Lorena, minissérie inspirada em um caso real

Esta é uma minissérie documental que acompanha o caso real de Lorena Bobbitt, acusada de castrar o seu marido em 1993.

No dia 23 de junho de 1993, Lorena Bobbitt, de 25 anos, cortou o pênis de seu marido, John Wayne Bobbitt, de 26 anos. Depois ela saiu de carro e se livrou do órgão em um campo.

Mais tarde, a própria ligou para a emergência e informou o que tinha acontecido e onde o membro do marido poderia ser encontrado. John Wayne recebeu tratamento e seu pênis – depois de lavado e esterilizado – foi recolocado cirurgicamente e a moça foi levada a julgamento.

"<yoastmark

O caso é, por si só, muito apelativo porque a história, embora trágica, soa quase divertida. Tanto que John Wayne virou piada em uma série de programas televisivos. Mas o julgamento e a mídia transformaram tudo em um grande circo.

O julgamento de Lorena

Boa parte da produção acompanha o julgamento de Lorena e os depoimentos que foram dados enquanto ele acontecia. O que vemos no princípio é John Wayne nos contando o que aconteceu, do seu ponto de vista.

É quase natural, embora talvez não muito saudável, que um caso como este chame a atenção não só da mídia, como também das pessoas, mas diferentemente de casos que ficam populares devido às suas circunstâncias trágicas, este caso virou piada. É imoral fazer piada com um crime, mas o fato de John Wayne não ter morrido, deu uma espécie de carta branca para que todos passassem a discutir sua castração como uma situação engraçada.

"<yoastmark

O próprio John Wayne apareceu em uma série de programas para falar sobre sua situação e discutir como era o seu desempenho sexual depois que o órgão foi recolocado. Ele ganhou muita publicidade e, eventualmente, dinheiro de todo o caso. O grande diferencial aqui é que a série nos apresenta também ponto de vista de Lorena.

A versão dela

A minissérie pode começar falando sobre o crime e mostrando o quão absurdo foi o que a moça fez, mas a também se preocupa em dar outro ponto de vista. Ao longo dos seus quatro episódios, a série mostra o depoimento da própria Lorena e, mais tarde, entrevistas com ela que tentam explicar o motivo dela ter tomado uma decisão tão drástica e, claro, criminosa.

"A

Quando temos acesso a isso também temos uma visão completamente diferente do caso. Lorena sustenta que John Wayne era extremamente abusivo, a agredia e a estuprava e que a castração aconteceu quando ela chegou ao seu limite.

As considerações então, trazem o caso que aconteceu nos anos 1990 para os dias de hoje. Se em 1993, a moça foi zombada e julgada porque castrou seu marido, em 2019, o ano em que a série foi feita, o caso pode muito bem debater assuntos que estão cada vez mais em voga e que devem ser debatidos à exaustão até que algo finalmente mude, como a violência contra a mulher e o estupro dentro do casamento.

"<yoastmark

Aspectos técnicos

Este é um grande documentário criminal e funciona mais ou menos como um daqueles programas de crime que se debruçam sobre um caso específico. A série se divide entre cenas dos tribunais, de programas da época e entrevistas que os participantes do caso deram nos dias de hoje.

A série tem cortes rápidos e é bem explicativa, deixando claro tudo que aconteceu ou, pelo menos, o que se sabe sobre o assunto. Ela também é muito dinâmica e é quase impossível parar de assistir. Isso não só porque o caso é interessante, mas também porque as informações são apresentadas da maneira perfeita para que o telespectador fique curioso para o que vem a seguir.

Uma coisa que a série faz de maneira muito bem feita é inverter as perspectivas do espectador, afinal, começamos sabendo sobre o crime e, assim como boa parte das pessoas na época, pensando que aquela situação é absurda e vexatória, mas também que tem detalhes que são tão surreais que se tornam divertidos. Depois somos apresentados ao quadro inteiro, que pinta John Wayne como um marido abusivo e potencialmente, um estuprador.

A série traz a tona assuntos atuais
A série traz a tona assuntos atuais

A série, como o caso, pode até chamar atenção por sua peculiaridade e por seus aspectos ligeiramente cômicos, mas traz luz para assuntos bem mais sérios. E, quando faz isso, quebra as pernas de quem começou a assistir apenas pelos detalhes macabros da história.

A produção retrata um crime real que, por ser absurdo, se torna motivo de piada, mas seu grande mérito é trazer à tona assuntos muito importantes e que devem ser debatidos urgentemente.

Lorena

Nome Original: Lorena
Elenco: Lorena Bobbitt, John Wayne Bobbitt
Gênero: Documentário, Drama
Produtora: Monkeypaw Productions, Number 19, Sonar Entertainment
Disponível: Prime Video

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar