Um Amor Inesperado, com Ricardo Darín

Um Amor Inesperado é uma comédia romântica que pauta os conflitos do casamento. O longa conta então a história de um casal que, após 25 anos lado a lado, começa a questionar sobre o matrimônio.

Marcos (Ricardo Darín) e Ana (Mercedes Morán) encaram a partida de seu único filho e, com isso, precisam lidar com uma série de situações que vem à tona quando estão a sós. Os dois passam a se perguntar afinal se ainda estão apaixonados ou se apenas estão presos ao costume de seguirem juntos. Pouco a pouco, precisam descobrir as respostas. Eles se questionam sobre o amor, o desejo, a fidelidade e assim irão tomar uma decisão que muda suas vidas.

O casal Marcos e Ana em Um Amor Inesperado
O casal Marcos e Ana

O filho único do casal foi morar fora, para estudar, e por isso, eles precisam encarar a vida a dois novamente. Tudo vira uma pauta para se pensar. “Por que você é tão especialista em empanadas?”

A incrível vida de solteiro (será?)

Diante dessa crise existencial, decidem se separar em comum acordo. Entretanto, a vida de solteiros, no início intensa e fascinante, logo traz mais dúvidas. Marcos e Ana passam a questionar o amor, a fidelidade, a natureza dos desejos e tomarão outra decisão para assim mudar mesmo suas vidas.

Em sequências sinceras sobre o redescobrimento da “solteirice”, o filme nos encanta. Darín passa a utilizar o Tinder para ter encontros amorosos, conhece pessoas inusitadas e finge ser outra pessoa. Morán também arruma namorados excêntricos e se questiona sobre seu próprio ser.

Ricardo Darín em cena de Um Amor Inesperado
Ricardo Darín em cena de Um Amor Inesperado

Um Amor Inesperado é um longa sobre personagens

Segundo o diretor Juan Vera, “Os protagonistas, como cabeças pensantes, dizem a verdade, não se esquivam e não temem o conflito. Ambos estão familiarizados com o conceito de finitude e a ideia de angústia existencial. Os acompanham uma série de personagens secundários que dão conta das distintas maneiras e ideias a respeito do amor, da vida a dois, do desejo e também da sexualidade. Todos como opções válidas.”.

O filme aborda questões sérias envolvendo o amor, o amadurecimento e as relações interpessoais. Mas a abordagem de Juan Vera tem o objetivo de ser leve. “Pretendo contar com uma distância lúdica, permitindo ao espectador que reflita, se inquiete, mas sem urgência ou gravidade“, explica.

Mercedes Morán é Ana em Um Amor Inesperado
Mercedes Morán é Ana

Assim, Um Amor Inesperado é um filme agradável, leve, mas que deveria ter uma meia hora a menos para não ficar tão cansativo. É muito gostoso ver a química de Darín e Morán na tela e sentir que aqueles diálogos poderiam ser ditos por qualquer um de nós. Aliás, toda a relação dos dois se parece muito com a vida real. Eles inclusive tem amigos que se traem há anos e acham tudo muito normal. No fim das contas, a verdade é a melhor forma de se manter um relacionamento.

Destaque para o trabalho de fotos de família, tudo muito bem feito, mostrando os personagens quando jovens de forma bem natural. E também para os momentos de quebra da quarta parede, onde Marcos e Ana conversam com o público como amigos queridos. Um Amor Inesperado entra em cartaz dia 14 de março.

Um Amor Inesperado

Nome Original: El Amor Menos Pensado
Direção: Juan Vera
Elenco: Mercedes Morán, Ricardo Darín, Claudia Fontán, Luis Rubio
Gênero: Comédia, Romance
Produtora: Boneco Films
Distribuidora: Alpha Filmes e Pandora Filmes
Ano de Lançamento: 2018
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar