Papillon, um homem tentando fugir do inferno

“Baseado na história real de Henri ​“Papillon” Charrière, um homem que foi acusado injustamente de assassinato e condenado à prisão perpétua na temível Ilha do Diabo, na Guiana Francesa. Determinado a recuperar sua liberdade, Papillon forma uma aliança com outro condenado, Louis Dega, que, em troca de proteção, concorda em financiar essa fuga. ​Juntos, eles terão que superar todos os seus limites para conseguir escapar da prisão e provar sua inocência. Todos que tentaram fugir foram levados para a solitária ou condenados à morte, o que torna a missão ainda mais arriscada.”

Charlie Hunnam e Eve Hewson
Charlie Hunnam e Eve Hewson

Paris, 1931.

Papillon (Charlie Hunnam, de Sons of Anarchy) é um ladrão de cofres que trabalha para a máfia francesa. Em seu último arrombamento ele consegue uma porção de diamantes que trazem esperança à sua namorada, a dançarina de boate Nanette (Eve Hewson, de Ponte dos Espiões). Eles passam a noite juntos comemorando, mas pela manhã, a polícia vem à sua porta e ele é preso injustamente pelo assassinato de um cafetão. Sua sentença: prisão perpétua.

Papillon e mais um bando de homens condenados são enviados à América do Sul para cumprir pena na prisão Camp de La Transportation. Entre esses homens está Louis Dega (Rami Malek, de Mr. Robot), um falsificador francês que tem dinheiro escondido no corpo. Vocês podem imaginar onde. Papillon oferece proteção à Dega, em troca de financiamento para uma possível fuga da prisão. Dega aceita o acordo.

Rami Malek e Charlie Hunnam são Dega e Papillon
Rami Malek e Charlie Hunnam são Dega e Papillon

Uma parceria, quase um “bromance”

Em meio a esquemas perigosos de prisão, Papi e Dega vão desenvolvendo uma relação que passa de uma necessidade para uma amizade com cumplicidade que desafia as autoridades. Juntos eles enfrentam o trabalho pesado da primeira prisão, fazem acordos com outros condenados, carregam corpos recém decapitados e finalmente o temido enclausuramento na Ilha do Diabo. Claro que em todos esses anos, algumas tentativas de fuga foram feitas e fracassadas, mas cada reencontro dos dois é emocionante.

Henri Charriére

O verdadeiro Papillon, sobrevivente de anos de solitária e de confinamento na Ilha do Diabo, escreveu sua história e a publicou no livro de mesmo nome, em 1969. Em 1973 era lançado o primeiro filme com a adaptação desta história, que contava no elenco com os mestres Steve McQueen e Dustin Hoffman. Com duas horas e meia de duração, o longa é mais frio que o remake, mas tem interpretações memoráveis. O original, mais machão do que o novo filme, traz inclusive algumas cenas que poderiam ser encaradas como cômicas, como a luta de Dega e Papillon com um jacaré, onde eles ficam rodando inutilmente em volta do animal por vários minutos.

Steve McQueen com Dustin Hoffman e Charlie Hunnam com Rami Malek
Steve McQueen com Dustin Hoffman e Charlie Hunnam com Rami Malek

O filme de 2017, que estreia no Brasil somente agora em outubro, é mais romântico que o antigo. Temos algumas cenas de Papillon com sua namorada Nanette, o que nos traz algo sobre seu passado, uma humanidade mais fácil de identificar, afinal Papillon não é só um bandido, ele tem planos, ele ama, e acima de tudo, ele foi condenado por um crime que não cometeu. Há mais momentos em que Papi precisa proteger Dega de outros prisioneiros, se metendo em brigas para defender o amigo, há mais trilha sonora, uma bela fotografia e inclusive algumas fotos reais ao fim do filme.

Henri "Papillon" Charrière e Louis Dega
Henri “Papillon” Charrière e Louis Dega

As cenas que representam as alucinações sofridas por Papillon enquanto enclausurado na solitária também são de uma poesia empoeirada que ficou linda nas telas. Hunnam emagreceu 18 quilos para poder dar credibilidade aos anos que Papillon passou confinado na solitária, andando somente por uma extensão de 5 passos e comendo insetos.

Papillon é mais do que um filme sobre uma fuga da prisão ou sobre o que o corpo humano aguenta, é um filme sobre humanidade, sobre a capacidade do homem de seguir seus instintos e seu coração, sobre amizade e sobre ter um objetivo que nada pode abalar. Vale o ingresso!

Papillon

Nome original: Papillon

Elenco: Charlie Hunnam, Rami Malek, Eve Hewson, Michael Socha, Joel Basman, Ian Beattie

Direção: Michael Noer

Gênero: Crime, Drama, Mistério

Produtora: Czech Anglo Productions, FishCorb Films, Red Granite Pictures

Distribuição: Imagem Filmes

Tags

Veri Luna

Veri Luna é fotógrafa, videomaker, formada em pedagogia e audiovisual, ama cinema, livros, comida e gatos.

Matérias Relacionadas

Close