A Verdadeira História de Ned Kelly

Lenda australiana ganha uma nova, expressiva e psicodélica trajetória

Inspirado no best-seller de Peter Carey, o longa coloca em questão toda a mitologia criada ao redor do mito sobre a vida de Ned Kelly, observando o passado de violência de toda uma sociedade. Acompanhamos a juventude de Ned e observamos sua vida até o final, percebendo, sob a ótica do protagonista, o quanto é distorcida a fina linha que separa o certo do errado. As motivações de Kelly são reveladas e as tragédias em torno de sua gangue são mostradas de forma intensa e poderosa, a começar pelo amor de uma mãe por seu filho.

Justin Kurzel é um diretor que, para mim, é repleto de ressalvas. Ao mesmo tempo que realizou uma interessante adaptação de ”Macbeth”, também dirigiu um dos piores filmes da década, no inacreditável ”Assassin’s Creed”. Mas uma coisa é certa, ele sabe imprimir um estilo visual – do qual é claramente apaixonado –, sempre deixando sua câmera descansar sobre suas figuras pintadas ou nos cenários “à óleo”, como se implorasse ao espectador “olha aqui, olha o que eu sei fazer”.

A Verdadeira História De Ned Kelly

A Verdadeira História De Ned Kelly

Mas, para o bem do biografado da vez – e do público –, Kurzel está aqui mais certeiro como em seu filme shakespeariano, do que na pobre versão do videogame. Portanto, o trabalho gráfico jamais se sobrepõe à narrativa, contribuindo inclusive para o andamento dela: como no belíssimo e exagerado clímax, quando vemos os soldados se aproximando, todos “pintados de branco” à lá ”Sin City”; ou quando ele permite que seus personagens fiquem com a câmera em primeira pessoa durante uma fuga. O filme todo é repleto de estilizações que deixam a história mais dinâmica.

Mas claro que o elenco também enriquece a produção, a começar por George MacKay, que se entrega com unhas e dentes ao papel do protagonista, em toda sua alucinante estranheza dual. O diretor até tenta justificar os atos de Ned Kelly, principalmente em seu difícil passado familiar, mas a forçação tem limite, pois logo outros gestos do personagem se evidenciam. O elenco competente ainda conta com a colírio Essie Davis, Thomasin McKenzie (de ”JoJo Rabbit”) estreando em sua primeira obra adulta, Russell Crowe fazendo uma ponta poderosa, enquanto que Charlie Hunnam e Nicholas Hoult se divertem esbanjando muita perversidade.

Mesmo que culturalmente essa figura não diga nada aos brasileiros, A Verdadeira História de Ned Kelly vale a sessão pelo drama bem realizado, as cenas de tensão bem executadas e uma correção histórica que faz justiça a uma lenda real que enfrentou o conceito de autoridade até o fim.

A Verdadeira História De Ned Kelly

Nome Original: True History of the Kelly Gang
Direção: Justin Kurzel
Elenco: George MacKay, Essie Davis, Nicholas Hoult
Gênero: Biografia, Crime, Drama
Produtora: Porchlight Films
Distribuidora: A2 Filmes
Ano de Lançamento: 2019
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar