Carmen Sandiego – 1ª Temporada

Carmen Sandiego traz um divertido e visualmente incrível jogo de gato e rato! Onde Está Carmen Sandiego? nasceu como jogo em 1983, com ex-funcionários da Disney. Ganhou as telinhas numa série que misturava animação com live-action em 1995. Era estrelada por Zack e Ivy, que viviam na cola da lendária criminosa ao redor do globo, em uma produção que emulava os princípios do game gênese.

Agora, a Netflix e Duane Capizzi (de As Aventuras de Jackie Chan), reimaginam a personagem e seu universo pelo ponto de vista da ladra. Estabelecem um background e motivação para a figura rejuvenescida, o que gera empatia e maior identificação entre o público. Nesta nova série que mira em outros alvos e entrega um produto diferente, mas sem abandonar os alicerces originais.

Desta vez, Carmen Sandiego é um codinome adotado ocasionalmente por uma garota que foi treinada em uma academia de ladrões. Ela renega sua criação para roubar dos criminosos e devolver algo de valor histórico para sua base de princípio. Como uma evidente Robin Hood moderna, a medida que o enredo ensina pontualmente Geografia e História de maneira ligeira e esperta, sem cair no didatismo fácil.

Carmen Sandiego
Carmen Sandiego

A nova Carmen Sandiego

Dirigidos inspiradamente por Jos Humphrey e Kenny Park, as bases do roteiro se assemelham bastante a outra produção contemporânea da Netflix: She-Ra e as Princesas do Poder. A heroína que foi criada em um mundo que acreditava ser o certo, até descobrir que não, renegá-lo e então combatê-lo, enquanto conhece boas pessoas e enfrenta os antigos parceiros, incluindo uma figura materna… À parte disso, a trama funciona e até sobe alguns degraus se comparada a outra animação.

Primeiramente, pela arte espetacular que também traz uma qualidade técnica impecável, mais estilizada e fluída, que lembra ilustrações contemporâneas. Aliada a um design interessantíssimo de personagens, trabalho de cores e direção de arte, com o noir bem alocado. E em segundo lugar, por saber desenvolver cada perfil, dosando ação, mistério, humor e informação sem fazer o público de bobo. Ainda que algumas sequências sejam inevitavelmente clichês.

Não somente Carmen é carregada de carisma, mas também seus aliados. Como o garoto hacker Player, e os gêmeos Ivy e Zack. Aqui eles ganharam papéis secundários, mas fundamentais para o desenrolar de algumas sequências. Os vilões também são ótimos, tanto no elenco de criminosos recém-formados, quanto entre os experientes “professores”. Cada qual guarda seu mérito e pelo menos três das figuras aqui vão nos levar para reviravoltas bem-vindas.

Esse e outros lançamentos Netflix para o primeiro semestre de 2019

Por fim, a força policial se divide entre o retrato do ridículo (na atuação do agente francês Chase Devineaux) e do certeiro e sensato (na imagem da agente da Interpol Julia Argent), além de uma quarta força que passa a agir, com o codinome ACME. O retrato fiel dos cenários reais fecha bem o tratamento dado aqui.

A dublagem gringa traz grandes nomes, mas a nacional também não deixa de brilhar. Se a princípio, no trailer, a voz de Carmen parecia estranha, aqui o trabalho entregue é muito acima da média para uma dubladora estreante, que consegue imprimir personalidade a garota esperta, que não depende de romances para conduzir sua própria jornada (o restante do elenco de voz é igualmente ótimo).

Se na animação clássica você tinha de descobrir quem diabos e onde estava Carmen Sandiego, por aqui você acompanha essa busca por respostas junto da protagonista, enquanto tem o melhor do entretenimento de espionagem para um público mais amplo. Afinal, ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão.

Carmen Sandiego

Nome Original: Carmen Sandiego
Elenco: Vozes de Gina Rodriguez, Finn Wolfhard, Liam O'Brien, Mary Elizabeth McGlynn, Kari Wahlgren
Gênero: Animação, Aventura, Família
Produtora: Houghton Mifflin Harcourt Publishing e Netflix Studios
Disponível: Netflix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar