulhu, fala sobre uma expedição de pesquisa em uma montanha ainda mais alta que o Himalaia, onde os pesquisadores encontram espécies bizarras e desconhecidas.

Cena do filme Pavor na Cidade dos Zumbis
Cena do filme Pavor na Cidade dos Zumbis

O assombro das trevas acompanha um pesquisador de culturas antigas que, um dia, nota uma igreja estranha e escura em um ponto da cidade. O lugar é evitado por todos, inclusive pelos pássaros, mas ele resolve entrar mesmo assim.

Os contos de Lovecraft, em sua maioria, não são repletos de cenas fortes, com sangue ou com muita violência, mas se seguram muito na atmosfera, que vai deixando o leitor cada vez mais aflito e nervoso. Boa parte do horror mesmo está nas descrições das criaturas que fazem parte do cânone do autor.

O legado de Lovecraft

É impossível negar o legado de Lovecraft não só na literatura de terror, como também na cultura em geral. O autor inspirou uma série de autores do gênero que surgiram depois dele, entre eles Stephen King, Stephen Jones, Richard Matheson, Clive Barker, Jay Anson, entre outros.

O seu tipo de literatura, que ele mesmo definia como horror cósmico, foi depois batizado de terror Lovecraftiano e sua mitologia, batizada de Os Mitos de Cthulhu, continuou sendo escrita depois de sua morte, por diversos outros escritores.

Cena de Re-Animator, inspirado na obra de Lovecraft
Cena de Re-Animator, inspirado na obra de Lovecraft

Seus trabalhos já foram adaptados para o cinema e para a televisão uma série de vezes, e entre os mais conhecidos estão Morte Para um Monstro, Pavor na Cidade dos Zumbis, Re-Animator, Necronomicon – O Livro Proibido dos Mortos, O Chamado de Cthulhu, A Tumba e A Cor que Caiu do Espaço. Já o recente Ameaça Profunda bebe na fonte do autor, embora não seja oficialmente inspirado em nenhuma obra dele.

Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft obviamente não é suficiente para quem quer mergulhar no trabalho de um autor como Lovecraft, no entanto, é um começo. Como traz boa parte dos seus contos famosos e vários que são exemplos clássicos do seu estilo, é uma boa forma de conhecer o autor.

O livro é recomendado para todo mundo, uma vez que o terror do autor, embora seja eficiente, não é violento e nem gore, mas é obrigatório para os fãs do gênero. Ele certamente vai deixar muita gente sem dormir à noite, pensando em todas as criaturas que Lovecraft apresenta.

Nome Original: Os Melhors Contos de H.P. Lovecraft
Autor: H.P. Lovecraft
Editora: Editora Hedra
Gênero: Terror, contos
Ano: 2014
Número de Páginas: 742

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar