Rogai por Nós – Mais um terror clichê

Enquanto trabalha em uma matéria banal, o jornalista Gerry Fenn (Jeffrey Dean Morgan) conhece a história de Alice Pagett (Cricket Brown), uma adolescente deficiente auditiva, que também é muda, mas que, de repente, começou a falar. Segundo a própria Alice, tudo é resultado de um milagre que a fez escutar e depois reproduzir a palavra da Virgem Maria.

Gerry, que quer retomar sua carreira e seu prestígio, resolve ficar na cidade e investigar o caso de Alice, mas aos poucos percebe que a força que move a jovem é mais sinistra do que se imagina.

Milagres em Rogai Por Nós

Grande parte da trama é baseada em questões que dizem respeito à religião católica. O cenário é uma pequena cidade religiosa, praticamente comandada pelo padre (William Sadler), que interpreta como milagre o fato de Alice, de repente, ter começado a falar.

Alice em Rogai por Nós
Alice

Segundo a jovem, isso só aconteceu porque a Virgem Maria está falando através dela e, quando ela consegue fazer um garoto paraplégico andar, Alice rapidamente vira uma profeta que atrai fiéis de todos os lugares.

Gerry, por sua vez, é um jornalista frustrado que, após fabricar uma história, quer recuperar seu prestígio e resolve ficar para investigar Alice e seus supostos milagres. Em contraste ao resto da cidade, que acredita em tudo o que a jovem diz, Gerry é cético e ateu e, portanto, acha que o que quer que esteja acontecendo tem uma explicação completamente racional.

Gerry e Alice

Quando Gerry resolve ficar na cidade e investigar a história de Alice, ele vê tudo isso apenas como um caminho para voltar a ter sucesso mas, com o tempo, ele acaba se aproximando da garota e os dois se tornam amigos.

O longa Rogai por Nós usa de muitas imagens religiosas
O longa usa de muitas imagens religiosas

Enquanto Alice está tentando entender seu lugar no mundo, e o peso que suas declarações têm para as pessoas que acreditam nela, Gerry é um homem que se vê frustrado e sem muitas perspectivas, mas que pode ensinar a jovem, ao mesmo tempo que ela lhe traz um pouco de esperança, mesmo que ele não acredite totalmente no que ela diz.

Conforme fica mais próximo da moça, Gerry também vai ficando menos cético e começa a se questionar pela primeira vez, algo que antes era impensável. É essa relação que pode fazer com que Gerry, um homem com um passado um pouco sombrio e cuja única busca é fama e dinheiro, possa ter sua redenção.

Claro que Rogai por Nós não se aprofunda muito nessas questões, afinal, é um filme de terror e a ideia é assustar. A amizade de Gerry e Alice fica em segundo plano, mas é uma forma de fazer com que os personagens evoluam.

Rogai por Nós tem algumas cenas perturbadoras, mas não é especialmente assustador
Rogai por Nós tem algumas cenas perturbadoras, mas não é especialmente assustador

Aspectos técnicos de Rogai por Nós

Como boa parte dos filmes de terror, Rogai por Nós também se aproveita de vários clichês, como o protagonista cético que é exposto a um evento sobrenatural, pesadelos assustadores e muito jogo de sombra e luz, mas nenhum deles funciona muito bem.

O roteiro até prende por um tempo, embora não seja exatamente surpreendente, e tem algumas cenas um pouco perturbadoras, mas que não dão medo, o que é um problema. O filme, no entanto, usa os elementos religiosos de sua trama de maneira bem diferente e se afasta de outros filmes do gênero, o que é interessante e poderia ter sido bem mais explorado.

Os tons que mais se sobressaem em Rogai por Nós são os tons escuros, de preto a cinza. A fotografia trabalha muito com as sombras, a luz e a escuridão, e incorpora isso muito bem na sua história. A atmosfera é de tensão, como se a plateia soubesse que algo vai acontecer em breve. Os figurinos também pendem para esses tons, e o tom mais claro que aparece, inclusive nas roupas dos figurantes, é o cinza. Alice é a única personagem que usa roupas de tons claros, como se ela fosse a luz em meio aos outros habitantes.

Jeffrey Dean Morgan como Gerry
Jeffrey Dean Morgan como Gerry

E o que mais?

Como não poderia deixar de ser, o filme usa muitas imagens religiosas, vemos imagens de santos, igrejas e um especial destaque à Virgem Maria, que é importante para a trama. A ideia de relacionar esses objetos sagrados com uma história de terror é bem pensada e conversa com a maneira com que o roteiro aborda questões muito importantes para a igreja católica, como os milagres.

Jeffrey Dean Morgan se sai muito bem como o protagonista, ele é carismático e charmoso e a plateia se sente disposta a acompanhá-lo, mesmo que ele tenha cometido erros sérios no passado. Isso, inclusive, o deixa mais humano e mais próximo de nós, especialmente se comparado a Alice, que é considerada uma santa. O público entra na trama através dos olhos de Gerry e, assim como ele, chegamos céticos e vamos nos abrindo aos poucos.

Gerry é cético e faz um contraponto aos outros personagens
Gerry é cético e faz um contraponto aos outros personagens

Mesmo que tenha uma perspectiva diferente e relativamente inovadora, o filme cai em vários clichês do gênero e apresenta uma história que não surpreende e nem assusta, se tornando um terror comum e que tem pouco a acrescentar.

Rogai por Nós está disponível para aluguel e/ou compra nas plataformas Apple TV (iTunes), Google Play, Microsoft Films &TV (Xbox), Looke, NOW, SKY e Vivo Play a partir do dia 17 de junho.

Rogai Por Nós | Trailer Oficial Legendado | 20 de maio nos cinemas

Rogai Por Nós

Nome Original: The Unholy
Direção: Evan Spiliotopoulos
Elenco: Jeffrey Dean Morgan, William Sadler, Katie Aselton, Cary Elwes, Christine Adams
Gênero: Terror
Produtora: Screen Gems, Ghost House Pictures
Distribuidora: Sony
Ano de Lançamento: 2021
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar