Fluentes no Amor, mais uma comédia romântica

Que é uma versão de Cyrano de Bergerac

Fluentes de Amor traz a história de Amberson (Alex Lawther), um adolescente tímido que tenta se encaixar em um colégio interno só de meninos, mas que sempre acaba excluído. Um dia ele conhece Agnes (Pauline Etienne), filha do novo professor de francês (Denis Menochet) e se apaixona por ela. Mas Agnes está apaixonada por Winchester (Jonah Hauer-King), o garoto mais popular do colégio.

Agnes começa a mandar mensagens e gravar vídeos para Winchester, usando Amberson como pombo correio. Winchester, sem saber como responder e estando interessado em Agnes, pede a ajuda de Amberson para responder as mensagens. Não demora muito para que Amberson esteja respondendo todas as mensagens de Agnes em nome de Winchester e esteja cada vez mais consumido por essa história.

Alex Lawther como Amberson em Fluentes no Amor
Alex Lawther como Amberson

Fluentes de amor, um filme adolescente

Este é um típico filme adolescente, com personagens que tem mais ou menos dezessete anos, que frequentam a escola. Certamente o filme circula em questões que são comuns à adolescência.

O longa poderia facilmente se encaixar naquela categoria de comédias americanas, se ele não fosse um filme inglês que se passa na Inglaterra. Então, Fluentes no Amor é um filme adolescente que aborda temas comuns aos dos filmes americanos, mas que fala de costumes e hábitos britânicos.

O filme fala de questões tipicas da adolescência
O filme fala de questões tipicas da adolescência

Por exemplo, a trama se passa em um típico colégio interno inglês, onde os meninos usam uniformes e praticam esportes que pouco conhecemos, mas ainda trata de temas comuns à adolescência em qualquer lugar do mundo, como a escola e o bullying, a dúvida sobre o que fazer depois que a escola acabar e, teoricamente, para o resto da sua vida, os primeiros amores, primeiros beijos, e primeiras decepções, amizades, entre outros temas.

Outra versão de Cyrano de Bergerac

Aparentemente Cyrano de Bergerac é um tema adorado pela indústria cinematográfica, já que existem diversos filmes de várias épocas inspirados na peça. Fluentes no Amor não é oficialmente inspirado nela, mas a história é praticamente a mesma.

Amberson é o típico nerd, tímido, retraído, atrapalhado, péssimo nos esportes, sem nenhum amigo na escola e que usa óculos enormes. Todo dia ele sofre provocações dos outros garotos, mas naturalmente, ele é inteligente e bom com as palavras. Já Winchester é o típico garoto popular, bonito, atlético, alto, bom nos esportes e cheio de amigos, e obviamente, ele também é meio burro e mal consegue entender as mensagens cifradas que recebe de Agnes.

Agnes e Amberson em Fluentes no Amor
Agnes e Amberson

Cyrano de Bergerac é a história de um homem considerado feio, que é bom com as palavras e que aceita escrever cartas para a sua amada em nome de outro homem, considerado bonito. Fluentes no Amor repete essa história e a coloca no ambiente de um colégio, o que até seria interessante se não existisse uma série de versões de Cyrano de Bergerac que se passam em colégios, como Você Nem Imagina e Sierra Burgess é uma Loser.

Estes dois filmes apresentam pelo menos um diferencial nas suas tramas, o que não acontece aqui. O longa repete clichês já extremamente batidos e que nem fazem mais tanto sentido, como a briga entre o garoto nerd e o garoto popular e o fato dos dois estarem apaixonados pela mesma menina.

Aspectos técnicos de Fluentes no Amor

A trama é até interessante, tanto que é reprisada quase à exaustão até hoje, mas cai em alguns clichês desnecessários. O longa começa bem, e é muito fácil simpatizar com Amberson, principalmente porque ele não tem nenhum amigo e vive sofrendo bullying. No entanto, no meio do caminho tudo vai ficando meio bobo. Para qualquer pessoa que conheça Cyrano ou qualquer uma das suas adaptações, já fica bem claro o que vai acontecer quando Amberson responde a primeira carta por Winchester.

Pauline Etienne como Agnes
Pauline Etienne como Agnes

Quando a relação entre os três personagens vai se desenvolvendo, o telespectador se perde, porque de alguma maneira, ela não parece forte o bastante. Tudo bem que provavelmente ela não é, os personagens são adolescentes e o filme reflete um primeiro amor, mas seria interessante se acreditássemos naquele romance pelo menos enquanto assistimos ao filme.

O longa também sofre daquele problema que boa parte dos filmes com atores adultos interpretando adolescentes considerados feios sofre: os atores não são nem um pouco feios. Alex Lawther pode até não ser um galã típico, mas não é feio, é no máximo, esquisito. E mesmo caracterizado com roupas estranhas, um cabelo quadradinho e óculos cobrindo o rosto, ele só fica fofo. Jonah Hauer-King no entanto, tem uma beleza mais clássica e funciona melhor no seu personagem.

Winchester e Amberson
Winchester e Amberson

Problemas…

Nada disso minimiza a atuação de Lawther, que é um bom ator e está bem no papel. Completamente diferente do seu personagem em The End of the F***ing World, que é provavelmente seu papel mais famoso.

Fluentes no Amor é um filme divertidinho, que quer vender um romance, mas não funciona muito bem porque embora tenha momentos bonitinhos e por mais que seja fácil se apegar ao personagem de Lawther, ele se perde no meio do caminho e não apresenta um romance que é capaz de fazer o público acreditar.

Fluentes no Amor

Nome Original: Old Boys
Direção: Toby MacDonald
Elenco: Alex Lawther, Pauline Etienne, Denis Menochet, Jonah Hauer-King, Eros Vlahos
Gênero: Comédia
Produtora: BFI Film Fund, Film4, Momac Films Ltd
Distribuidora: Verve Pictures
Ano de Lançamento: 2018
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar