CríticasFilmes

O Predador, a estreia mais aguardada da semana

Dos confins longínquos do espaço até as ruas de bairros residenciais, a caçada chega a todos os lugares na reinvenção explosiva assinada por Shane Black da série Predador. Agora os mais letais caçadores do universo estão mais fortes, mais inteligentes e mais mortais do que antes, tendo se aperfeiçoado com o DNA de outras espécies. Quando um jovem acidentalmente causa seu retorno à Terra, apenas uma equipe improvável de ex-soldados e uma professora de ciências amargurada podem evitar o extermínio da raça humana.

Um atirador de elite está no meio de uma missão quando se depara com uma criatura que vem do espaço. No meio do confronto ele consegue pegar algumas partes do equipamento dessa criatura e enviar para sua casa como evidências do contato extraterrestre. Porém, esse homem é capturado e está prestes a ser lobotomizado para não se lembrar de que se encontrou com aquele ser feioso, quando o próprio ser feioso foge dos cientistas e começa a correria.

Nosso soldado é Quinn McKenna (Boyd Holbrook) e ele se junta a outros presos fugidos de uma instituição mental e uma cientista que estava colaborando com o projeto e que iria ser aniquilada e esse bando forma nosso elenco de apoio, aqueles que vão fazer o corre corre contra o bicho, aquele que era pra ser o protagonista, mas que nem aparece tanto assim, O Predador.

O longa remete àqueles filmes dos anos 80 que são cheios de machos querendo ser mais machos, uma atmosfera de ação com não tanta ação, tiros, tripas, sangue… O que pode agradar muito os fãs da franquia do monstrengo da boquinha linda, mas também pode deixar a desejar.

Pra um filme de 2018, O Predador tem muitas piadinhas infames e machistas, coisa lá dos anos 80. Podiam ter deixado essa parte de lado, né? Já não basta a quantidade de machos querendo se auto afirmar. Enfim, pelo menos temos a cientista mulher ao lado deles, toda segura de si, que enfrenta a coisa com unhas e dentes. Mas o próprio diretor Shane Black afirmou que “o velho se torna novo“, querendo dizer que O Predador é retrô, mas é diferente.

O roteiro é meio fraco, a desculpa para o predador estar fazendo tantas visitas à Terra é meio forçada, ele não é só mais um alienígena que caça humanos por esporte, ele tem um objetivo e o filho do soldado McKenna tem tudo a ver com isso. A criança autista é interpretada pelo fofíssimo Jacob Tremblay (de O Quarto de Jack e Extraordinário) o único destaque nas atuações medianas.

O Predador pode ser uma sessão divertida pra quem curte filmes de ação com um pouco de suspense e seres de outros planetas fazendo estragos por aqui.

O Predador

Nome original: The Predator

Elenco: Boyd Holbrook, Trevante Rhodes, Jacob Tremblay, Keegan-Michael Key, Olivia Munn, Sterling K. Brown, Thomas Jane

Gênero: Ação, Aventura, Horror

Produtora: Twentieth Century Fox

Distribuição: 20th Century Fox

Direção: Shane Black

Tags
Mostrar Mais

Veri Luna

Veri Luna é fotógrafa, videomaker, formada em pedagogia e audiovisual, ama cinema, livros, comida e gatos.

Matérias Relacionadas

Close