Santiago, Itália – Documentário de Nanni Moretti

Novo filme do aclamado diretor italiano Nanni Moretti, Santiago, Itália destaca o papel da embaixada italiana durante o golpe militar que derrubou o presidente Allende e instituiu uma violenta ditadura no Chile. Assim, muitos opositores buscaram abrigo e conseguiram asilo na Itália. O filme traz inúmeras cenas de arquivo e Nanni Moretti entrevista diversos personagens desta história, de todos os lados.

O longa foi o vencedor do prêmio Davi de Donatello na categoria Melhor Documentário. Além disso, rendeu a Moretti o prêmio Nastro d’Argento, concedido pelo Sindicato Nacional dos Jornalistas de Cinema Italianos. A estreia nos cinemas brasileiros está prevista para 20 de junho, com distribuição da Pandora Filmes.

Santiago, Itália
O Palácio La Moneda é bombardeado

Santiago, Itália

Com um estilo particular, o diretor relembra os anos pré-golpe, quando o Chile de Allende era próspero e contava com o apoio popular. Portanto, através de depoimentos de muitas personalidades que viveram à época, o filme retrata o fatídico 11 de setembro de 1973, quando Allende foi pressionado a renunciar. O Palácio de La Moneda – sede do governo chileno – estava sendo bombardeado pelas forças armadas nacionais. Então, o presidente é morto, e ainda hoje não está comprovado se foi suicídio ou assassinato.

Com a instauração da ditadura militar no país, sob o comando do general Augusto Pinochet, teve início o estado de exceção. Os opositores ao regime instaurado passaram assim a ser perseguidos pela polícia, presos e torturados. Neste momento, a embaixada da Itália na capital chilena teve papel importante ao acolher essas pessoas.

Santiago, Itália
Embaixada italiana no Chile

Um doc muito necessário

De forma um tanto quanto apressada, afinal são muitos entrevistados e pouco tempo de filme, assistimos aos depoimentos impressionantes daqueles que viveram os horrores de uma ditadura militar. Professores, jornalistas, cineastas, todos eles nos contam com detalhes tudo o que acontecia. Torturas, prisões, desaparecimentos, tudo isso era normal.

Piero De Masi e Roberto Toscano eram os embaixadores italianos em Santiago. Eles contam que começaram a receber pessoas aos poucos, mas que rapidamente já eram centenas de refugiados políticos morando na embaixada, muitos com suas famílias, inclusive crianças. “Não tínhamos mais controle, as pessoas pulavam o muro da embaixada para entrar”, lembra De Masi. Quando um incidente coloca a vida dos exilados e a reputação da embaixada em risco, os diplomatas percebem que chegou a hora de conceder asilo a essas famílias na Itália.

Nanni Moretti entrevista Eduardo Iturriaga
Nanni Moretti entrevista o militar preso Eduardo Iturriaga

Assim como ainda ocorre hoje através do globo, cada ação dos militares era um golpe baixo para atingir aqueles que lutavam por igualdade, empregos e educação. Inclusive a mídia era direitista. Que coisa, não? Ao mesmo tempo que ficamos revoltados, conseguimos ter uma ponta de esperança na humanidade ao ver casos como este. A embaixada “abriu suas portas” (os cidadãos tinham que pular os muros escondidos pois havia vigilância militar ao redor) e conseguiu asilo a mais de 250 refugiados na Itália.

Vale a pena assistir

Santiago, Itália é um documentário crítico que dialoga com o espectador e seus entrevistados. Há um momento sensacional onde Moretti entrevista um militar preso da época que se diz uma vítima. Nanni muda de posição, fica em frente à câmera para dizer ao infeliz militar “Eu não sou imparcial”. Maravilhoso. Esse e outros momentos, como o da cineasta que conta suas torturas no Estádio Nacional do Chile, fazem valer a sessão.

A Folha de São Paulo fará no dia 18 de junho, terça-feira, às 20h, uma pré estreia deste documentário seguida de debate. A sessão ocorrerá no Petra Belas Artes, de forma gratuita, onde os ingressos serão distribuídos 1 hora antes. O debate será mediado por Daigo Oliva, editor do caderno Mundo do jornal, e contará com a presença de Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo e o advogado José Carlos Dias, conhecido por sua atuação em defesa de presos políticos durante a ditadura militar brasileira. Ou seja, um debate promissor, hein?

Santiago, Itália

Nome Original: Santiago, Italia
Direção: Nanni Moretti
Elenco: Nanni Moretti e convidados
Gênero: Documentário
Produtora: Sacher Film
Distribuidora: Pandora Filmes
Ano de Lançamento: 2018
Tags

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar