Os Outros, o terror do trauma da guerra

Em Os Outros, durante a segunda guerra mundial, Grace Stewart (Nicole Kidman), vive com os dois filhos, Anne (Alakina Mann) e Nicholas (James Bentley) em uma mansão enorme. Ela espera o retorno de seu marido (Christopher Eccleston), um soldado que está servindo na guerra. Enquanto isso, três novos funcionários chegam à casa. Uma babá (Fionnula Flanagan), um jardineiro (Keith Allen) e uma jovem muda (Elaine Cassidy). As crianças não podem ser expostas à luz, pois sofrem de uma doença rara. Em função disso, a rotina da casa é toda baseada nisso.

A chegada dos criados coincide com eventos estranhos que passam a acontecer na casa. Portas abertas que Grace tinha certeza que havia fechado, ou o piano tocando sozinho misteriosamente. Isso faz Grace pensar que tem mais gente na casa. A suspeita se confirma quando Grace vê um desenho que a filha faz. Uma misteriosa família, que ela diz ter visto na casa.

Os Outros é um filme de 2001, dirigido por Alejandro Amenábar. O filme pode ser classificado tanto como terror, quanto como suspense.

Nicole Kidman em cena do filme
Nicole Kidman em cena do filme

Grace

A protagonista do filme, com certeza é Grace. Ela é uma mulher solitária, que espera a volta de seu marido, enquanto cuida dos filhos.

A casa onde eles moram é absurdamente grande, especialmente levando em conta que só moram três pessoas lá. Mas ela reflete muito bem a personalidade de Grace, que se sente sozinha e assustada na maioria do tempo. A doença que Grace alega que as crianças têm, é só mais uma manifestação da sua solidão e do seu medo.

Grace também bate de frente constantemente com Anne, a filha mais velha, que diz ver outras pessoas na casa.

Os personagens do filme se deparam com outras pessoas na casa
Os personagens do filme se deparam com outras pessoas na casa

O filme retrata uma situação muito comum na época da guerra, quando os homens saiam para a batalha e demoravam a voltar. E muitas vezes não voltavam, deixando tanto as tarefas domésticas, que eram atribuídas às mulheres, quanto o trabalho fora de casa, atribuído aos homens, nas costas da mulher.

Os Outros não deixa muito claro qual é a situação do marido de Grace, mas é possível entender que ou ele morreu na guerra, ou ele simplesmente resolveu não voltar para casa, abandonando a mulher e os filhos, e aproveitando a guerra para isso.

O que nós vemos, por outro lado, é a situação de Grace. Cuidando da casa e das crianças, enquanto espera a volta do marido e recebendo olhares piedosos dos empregados, que acreditam que isso nunca vai acontecer.

Nicole Kidman é Grace em Os Outros
Nicole Kidman é Grace em Os Outros

As crianças

Anne e Christopher são tão vítimas da situação quanto Grace. Eles também esperam a volta do pai, e enquanto isso, lidam com as inseguranças da mãe. O atrito é maior entre Anne e Grace.

Anne, que tem em torno de 10 anos, está mais perto da pré-adolescência que o irmão, portanto não tem nada de anormal na personalidade de confrontadora que a menina está adquirindo. O que é estranho nesse caso em especifico, é que Anne jura ver outras pessoas na casa.

Em muitos momentos, Anne assusta o irmão mais novo, com histórias de terror, o que irrita ainda mais a mãe. Ela também diz que mantém contato com um menino chamado Victor, que lhe conta coisas sobre as pessoas que Anne vê na casa. A princípio, Grace acha que a filha é mentirosa, mas é o contato de Anne com Victor que ajuda Grace a desvendar alguns dos mistérios do filme.

Anne, Christopher e Grace
Anne, Christopher e Grace

Os empregados

Os empregados que aparecem na casa já são por si só sinistros, mas fica mais do que claro ao longo do filme, que eles também são parte do mistério.

Logo que os novos empregados chegam, Grace se preocupa em explicar todos os detalhes de como a casa funciona, especialmente em relação à doença das crianças. A superioridade no tom de Grace é óbvia, já que ela é a patroa. Mas a situação se transforma quando Grace percebe que os empregados sabem mais do que ela.

De repente a dinâmica entre Grace e a Sra. Mills, a babá, se torna uma relação de aprendizado por parte de Grace.

Grace e a filha
Grace e a filha

Os Outros e A guerra

Claro que a história é pensada para ser um filme de terror, mas muito do que acontece no filme pode ser interpretado como consequência da guerra. A paranoia que parece rondar Grace e que a faz ouvir barulhos na casa, ver portas abrindo e fechando, dizer que seus filhos tem uma doença e desconfiar da própria filha, são sentimentos típicos de quem vive o dia a dia de uma guerra. Tudo se intensifica pelo fato de que a sua família nunca sai da casa e não sabe realmente o que está acontecendo no mundo.

Grace e as crianças estão constantemente esperando a volta do patriarca da família e o fim da guerra. Para que assim eles possam voltar a vida que tinham antes. Mas talvez isso não seja possível, afinal, como alguém continua vivendo depois dos traumas da guerra, seja para quem foi, seja para quem ficou em casa esperando pelo seu fim?

Os empregados
Os empregados

A guerra é a verdadeira motivação para todos os eventos em Os Outros.

A questão que fica ao final do filme é: quem são os verdadeiros outros? Seja no sentido de um filme de terror, seja no sentido mais amplo da questão.

Nome Original: The Others
Elenco: Nicole Kidman, Fionnula Flanagan, Christopher Eccleston, Alakina Mann, James Bentley
Direção: Alejandro Amenábar
Gênero: Horror, Mistério, Thriller
Produtora: Cruise/Wagner Productions, Sogecine, Las Producciones del Escorpión
Distribuidora: Imagem Filmes
Tags

Fernanda Cavalcanti

Formada em cinema, apaixonada por literatura, divide seu tempo livre entre ler, escrever e dançar. Gosta especialmente de terror, mas lê/assiste de tudo. Também escreve para o blog Além da Toca do Coelho.

Matérias Relacionadas

Close