The Politician (2ª temporada)

A saga de Payton Hobart continua

Payton Hobart (Ben Platt) agora é um jovem de vinte e poucos anos vivendo em Nova York, prestes a iniciar sua campanha eleitoral para ser senador da cidade. Sua principal adversaria é Dede Standish (Judith Ligh), que é a franca favorita, mas que reconhece uma séria competição em Payton.

Enquanto ele tenta, a todo custo, chegar cada vez mais perto da casa branca, ele lida com as dúvidas da juventude, com os seus relacionamentos e com os seus próprios valores.

A campanha política de The Politician (2ª temporada)

Como na primeira temporada, The Politician é focada em um jovem com ambições políticas que deseja chegar à casa branca. Se Payton começou como um adolescente querendo ser presidente do corpo estudantil, nessa temporada, ele está focado em ser senador de Nova York.

The Politician (2ª temporada) parte da onde a primeira parou
A segunda temporada parte da onde a primeira parou

O que o telespectador acompanha, basicamente, é a campanha de Payton, ao mesmo tempo que tem relances da campanha de sua maior adversária, Dede Standish. Os antigos colegas de classe de Payton, que levavam a política escolar tão a sério quanto qualquer político da vida real, fazem agora, parte do comitê de Payton.

A dinâmica da série não se altera tanto, embora, dessa vez, os assuntos discutidos pareçam mais adultos e mais sérios, a ideia é mais ou menos a mesma. Na primeira temporada Payton enfrentou Astrid (Lucy Boynton), uma autêntica garota malvada que estava disposta a tudo para vencer, desde desmentir o adversário, até criar boatos. Dessa vez, ele não está em um campo muito diferente.

Embora Dede e sua inseparável assistente, Hadassah Gold (Bette Midler) sejam mulheres adultas, elas muitas vezes se comportam como meninas malvadas do colegial, que também vazam informações e estão dispostas a destruir Payton para manterem seus postos.

Payton deseja ser senador de Nova York
Payton deseja ser senador de Nova York

Como a segunda temporada segue um caminho bem parecido com a da primeira, é bem possível que a série continue agradando seu público, que vai em busca de assistir exatamente o que está sendo mostrado, só que em um universo um pouco maior e, na teoria, mais maduro.

Ideais

Outra questão que vem à tona são os ideais políticos de Payton e de seus amigos. Fica claro desde o princípio que Payton é um político nato, que vem se preparando para se tornar presidente dos Estados Unidos a vida toda e, em alguns momentos, podemos ver que ele tem boas ideias e boas intenções. O que se sobressai, no entanto, é a sua ambição.

Na primeira temporada, por exemplo, mesmo estando apaixonado por River Barkley (David Corenswet), ele não se assume em momento nenhum, com medo de que isso lhe tire seus votos. Ele também não vê nenhum problema em usar da popularidade e da empatia que ter uma menina supostamente doente (Zoey Deutch) como sua vice poderia trazer para sua campanha, portanto fica meio difícil acreditar que Payton seja um idealista e que ele quer de fato, mudar seu país, uma vez que ele parece mais disposto a só ter poder.

Payton e Alice em The Politician (2ª temporada)
Payton e Alice

Na segunda temporada, esse aspecto da sua personalidade fica mais exacerbado. Payton se vê diante de uma série de desafios, escândalos e problemas que ele tem que enfrentar e de questões que podem bater de frente com a sua eleição.

Em busca de votos, ele se lança como alguém disposto a preservar o meio ambiente e pensar em uma política cada vez mais voltada para questões ecológicas, o que lhe traz uma série de eleitores jovens, preocupados com o futuro do mundo. Payton, no entanto, não consegue abrir mão de suas mordomias, mesmo que seja em prol do meio ambiente ou sequer de sua eleição.

Ainda é difícil simpatizar com Payton, mas é assim mesmo que a série apresenta o personagem: ele é um político que faz o que precisa para conseguir o que quer. O personagem é extremamente exagerado, mas também é realista, ainda mais nos dias de hoje.

A segunda temporada aborda temas mais maduros
A segunda temporada aborda temas mais maduros

Sexualidade

A sexualidade e as relações românticas dos personagens também são outras questões importantes na segunda temporada, assim como na primeira.

Uma coisa interessante em The Politician é que a série não parece disposta a rotular seus personagens, eles não definem suas sexualidades e nem seus relacionamentos. Payton, que na primeira temporada estava apaixonado por River e por Alice (Julia Schlaepfer), sua namorada de muitos anos, aqui se vê em uma relação à três com Alice e Astrid. Já McAfee (Laura Dreyfuss), que anteriormente estava em uma relação com Skye (Rahne Jones), aqui sai com vários rapazes.

Que a série represente seus personagens jovens sem determinar qual é a sexualidade deles faz sentido e está dentro dos dias de hoje, mas ela também faz isso com seus personagens mais velhos, que também estão dispostos a se envolverem em relações amorosas e sexuais com parceiros diferentes e de gêneros diferentes.

Dede e Hadassah
Dede e Hadassah

Embora muitas dessas relações sejam tratadas de maneira rápida, uma vez que a série tem muitos personagens, de certa maneira, funciona. The Politician é uma série voltada para o público jovem, que talvez tenha mais interesse nos relacionamentos pessoais e românticos dos personagens do que em suas carreiras políticas e as armações e jogos que eles precisam fazer para conseguirem o que querem.

Aspectos técnicos de The Politician (2ª temporada)

A série é extremamente bem produzida e isso se mantém na segunda temporada. A parte técnica é de fato impecável.

A produção apresenta jovens adultos ricos, envolvidos com política, que se vestem e se comportam como adultos. Isso funciona muito melhor na segunda temporada, que já pega seus personagens com vinte e poucos anos, uma época em que parece mais crível que eles se vistam tão bem e com tantas grifes de luxo. O mesmo vale para a aparência dos atores, que na primeira temporada pareciam adultos demais para estarem no colegial. Agora, como jovens adultos, sua aparência faz muito mais sentido.

Bette Midler em cena da série The Politician (2ª temporada)
Bette Midler em cena da série

The Politician (2ª temporada) também aborda a vida de mais personagens e mais tramas, e por isso, em alguns momentos se apressa e dá pouca atenção para assuntos que mereciam ser mais trabalhados. Um exemplo disso é toda a história que cerca a mãe de Payton, Georgina (Gwyneth Paltrow), que agora também está interessada em política, mas de uma maneira tão idealista e inocente que a personagem parece completamente perdida na trama.

Os atores se saem bem. Lucy Boynton interpreta uma personagem irritante, que desempenha bem essa função e Ben Platt é, mais uma vez, um dos principais motivos para se assistir a série. Essa temporada também ganha muito com a adição de Bette Midler e Judith Light, que são absurdamente divertidas. A briga entre as duas e o comitê de Payton rende muitas situações divertidas, que seguram boa parte da temporada.

Ainda que tenha pequenos deslizes, The Politician prende o telespectador pelos seus personagens e apresenta uma sátira política, que funciona e diverte.

The Politician: Temporada 2 | Trailer oficial | Netflix

The Politician (2ª temporada)

Nome Original: The Politician
Elenco: Ben Platt, Judith Light, Lucy Boynton, Zoey Deutch, Julia Schlaepfer
Gênero: Comédia, Drama
Produtora: Netflix
Disponível: Netflix
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar