O Pacto, livro de Joe Hill – Terror ou amor

Em O Pacto, Ig Parrish é um jovem pária na cidade onde vive. Tudo porque um ano atrás, sua namorada de longa data, Merrin Williams foi estuprada e assassinada de maneira brutal. A culpa então recaiu sobre Ig. Sua família mal fala com ele. A cidade inteira o despreza e seu irmão parece saber mais sobre o assassinato de Merrin do que conta.

Um dia, Ig acorda com uma terrível dor de cabeça e descobre que tem dois chifres nascendo em sua testa. Ele vai ao médico, que não tem muito o que dizer. Mas lá Ig descobre que assim que as pessoas o encaram, elas entram em uma espécie de transe e começam a contar a verdade.

Daniel Radcliffe como Ig
Daniel Radcliffe como Ig

A partir daí, Ig decide que vai descobrir o que aconteceu com Merrin na noite de sua morte

O Pacto é o segundo romance de Joe Hill. Antes disso ele publicou A Estrada da Noite e o livro de contos Fantasmas do Século XXO Pacto trata de um tema não muito usado em livros de terror.

O fato é que, enquanto a história se passa, Ig está se tornando um demônio, uma vez que tem chifres nascendo da sua cabeça. Existem milhões de livros que falam sobre exorcismo e sobre pessoas possuídas. Mas quase nenhum onde o leitor acompanha alguém se tornando um demônio, fisicamente.

Ig em cena do filme
Ig em cena do filme

Ig Parrish

É comum que personagens de livros de terror sejam excluídos, mas o caso de Ig é completamente diferente. Ele não é excluído porque é estranho ou porque não se encaixa em determinados padrões. Ele é excluído porque a cidade inteira o considera um criminoso. E é importante dizer que o próprio Ig não se lembra exatamente do que aconteceu na noite em que Merrin morreu. Embora ele tenha certeza que não a matou.

Outro ponto importante é que Ig não era considerado um excluído antes da morte de Merrin. Muito pelo contrário. Ele era extremamente querido na cidade e, junto com a namorada, eram considerados o casal ideal.

Ig não recebe nenhum refresco nem da própria família, que não tem certeza de sua inocência. Seus pais o ignoram. Sua avó, que parece ser a única que ainda o ama, fala para ele, depois dos chifres e da habilidade de tirar a verdade das pessoas, que tem certeza que ele assassinou Merrin.

O Pacto fala sobre um homem que começa a desenvolver chifres
O Pacto fala sobre um homem que começa a desenvolver chifres

O Pacto

As únicas pessoas que parecem de fato acreditar em Ig são seu irmão Terry e seu melhor amigo, Lee. O que leva o leitor a pensar: se a cidade inteira tem certeza que Ig é o assassino de Merrin e não tem nenhum problema em demonstrar isso para ele, o que faz com que Terry e Lee tenham tanta certeza de que Ig é inocente?

É até arriscada a escolha de protagonista de Hill, porque na realidade, Ig é um belo de um antagonista. Nós lemos o livro do ponto de vista de Ig. Ele jura de pé junto que não teve nada a ver com a morte da namorada. Mas como podemos ter certeza? A crença do leitor fica, então, mais suspensa quando descobrimos que Merrin terminou com Ig na noite do assassinato. Eles tiveram uma discussão bem acalorada, que quase levou a violência, por parte de Ig, em um restaurante.

Um pouco antes de notar os chifres crescendo, Ig vem levando uma vida nada exemplar. Isso dá a entender que ele guarda muita culpa dentro de si, ou seja, Ig aceitou o rótulo de culpado, mesmo que isso não seja completamente verdade.

Juno Temple em cena do filme
Juno Temple em cena do filme

A verdade é que Ig se sente mesmo culpado. Não necessariamente porque ele cometeu o crime, mas porque ele não protegeu Merrin. Com a cidade inteira o tratando como o diabo em pessoa, e com ele quase acreditando, é natural que Ig se torne o que todos pensam que ele é. Mas junto com a maldição, vem a benção de ser capaz de ouvir a verdade de qualquer um. O que pode ser a salvação de Ig.

Ninguém é o que parece

O poder que Ig adquire é extremamente importante na história, não só porque dá a chance do protagonista descobrir o que aconteceu com sua namorada, mas também porque revela os segredos de cada pessoa da cidade.

A cidade aonde a história se passa é, aparentemente moralista. Todos parecem mais do que dispostos a julgar. Mas assim que Ig começa a ouvir a verdade, ele percebe que talvez, ele seja o mais bem ajustado de lá.

Assim como sua avó, que parecia aceitá-lo mesmo com as acusações, cada habitante da cidade vai revelando um segredo mais cabeludo que o outro, inclusive referentes a crimes, em maior e menor grau. Claro que existem pessoas que cometeram crimes apenas contra elas mesmas, que é o caso de Glenna, outra pária da cidade com quem Ig sai por um tempo.

Merrin e Ig
Merrin e Ig

Glenna é uma mulher insegura e promíscua, que tenta desesperadamente emagrecer, mas que não consegue seguir uma dieta. Na verdade, tudo o que Glenna quer é ser amada. Como isso nunca acontece, ela parece querer se punir de todas as maneiras possíveis.

Para Ig, os piores segredos são aqueles que dizem respeito a Merrin e a noite de sua morte. E esses segredos estão guardados justamente com as pessoas que ele mais confia, Terry e Lee.

Merrin Williams

Quando começamos a ler o livro, Merrin já está morta há um ano. Mas acompanhamos alguns flashbacks através das lembranças de Ig que nos contam como eles se conheceram, se apaixonaram e como era a relação dos dois. E mesmo morta, Merrin reverbera por todas as páginas do livro.

Lee e Ig
Lee e Ig

Merrin não é natural da cidade. Ela chegou lá com a família quando era criança. Ela é descrita como uma linda ruiva, que chama atenção por onde passa e que naturalmente, atrai o olhar de Ig e também o de Lee.

A verdade é que Merrin é descrita como a “garota ideal” durante boa parte do livro. Bonita, inteligente, divertida e compreensiva, Merrin é exatamente o que todo homem quer. Ela parece ter saído diretamente das fantasias de Ig para a sua vida.

Mas quem é a Merrin verdadeira? Embora no começo, ela de fato, pareça uma personagem quase vazia, que existe apenas com a intenção de ser o interesse romântico de Ig e claro, a mulher bonita assassinada de modo brutal clássica das histórias de suspense, ao longo do livro, nós descobrimos que Ig talvez não conhecesse Merrin tão bem quanto ele achava, mesmo depois de anos de relacionamento.

Embora seja um livro de terror, O Pacto tem muito de romance
Embora seja um livro de terror, O Pacto tem muito de romance

Enquanto narra a história, Ig começa a lembrar de pequenos detalhes que talvez dessem a entender que Merrin já não o amava da mesma maneira. Até que ele escuta a história sobre o término dos dois, um pouco antes do assassinato de Merrin.

Um término que partiu exclusivamente de Merrin e que Ig nem consegue imaginar por que aconteceu. Afinal, ele ainda amava a namorada do mesmo jeito de sempre. Todos esses detalhes, fazem o leitor pensar que Merrin é muito mais complexa do que a narração de Ig dá a entender ou de que ele sequer pode imaginar.

Temas

A confiança é um tema recorrente em O Pacto. Ig tem certeza que não matou Merrin, mas o leitor não pode ter tanta certeza assim, uma vez que lê o livro do ponto de vista do suposto assassino. Ele também confia cegamente em seu irmão Terry, que sempre deu a entender que sabia mais sobre o assassinato do que contou. E mesmo sabendo mais, deixou que seu irmão levasse a culpa.

Joe Anderson como Terry
Joe Anderson como Terry

O mesmo acontece com o melhor amigo de Ig, Lee, que sempre foi estranho, mas em quem Ig confia cegamente. E por último Merrin, que era a pessoa em quem Ig mais confiava na vida, mas que parecia manter alguns segredos dele.

A questão que permeia o livro e que parece aumentar assim que Ig ganha a capacidade de saber a verdade de cada pessoa é: em quem Ig pode, de fato, confiar? Ou, será que ele pode confiar em alguém?

Embora O Pacto seja um livro de terror, ele tem muito de romance. O livro se preocupa em narrar todo o romance de Ig e Merrin, assim como a tragédia. Mas a resolução final é de fato, uma resolução que remete a uma história de amor.

Lee, Ig e Terry
Lee, Ig e Terry

O leitor então, chega a conclusão, que existe uma única pessoa na história toda que ama Ig e que é capaz de fazer tudo por ele. Inclusive abrir mão da sua própria felicidade, para evitar o sofrimento do protagonista.

O filme

O Pacto virou filme em 2013. Aqui no Brasil, ele chegou com o título de Amaldiçoado. Embora nem a tradução do livro, nem a do filme acertem em cheio sobre o que o livro fala. No original, livro e filme se chamam Horns, ou seja Chifres.

No elenco do filme estão Daniel Radcliffe (o Harry Potter), num dos seus primeiros papéis adultos, onde ele tenta se desassociar da imagem do bruxinho, o que nem sempre funciona muito bem, já que é impossível assistir Amaldiçoado e não pensar que aquela não é uma aventura de um Harry adulto; Juno Temple, perfeita no papel de Merrin, Max Minghella no papel de Lee, que também parece ter sido escolhido a dedo, Joe Anderson (de Across The Universe) como Terry e Heather Graham.

Kelli Garner como Glenna
Kelli Garner como Glenna

O filme é bem fiel ao livro e é repleto de cenas bonitas que mostram o relacionamento de Ig e Merrin. Além de ter uma trilha sonora bem interessante.

O Pacto se vende como um livro de terror, mas conquista o leitor não só com suas cenas assustadoras, mas também com uma bonita história de amor.

Tags

Fernanda Cavalcanti

Formada em cinema, apaixonada por literatura, divide seu tempo livre entre ler, escrever e dançar. Gosta especialmente de terror, mas lê/assiste de tudo. Também escreve para o blog Além da Toca do Coelho.

Matérias Relacionadas

Close