Os Homens Preferem as Loiras

Um clássico com Marilyn Monroe

Lorelei Lee (Marilyn Monroe) e Dorothy Shaw (Jane Russell) são melhores amigas que vão a Paris em um cruzeiro bancado por Gus Esmond (Tommy Noonan), o noivo rico de Lorelei.

O pai de Gus, Mr. Esmond Sr.(Taylor Holmes) não aprova o noivado do filho e acredita que Lorelei só está interessada no dinheiro da família. Ele contrata um detetive particular (Elliott Reid) para espionar Lorelei e conseguir provas de uma suposta infidelidade.

Personalidades opostas

Os Homens Preferem as Loiras tem como protagonistas Lorelei e Dorothy e o interessante é que elas são totalmente opostas em muitos aspectos. Dorothy é séria e mais discreta, ela também acredita que deve se casar por amor e não por interesse financeiro e, de uma maneira geral, ela soa um pouco mais moderna e independente que as outras personagens femininas do filme.

Já Lorelei é retratada como fútil, meio bobinha e, embora esperta, não muito inteligente. Ela é, no entanto, extremamente sensual e é apaixonada por diamantes, por isso busca um homem que seja rico e possa lhe dar tudo que ela deseja.

Marilyn Monroe como Lorelei Lee em Os Homens Preferem as Loiras
Marilyn Monroe como Lorelei Lee

As duas são, inclusive, fisicamente opostas. Dorothy tem o cabelo castanho, é magra e longilínea, enquanto Lorelei é loira e cheia de curvas. A ideia parece ser levar Dorothy a sério, mesmo que ela seja um pouco austera, e ver Lorelei como a personagem sensual, que é alvo de piadas de maneira involuntária, uma vez que ela, muitas vezes, nem entende essas piadas.

O estereótipo é, de certa maneira, divertido e funciona, mas como todo estereótipo, é um pouco problemático, uma vez que diminui tanto Dorothy quanto Lorelei e determina que as duas só tenham poucas características. É ainda mais prejudicial para Lorelei que é retratada como não muito inteligente e interesseira.

A trama

A trama é simples e, em muitos sentidos, lembra a de uma comédia de erros, mas o filme ainda é engraçado. A história começa antes de Lorelei e Dorothy entrarem no navio, mas boa parte dela se dá já no cruzeiro, que é um ambiente restrito e propício para que uma série de problemas aconteça.

Lorelei e Dorothy
Lorelei e Dorothy

A viagem das duas mulheres é a desculpa perfeita para que o pai de Gus possa investigar a vida de Lorelei em busca de algum podre que impeça o casamento dela com seu filho. Para tal, ele contrata um detetive particular que deve acompanhar as moças durante todo o tempo, mas é claro que essa é a receita perfeita para que várias situações embaraçosas surjam.

Para além disso, Lorelei e Dorothy conhecem e interagem com outras pessoas no cruzeiro, abrindo ainda mais espaço para que essas histórias se cruzem com as das protagonistas, criando mais atritos e mais problemas.

Aspectos técnicos de Os Homens Preferem as Loiras

É certo que este é um filme divertido, mesmo que possa soar um pouco repetitivo atualmente, já que ele apresenta algumas situações que foram usadas em filmes mais recentes. O roteiro também se apoia muito em estereótipos, não só das duas protagonistas, que são claramente retratadas como a “inteligente” e a “interesseira”, mas também com alguns dos homens, como Gus, que não é muito esperto, mas está perdidamente apaixonado por Lorelei para sequer notar o que acontece ao seu redor.

Os Homens Preferem as Loiras trabalha com estereótipos
O longa trabalha com estereótipos

Por outro lado, é muito fácil se apegar aos personagens. Lorelei e Dorothy são de fato muito engraçadas e o telespectador passa a torcer por elas, mesmo que elas tenham alguns comportamentos que possam ser reprováveis. Isso se deve também a atuação de Jane Russell e Marilyn Monroe, que são bem satisfatórias dentro do que os seus papeis pedem. Monroe é muito charmosa, o que é quase indispensável para que a plateia goste de uma personagem que não é muito inteligente e que tem diálogos bem bobinhos ao longo do filme.

Outro ponto que merece destaque é o figurino, que é lindíssimo e que mais uma vez destaca a diferença entre Lorelei e Dorothy. Enquanto o figurino da segunda é clássico, discreto e em tons mais sóbrios, a primeira usa e abusa de vestidos colados, decotes e cores fortes. Os Homens Preferem as Loiras ainda tem dois vestidos icônicos usados por Monroe: o rosa da cena de Diamonds Are A Girls’s Best Friend, que inspirou Madonna no videoclipe de “Material Girl” e o dourado, que foi considerado tão sensual, que não pode ser filmado de frente.

As músicas

Os Homens Preferem as Loiras é um musical bem incomum porque tem poucas músicas na sua trilha sonora e, portanto, poucos números musicais. Fazem parte da trilha apenas seis músicas: When Love Goes Wrong, Anyone Here for Love?, Bye Bye Baby, A Little Girl from Little Rock, Diamonds Are a Girl’s Best Friend e When Love Goes Wrong (Nothing Goes Right).

Os Homens Preferem as Loiras se destaca por seu figurino
Os Homens Preferem as Loiras se destaca por seu figurino

As músicas são acompanhadas de números musicais bem coreografados e divertidos, mas que não são especialmente grandiosos, e o que mais chama atenção é Diamonds Are a Girl’s Best Friend, que é lembrado e referenciado até hoje. O fato de Lorelei e Dorothy serem dançarinas, também faz com que o telespectador tenha a impressão de que os números musicais fazem parte desse contexto, embora eles aconteçam fora do palco também.

Por ter poucas músicas, este é um musical que pode agradar quem não gosta do gênero, ainda mais porque os números musicais são muito fluidos e se misturam bem na trama.

Os Homens Preferem as Loiras é certamente um filme do seu tempo, que ressalta ideias e estereótipos que já não funcionam mais e que também não são bem-vistos, no entanto, o filme não envelheceu tão mal assim e é possível se divertir com as confusões de Dorothy e Lorelei e com o roteiro bem amarrado do filme.

GENTLEMEN PREFER BLONDES trailer

Os Homens Preferem as Loiras

Nome Original: Gentlemen Prefer Blondes
Direção: Howard Hawks
Elenco: Jane Russell, Marilyn Monroe, Charles Coburn, Elliott Reid, Marcel Dalio
Gênero: Musical, Comédia, Drama
Produtora: Twentieth Century Fox Film Corporation
Distribuidora: Fox Film do Brasil
Ano de Lançamento: 1953
Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar